Dia 16 de abril de 2014 deixou uma marca inesquecível nos corações dos sul coreanos.

Naquele dia, a balsa Sewol naufragou na costa sudoeste do país, tirando a vida de mais de 300 pessoas.

Muitos eram adolescentes, estudantes da Danwon High School, que estavam numa excursão da escola. Foi um dos desastres marítimos com mais mortes na história do país.

Em homenagem ao sétimo ano da tragédia, foi inaugurado o April 16 Institute of Democratic Citizenship Education, próximo à escola Danwon High School, em Ansan, na Provincia de Gyeonggi.

O fato mais importante sobre o April 16 Institute of Democratic Citizenship Education é que mantemos viva a memória do naufrágio da balsa Sewol e preservamos os registros da tragédia aqui“, disse Jeong Myeong-sun, diretor do Instituto.

Outro aspecto significante desse lugar é que nossa ‘Sala de Aula Memorial’ oferece uma oportunidade de visitar e ter a experiência do desastre. Mostrando tudo isso, podemos educar“, conclui o diretor.

A ‘Sala de Aula Memorial’ replica as salas de aula usadas pelos estudantes antes do naufrágio. Tudo – inclusive a lousa, as mesas e os armários dos estudantes – parece igual ao de sete anos atrás.

Junto às peças recuperadas da balsa, somam–se fotos, bilhetes, cartas e fitas amarelas que os familiares e amigos dos estudantes deixaram, para mostrar o quanto eles sentem saudades dos adolescentes que se foram muito cedo.

Instituto Homenageia Vítimas Do Naufrágio Da Balsa Sewol
Uma das salas que homenageia as vítimas do desastre da balsa sewol. Fonte: site oficial da 416 memory.

Eu acho que foi um acidente muito doloroso. Eu fico muito triste e tocada“, disse Nancy Castro, uma estudante universitária do México. “Esses estudantes tinham muitos sonhos, muitos objetivos em suas vidas, e eu me sinto triste que eles não puderam atingir por causa dessa tragédia“.

Há algo sobre história. Eles dizem que se você esquecer, volta a ocorrer. Então, a mensagem importante disso é que uma coisa dessa nunca mais aconteça. Temos que ter muito cuidado. Especialmente porque envolve os jovens“, complementa.

O prédio de 4 andares do memorial também tem uma réplica da sala dos professores, para honrar os professores que perderam suas vidas naquele dia.

Eu tenho dois filhos. Um está concluindo o ensino médio e o outro acabou de entrar na faculdade. Quando eu olho as cartas e fotos desses jovens, eu vejo meus filhos“, disse Jin Jeong-hee, um proprietário de empresa química.

Os estudantes eram filhos e filhas preciosos em cada família. Eu espero que eles saibam que muitas pessoas os consideram como se fossem seus próprios filhos e filhas“, finaliza ele.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.