Fonte da imagem: AFP

As academias da capital da Coreia do Sul, Seul, foram instruídas a não tocar música com um tempo superior a 120 batidas por minuto (bpm), a fim de limitar a disseminação do COVID-19.

Além disso, as esteiras serão limitadas a um máximo de 6km/h (3,7 mph). Autoridades de saúde dizem que as restrições evitarão que as pessoas respirem muito rápido ou espirrem suor umas nas outras. A Coreia do Sul está lutando contra um novo surto do vírus, com 1.100 novos casos registrados no domingo. O primeiro-ministro Kim Boo-kyum alertou que o país atingiu o “nível máximo de crise”.

Para Evitar Disseminação Do Covid-19, Seul Proíbe Músicas Agitadas Em Academias
Zumba/korea tv. Foto: youtube

Aqueles que frequentam aulas de exercícios como Zumba, spin e aeróbica na área metropolitana de Seul enfrentarão o limite de 120 bpm nas músicas tocadas. As pessoas também só podem passar duas horas por vez em instalações esportivas cobertas e não devem usar o chuveiro. Ademais, todas as instalações esportivas devem fechar até as 22h.

A mudança foi questionada por donos de academias. Kang Hyun-ku, dono de uma academia em Seul, perguntou se havia alguma prova de que a escolha entre música clássica e, por exemplo, BTS, tem impacto na disseminação do vírus. Ele também disse ao jornal Reuters que muitas pessoas usam seus próprios fones de ouvido. “Como você controla as playlists deles?”, questionou. As autoridades, no entanto, afirmam que as medidas ajudam a evitar que as academias fechem completamente.

Para Evitar Disseminação Do Covid-19, Seul Proíbe Músicas Agitadas Em Academias
Imagem: we heart it

Por outro lado, os especialistas dizem que é difícil saber se as pessoas foram infectadas em academias. Os números do Reino Unido no ano passado sugeriram que elas não eram um ponto crítico significativo para infecções.

Mesmo exercícios aeróbicos moderados, como corrida, combinam melhor com músicas em torno de 120-140 bpm, enquanto exercícios intensos como Zumba e CrossFit requerem músicas ainda mais rápidas. Portanto, as novas diretrizes de Seul não afetam apenas aqueles que não se movimentam muito.

A parada pop da Coreia do Sul é indulgente em bpms, com oito dos 10 primeiros passando no teste de tempo. BTS, o maior produto de exportação musical do país, está em terreno seguro, no entanto. Seus dois maiores sucessos, Butter e Dynamite, situam-se confortavelmente na faixa de 110-115 bpm. O girlgroup Blackpink, por outro lado, não teve a mesma sorte. Todos os seus maiores singles giram em torno de 130 bpm.

Alguma das músicas que podem ser reproduzidas são:

  1. BTS – Butter (110bpm)
  2. Dua Lipa & Silk City – Electricity (118bpm)
  3. Robyn – Dancing On My Own (117bpm)
  4. Doja Cat & SZA – Kiss Me More (111bpm)
  5. Justin Timberlake – Can’t Stop The Feeling (113bpm)
  6. Estelle ft Kanye West – American Boy (118bpm)
  7. Martin Jensen – Solo Dance (115bpm)
  8. Jonas Blue ft JP Cooper – Perfect Strangers (118bpm)
  9. Regard & Raye – Secrets (119bpm)
  10. Lady Gaga – Bad Romance (119bpm)
  11. Stereo MC’s – Step It Up (118bpm)
  12. Skrillex ft Sirah – Bangarang (110bpm)
  13. Nelly Furtado – Promiscuous (114bpm)
  14. Mark Ronson ft Bruno Mars – Uptown Funk (115bpm)
  15. Chic – Le Freak (119bpm)

Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.