Foto: Korea Times.

Uma agência de publicidade iniciou campanhas de informações públicas gratuitamente, visando conscientizar a segurança, direitos humanos e meio ambiente.

“Acreditamos que campanhas de conscientização podem mudar a vida das pessoas”, diz o representante de marketing da agência Ideot, Lee Seung-Jae. “Nós queremos mudar a sociedade, e não apenas fazer dinheiro”.

Apesar da campanha ganhar diversos prêmios com os anúncios, incluindo o prêmio principal Korea Advertising Awards, ainda gasta 20% do tempo na criação de campanhas públicas informativas sem lucro.

Desde seu início em 2015, a empresa vem conduzindo uma série de campanhas sem fins lucrativos sobre questões sociais pela cidade.

Foto: Agência Ideot
Foto: Agência Ideot

Recentemente, a agência colocou placas alertando as pessoas para o uso do cinto de segurança em ônibus que circulam na cidade portuária de Incheon, no oeste do país, no dia 19 de julho. Apresentando um motorista em seus 40 anos e a mensagem “Posso ver que você está sentado sem usar o cinto, você precisa colocá-lo agora”.

Lee disse que a maioria das campanhas geraram um retorno instantâneo. Muitos motoristas agradeceram a agência pelo anúncio, pois muitos passageiros começaram a usar o cinto de segurança.

“Conduzimos projetos porque nós não podemos apenas ignorar as coisas desconfortáveis que nos confrontam diariamente em nossas vidas”. disse Lee. “Anúncios podem mudar a vida das pessoas e até o mundo”.

Texto do cartaz: "Perdi meu dedo e fui mandado embora". Foto: Agência Ideot
Texto do cartaz: “Perdi meu dedo e fui mandado embora”. Foto: Agência Ideot

No Dia do Trabalho (1 de Maio), eles propuseram uma ideia para o Centro de Apoio aos Trabalhadores Estrangeiros da Coreia (KCFW) sobre exibir um cartaz desenvolvido para representar as mãos mutiladas de trabalhadores estrangeiros que enfrentam dificuldades na comunicação, diferenças culturais e institucionais, assim como dos direitos humanos no ambiente de trabalho.

Lee tornou-se motivado com alguns casos onde trabalhadores são expostos a condições perigosas devido ao seu status de imigração ilegal. Campanhas como esta estão fortemente ligadas à filosofia de publicidade da agência.

Eles elaboraram a arte do cartaz baseado em um acontecimento real, onde um funcionário estrangeiro perdeu os dedos em um acidente industrial, eventualmente perdeu o emprego e não recebeu indenização.

“Vi um caso onde o trabalhador perdeu os dedos e foi mandado embora do país sem indenização”, disse Lee.

“Há tantos casos como esse. Nós nos reunimos com o centro de apoio para fazer esta campanha e expor a realidade que os trabalhadores estrangeiros enfrentam”.

Foto: Agência Ideot
Foto: Agência Ideot

Em abril, a empresa junto-se ao distrito de Mapo-gu (noroeste do rio Han) para reduzir o lixo através de pequenos adesivos com funcionários de limpeza.

Adesivos com homens em seus 40 anos, vestindo um uniforme de trabalho verde vibrante,  apontando na direção da multidão, como a saída do metrô na estação da Universidade de Hongik.

Na maioria das vezes, esta área está lotada de pessoas e as ruas tornam-se cheias de latas, copos, garrafas e copos plásticos descartados.

O ‘mini funcionário de limpeza’ de 25 cm de altura inclui a mensagem, “Este lugar não é uma lata de lixo. Por favor, jogue o lixo na lixeira”.

Alertando aos pedestres da localização das lixeiras, os adesivos foram colocados em seis espaços, incluindo a saída 9 da Estação Universidade de Hongik e as saídas 2 e 3 da Estação Hapjeong.

Os adesivos foram alocados nas paradas de ônibus, corrimãos na saída do metrô e áreas onde o forte tráfego de pessoas resulta em grande quantidade de lixo.

A empresa primeiro criou a ideia do adesivo e depois o propôs para o Distrito de Mapo-gu.

“Sentimos uma sensação de realização quando o projeto está alcançando seu objetivo”, disse Lee. “Quando muda o comportamento das pessoas, então vale a pena”.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

17 − 10 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.