À partir de janeiro de 2022, o Serviço Nacional de Seguro de Saúde (NHIS, sigla em inglês) irá aumentar os subsídios para as gestantes, por meio de vouchers de cartão de débito e crédito.

O Ministério da Saúde e Bem Estar, em conjunto com o NHIS, anunciou que uma nova lei entrará em vigor no dia 1º de janeiro de 2022.

De acordo com essa nova lei, grávidas de um filho irão receber 1 milhão de wons ($843), W400.000 ($336) a mais do que a lei atual.

Grávidas de filhos gêmeos ou mais, receberão W1.4 milhões ($1.177).

As grávidas que vivem em áreas de difícil acesso a serviços de assistência, receberão um adicional de W200.000 ($168).

O prazo de encerramento dos subsídios também tiveram um aumento. Passará a ser de 2 anos após o nascimento da criança. Atualmente é de apenas 1 ano.

Em 2022, a Coreia irá ampliar subsídios para gestantes
Recém nascido. Fonte: The Korea Bizwire.

Com os vouchers, as mães poderão comprar uma variedades de bens.

Todas as restrições impostas no uso dos subsídios serão suspensas. Até agora, os subsídios eram apenas para comprar medicamentos e para tratamentos médicos relacionados à gravidez ou ao parto.

Com a mudança, os beneficiários poderão usar os vouchers para todos os tipos de medicamentos e tratamentos médicos.

Outra mudança, é que os subsídios que auxiliam na compra de remédios e outras despesas médicas, antes somente para crianças pequenas, agora passarão a incluir todos os recém nascidos e bebês de até 2 anos de idade.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

1 × 4 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.