As telhas pretas das casas tradicionais coreanas estão reunidas na Bukchon Hanok Village, em Seul, oferecendo um vislumbre de como deve ter sido a vida durante a última e mais longa dinastia do país, a era Joseon.


Localizado entre o Palácio Gyeongbok e o Palácio Changdeok, Bukchon foi o bairro escolhido pelos aristocratas yangban, a dinastia imperial de classe alta.

Foto: Korea Herald

O Bukchon de hoje é dividido em duas áreas, exibindo uma coexistência da arquitetura moderna e tradicional.

No lado superior, os becos de hanok bem preservados formam uma vila, enquanto as ruas modernizadas se harmonizam com o vilarejo no lado inferior.

Foto: Korea Herald

Nos últimos anos, a área se tornou um ponto “Instagramável” para turistas locais e estrangeiros, com várias lojas de aluguel de hanbok esperando por eles para experimentar o traje tradicional coreano.

Alguns hanok tradicionais foram reformados e transformados em restaurantes, cafeterias com cobertura e galerias para turistas.

Fotos: Korea Herald

Graças aos espaços ocultos nas hanok (como sótãos, depósitos e espaços sob o piso), os itens domésticos usados pelos antepassados foram conservados durante o rápido período de industrialização.

Fotos: Korea Herald

O Museu Bukchon, localizado em Samcheong-dong, possui uma coleção de móveis e objetos antigos que carregam os traços da antiga Seul.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.