O número de sul coreanos que escolheram encurtar as próprias vidas triplicou nos últimos 25 anos, com um aumento dramático entre pessoas por volta de 40 anos e mulheres, mostrou um estudo.

De acordo com o time de pesquisadores liderado pelo professor Park Sang-hwa do Centro de Pesquisas Médicas da Seoul National University, o índice de suicídio no interior do país se manteve em média entre 29,6 casos a cada 100,000 habitantes entre 2010 e 2014, três vezes mais do que o número 8,2 de casos vistos entre 1985 e 1989.

Nos anos 80, aqueles entre 20 e 30 anos formavam a faixa etária com maior índice, somando quase 50 por cento dos casos. De 2010 a 2014, eles representaram menos de 30 por cento.

Houve um aumento significativo na taxa de suicídio entre pessoas de 30 e 40 anos, formando cerca de 41,6 por cento do total de homens que morrem por suicídio e 32,1 por cento das mulheres entre 2010 e 2014. Entre 1985 e 1989, homens que cometeram suicídio somaram 29,1 por cento e mulheres 22,3 por cento.

A pesquisa também demonstrou que a taxa de suicídio entre mulheres aumentou de modo alarmante, chegando a quadruplicar em 25 anos.

A mudança de padrão na taxa de suicídio também revela a necessidade de um programa urgente de prevenção de suicídios para mulheres entre 40 anos” informou o artigo.

Em outubro do ano passado, uma pesquisa conduzida pelo Korea Institute for Health and Social Affairs, entrevistou 853 pessoas acima de 65 anos, e mostrou que um a cada dez idosos já tiveram pensamentos suicidas no último ano.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.