Hoje vou relaxar um pouco dos temas polêmicos e falar de cinco curiosidades sobre coreanos, contando algumas divertidas histórias pessoais relacionadas a elas. Mas antes de começar, preciso confessar que mais uma vez fiz o título do texto à la Buzzfeed, só para deixar todos curiosos e com vontade de clicarem no meu post! :p

Olha, coreanos tem algumas particularidades que às vezes deixam os brasileiros (não-coreanos) bem intrigados. Alguns são mais facilmente assimilados, mas realmente alguns são bastante pitorescos e causam total estranhamento até para mim! Quem assiste dramas (nada de “doramas” por aqui) deve ter visto alguns destes que irei listar abaixo.

1. TIRE SEUS SAPATOS QUANDO ENTRAR NA CASA DE COREANOS: pois é, tanto na Coreia como no Brasil os coreanos tem o costume de tirar os sapatos e deixá-los na entrada da casa. Existem várias razões para isso, mas vou concentrar-me numa dica importante, quando for na casa de um coreano, vá com uma meia sem furos e de pé lavado. Lembro de um amigo que foi pra minha casa sem saber que iria tirar os sapatos e foi justamente com uma meia furada nesse dia. Não preciso dizer que TODOS ficaram olhando para o pé dele… e o danado ainda tinha um chulé bem forte!

2. NÃO PERGUNTE SE ESQUECERAM DE COLOCAR SAL NO ARROZ: esta história aconteceu várias vezes pois quando eu era mais novo, muitos amigos nunca haviam provado comida asiática e não sabiam que o arroz era sem tempero e sem sal. Os coreanos comem um arroz diferente dos brasileiros, que comem arroz do tipo agulhinha. Geralmente os coreanos comem arroz das marcas Yanagui ou Momiji, que são do tipo longo oriental e não são soltinhos como o arroz agulhinha. E sim, vai sem sal, sem óleo e sem tempero algum! É o famoso arroz “unidos venceremos”!

3. NÃO CUMPRIMENTE OS MAIS VELHOS DANDO A MÃO: sei que os brasileiros gostam do contato corporal e da efusão no cumprimento de amigos, mas coreanos não tão aculturados no Brasil (principalmente os mais velhos) podem não gostar. Então para não arriscar, apenas cumprimente curvando levemente a cabeça e dizendo 안녕하세요 para não ter medo de errar. Caso a pessoa mais velha estenda a mão primeiro, aí não há problemas, mas sempre dê as duas mãos em sinal de respeito e já emende o cumprimento com a cabeça levemente abaixada. Bingo, já irá ganhar pontos!

4. NÃO DEVOLVA VAZIO UM RECIPIENTE DADO COM ALGO DE PRESENTE: este costume aprendi a valorizar e praticar com a minha esposa, pois até casar com ela não dava bola para isso. Não se pode devolver vazio, digamos, um prato que veio junto com um pedaço de bolo de presente. Ou então um Tupperware que veio com um prato típico coreano para você provar. Você terá que devolvê-lo com algum presente em agradecimento ao presente recebido nele em sinal de gratidão. Se possível, algo equivalente ao que você recebeu e sempre com rapidez típica coreana. Não demore!

5. AO VISITAR A NOVA CASA DE ALGUÉM, LEVE PRESENTES: algum amigo coreano seu mudou de casa recentemente e você irá visitá-lo? Melhor levar um presente que será usado dentro da residência. Eu geralmente levo uma caixa de detergente ou então uma caixa de sabão em pó. Mas já vi amigos levando fardos de papel higiênico, vasos de plantas ornamentais, jogo de talhares de aço inoxidável. Tudo depende do quanto você é amigo dessa pessoa, mas tem que ser algo que possa ser usado em casa. Coreanos costumam fazer muitas dessas “inaugurações” de residências para os amigos.

E você, tem alguma curiosidade ou gostaria de tirar alguma dúvida sobre costumes coreanos? Deixe a sua pergunta no campo abaixo com questões, terei o maior prazer em ajudá-lo a sanar as suas dúvidas! Tenham todos uma excelente quarta-feira, 감사합니다!


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

37 COMENTÁRIOS

  1. Pois é, Bruno! Deveria haver um koreapost 17 anos atrás! rsrsrsrs… Quando descobri o item 3, eu já tinha abraçado e beijado todos os velhinhos da sua igreja. Felizmente eles sempre foram muito gentis comigo… rsrsrs…

  2. Caso eu me esqueça de algo do tipo. Os coreanos vão entender que eu sou estrangeiro, ou vão me tratar com desdem? Obrigado por compartilhar a sua cultura.

  3. Legal, também não sou chegado a sal nos alimentos. isso na verdade, tira o verdadeiro sabor dos alimentos. É interessante saber dessas etiquetas, pois podem ajudar muito na hora de querer fazer novos contatos.

  4. Mesmo sem ter absolutamente nenhum ancestral asiatico , tenho os costumes parecidos menos o numero 3 pq eu nao consigo segurar a vontade de beijar e abraçar idosos principslmente se tem o cabelo bem branquinho…..irresistivel…hahaha

  5. Sou grao mestre de Taekwondo(7ºdan),praticante ha 42 anos,rztive varias vezes na Coreia,mas nao sabia dos 2 ultimos itens abordados na materia.MUITO BOM!
    Go map sub ni da!!!

    • E acabei de ver no seu perfil que você é amigo de amigos meus, mundo pequeno! Meu pai também é grão-mestre de Taekwondo e Hapkido, inclusive deu aula para o Fabio Marquez! E muito obrigado por ler o meu post, 감사합니다!

  6. Post bem informativo.O costume do calçado também tenho, o que nem todos amigos e parentes gostam, pois acham falta de educação pedir que tirem o calçado ah ah .Na vdd nunca pedi. Um amigo disse que realmente estranhou o sal no arroz aqui, mas se adptou.

    • Pois é, muitos coreanos que vem para o Brasil acabam estranhando a quantidade de sal que o brasileiro põe na comida, realmente é bastante. É que a gente está acostumado então acaba não percebendo!

  7. Nao fazia ideia do 4 kkkk mais o 3 eu ja tenho o costume … ainda bem que li esse post kk e ainda tem um de dar e receber coisas com duas mãos ou uma mao tocando no braço que estara na ação … 감사합니다~~

  8. uma duvida,antigamente um estrangeiro nao poderia namorar nem se casar com um coreano,por causa dos costumes e familiares diferentes,gostaria de saber se essa indiferença permanece atualmente ou se os coreanos tenham mudado seu ponto de vista em relaçao aos estrangeiros?…

    • Olá Carla, isso depende muito de pessoa para pessoa e de família para família. Não é que um estrangeiro não podia namorar nem casar com um coreano. Claro que ainda existem preconceitos, mas a sociedade coreana mudou bastante. 🙂

  9. Obrigada por compartilhar um pouquinho da cultura coreana.
    Temos algumas semelhanças, por exemplo: na casa dos meus pais todos tiram os sapatos antes de entrar. Quando recebemos um recipiente com algum tipo de comida, é educado devolver esse recipiente cheio, de preferência com sua melhor preparação culinária.

  10. Sobre levar um presente ao visitar a casa nova de alguém, eu fui surpreendida pelo meu namorado (namoro com um coreano), fomos convidados para ir a casa de uns amigos Brasileiros, ele me apareceu carregando um fardo de papel higiênico. Fiquei sem entender nada, mas no fim ele explicou o por que do papel higiênico, não preciso dizer que nossos amigos acharam o máximo! – Bruno, parabéns pelo blog! Me divirto lendo teus posts!

  11. Acho que faço parte do mesmo grupo da Maria José (dos que são coreanos e não sabiam), pois possuo alguns hábitos semelhantes ao dos coreanos, como: tirar os sapatos antes de entrar em casa, levar presente ao visitar a nova casa de alguém, mas nesse caso, minha familia faz ainda melhor, pois aprendi que sempre que visitamos algum amigo ou parente devemos levar um presente que pode ser até mesmo frutas rs. Ah! Fiquei feliz de saber que somos muitos os que gostam de arroz “unidos venceremos” 😉 Gostei muito do post.

  12. Bruno, boa tarde! Estamos para fechar um negócio com um presidente de uma empresa Coreana e gostaríamos de saber qual o costume Coreano para essas ocasiões? Ele solicitou que fossemos pessoalmente na segunda-feira para a reunião de fechamento e pensamos em não chegar de mãos abanando. O que podemos levar como “presente”?

    • Prezado Bruno. Obrigada pelo seu comentário. Enviamos sua solicitação ao nosso colunista Bruno Kim, porém, ele tem estado ocupado e não tem tido chance de acessar o Koreapost ultimamente. Eu conheço bem os coreanos e tive numa situação parecida recentemente. Eu fui a Coreia, por outras razões mas também estive em contato com executivos do escritório de Seul, da empresa que trabalho no Brasil. Eu sugiro que você os presenteie com artigos tipicamente brasileiros, como doces ou bebidas típicas. Uma garrafa de cachaça bem embalada e bonita, ou uma caixa de chocolates artesanais de alguma marca brasileira, ou cocadas, paçocas mas tudo finamente embalado. Pode ser também algum enfeite alusivo ao Brasil – um prato pintado com alguma paisagem do Brasil, uma tapeçaria, algo assim. Espero tê-lo ajudado! Um Abraço!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.