Se tratando da história da Onda Hallyu, 2009 foi um ano icônico. Alguns até diriam que foi a era mais impactante, do alcance de audiência fora da Coreia, antes de “Gangnam Style” em 2013.

De acordo com uma pesquisa não publicada, coletada pela Agência de Conteúdo Criativo da Coreia nos EUA em 2014, a maioria dos fãs de K-pop nos Estados Unidos (39,5%) começou a consumir seu conteúdo antes de 2009, em oposição aos 26,8% entre 2012 e 2013. PSY pode ter se tornado uma tendência fenomenal, mas 2009 foi o início de muito do que o K-pop é atualmente (Pesquisa: MTV).

1. MIROTIC do TVXQ
Data de Lançamento: 26 de Setembro, 2008

Embora o TVXQ na verdade tenha se consolidado na China e Japão em 2005, o hit “Mirotic” abriu as portas para o K-pop na Ásia e começou a ganhar reconhecimento no ocidente. Até mesmo quando quando a mídia não era presente como é agora, a música vendeu mais de 5 milhões por toda a Ásia, o que fez dela um dos singles digitais mais vendidos de todos os tempos no continente.

Mirotic também detém a melhor venda de álbum físico da 2ª geração, vendendo mais de 600.000 cópias. Quando a onda Hallyu começou a se espalhar pelo ocidente, o TVXQ entrou em hiato (pausa na carreira) por 2 anos devido a um processo, que levou à separação do grupo.

2. SORRY SORRY do Super Junior
Data de Lançamento: 9 de Março, 2009

2009 foi um ano icônico para a globalização do K-pop. Os grupos lançavam hit após hit e “Sorry Sorry” do Super Junior foi um deles! “Sorry Sorry” se tornou um dos maiores hits na Coreia do Sul, assim como na América do Sul e na Europa. Em Taiwan, “Sorry Sorry” passou 36 semanas consecutivas como nº 1 e também dominou o canal de rádio de Taiwan ‘Hit Fm’, que divulgou os 100 singles tendência para 2009, ficando em primeiro lugar.

3. GEE do Girls’ Generation
Data de Lançamento: 5 de Janeiro, 2009

“Gee” foi originalmente pensado para o consumo local na Coreia, mas tornou-se espontaneamente um hit internacional através do fandom do Girls’ Generation e pelo YouTube, e fez crescer o público de K-pop para o público do exterior. O Girls’ Generation também foi capaz de quebrar barreiras internacionais, pois tinha músicas que eram fáceis de cantar e dançar. “Gee” tornou-se uma música que poderia ser dançada por todos, e pelo YouTube alcançou a América do Sul, Sul da Ásia, Europa e muitos outros.

4. NOBODY do Wonder Girls (Versão em Inglês)
Data de Lançamento: 30 de Setembro, 2009

Após se tornar o maior grupo de K-pop a fazer sucesso na Coreia do Sul em 2008, “Nobody” foi reescrita em inglês, em 2009. Quando o Wonder Girls lançou “Nobody”, o cenário musical da Coreia do Sul estava começando a ganhar destaque nos EUA.

Na edição de 31 de outubro de 2009 da Billboard Hot 100, o single estreou no número 76. O Wonder Girls tornou-se o primeiro grupo sul coreano a entrar na lista. Em fevereiro de 2012, o single vendeu mais de 120.000 cópias nos EUA, tanto cópias digitais como físicas. A música tornou-se o single físico mais bem vendido do ano nos EUA e ficou no topo da lista de final de ano “Hot Singles Sales” da Billboard, que indica os singles físicos mais ouvidos. “Nobody” vendeu mais de 78.000 cópias nos EUA.

5. I AM THE BEST do 2NE1
Data de Lançamento: 24 de Junho, 2011

2NE1 confirmou sua fama com um de seus maiores hits da carreira: “I Am the Best”, em 2011. No auge do seu sucesso global, o estilo cheio de atitude das garotas transparecia em suas letras fortes sobre a vida das celebridades. A música também foi ouvida em estações de rádio americanas, sem ainda ter sido oficialmente lançada no mercado.

6. FANTASTIC BABY do BIGBANG
Data de Lançamento: 7 de Março, 2012

O Bigbang produziu uma das músicas no K-pop a ganhar mais atenção internacionalmente, que foi “Fantastic Baby”, devendo agradecer, em parte, à dinamicidade da música e pela estimulante produção visual do clipe. O som estridente, misturando gêneros foi algo totalmente novo na época, enquanto o chamativo clipe promovia a música como uma forma de rebelião.

Com uma música empolgante e um vídeo que levou o K-pop a um outro nível de criatividade, “Fantastic Baby” veio a se tornar um dos clipes coreanos mais vistos no YouTube. O single vendeu mais de 6 milhões por toda a Ásia, o que fez dele um dos singles digitais mais bem vendidos de todos os tempos na Ásia.

7. GROWL do EXO
Data de lançamento: 5 de agosto, 2013

“Growl” é um hit nacional e internacional do EXO. Ele foi a 5ª faixa de K-pop mais bem vendida na América, enquanto o single “Wolf” foi o 9º. “Growl” ficou em 3º lugar no “K-pop Hot 100” da Billboard e em 2º lugar no “Gaon Digital Chart”. Todas as versões do álbum “XOXO” venderam mais de 1 milhão de cópias, fazendo do EXO os primeiros artistas sul coreanos a alcançarem esse marco histórico, em 12 anos.

8. BLOOD, SWEAT & TEARS do BTS
Data de Lançamento: 9 de Outubro, 2016

Não há dúvida de que o BTS tornou o K-pop global e o levou a um outro nível, construindo um caminho para o K-pop no ocidente. A música que fez deles globalmente famosos é “Blood, Sweat & Tears”. O clipe alcançou mais de 6 milhões de visualizações em 24 horas, quebrando o antigo record no YouTube. Na semana de 5 de novembro, na lista “Worls Digital Song Sales” da Billboard, “Blood, Sweat & Tears” ficou em 2º lugar.

Esse sucesso os levou a fazerem uma apresentação na premiação da Billboard, na qual receberam o prêmio de “Mídias Sociais”. “Blood, Sweat & Tear” se tornou o primeiro single nº 1 do BTS na Coreia do Sul, que rapidamente ficou conhecido como uma das produções mais monumentais do grupo graças ao seu som dinâmico e clipe artístico.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.