O conceito de tempo pode ser uma tarefa difícil de entender, mas para o dia-a-dia existe um sistema padronizado que mantém o tique-taque no mundo.

Na Coreia, no entanto, algumas coisas correm de forma diferente. Para os norte americanos e europeus, esta é uma peculiaridade dos coreanos, mas o que eles não sabem, é que nós brasileiros, agimos muito semelhantemente.

O tempo coreano é descrito como um atraso generalizado ou, mais especificamente, a atitude despreocupada com que os coreanos têem quando tem hora marcada.

Estar alguns minutos atrasado para um compromisso sem avisar previamente é a coisa mais normal entre amigos, e mesmo estar atrasado por uma hora ou mais não é incomum. Estar atrasado é algo tão comum que frases como “você pode chegar atrasado também”, são comuns, e inclusive aceitáveis, como resposta à críticas sobre se estar atrasado.

Quando tem uma reunião entre amigos marcada, ninguém parece chegar exatamente ao mesmo tempo”, disse Yoo, um jovem de 25 anos. “Então, quando eu estou organizando uma reunião com um grupo de amigos para jantar as 19h00, eu defino a hora de início para as 18h00, assim, quase todo mundo chega no momento em que eu queria. Desta forma, ninguém tem que perder tempo esperando as pessoas chegarem“.

Esses hábitos são evidentes na forma como eles formam frases relativas ao tempo. Ao marcar uma reunião com um amigo, coreanos costumam dizer “Que horas, mais ou menos?” Em vez de serem mais específicos.

Mesmo quando uma hora específica é escolhida, o sentido de tempo muitas vezes é vago, pois ainda assim eles costumam dizer “em torno” ou “por volta de” em relação ao horário específico.

KOREAN TIME 2

Não está claro como, quando ou por que os coreanos passaram a ter esta abordagem incomum com relação ao tempo, mas alguns acreditam que o tempo coreano originou-se da forma como seus ancestrais contavam o tempo.

Começando a partir de 11h00 horas, o dia era dividido em 12 unidades de tempo, com cada unidade medindo o que seriam duas horas para os padrões de hoje. Por este sistema, um horário de uma reunião marcada para a sexta hora do dia poderia ser a qualquer momento entre 09h01 e 10h59 da manhã.

Para reduzir o tempo em intervalos mais curtos, o período de tempo de duas horas foi dividido em oito partes, cada parte equivalente a cerca de 15 minutos hoje. Alguns acreditam que é habito para os coreanos chegarem 15 minutos após a hora da reunião por causa deste conceito.

Outros dizem que a atitude dos coreanos, que aparenta negligência em relação ao tempo, mas está desaparecendo lentamente, particularmente na esfera profissional, vem do fato de que a Coreia era uma sociedade agrícola, até a relativamente pouco tempo.

No entanto, estar atrasado para alguma coisa é a única manifestação da flexibilidade dos coreanos em relação ao tempo. Quando um coreano é o que tem de esperar, os atrasos anteriormente aceitáveis de repente se tornam “grande coisa”.

Uma espera de pouco mais de 5 minutos, especialmente quando a espera é pelo prato em um restaurante ou pelo ônibus, muitas vezes os deixa perturbados e tocando seus relógios, repetidamente, dizendo: “Por que não vem?”

Até nesse último ítem percebe-se que os brasileiros têm algumas semelhanças com a forma dos coreanos de seguir o relógio. Quem nunca esperou muito tempo por amigos, namorada, namorado ou parentes?

E a velha técnica de marcar algo para um horário esperando que a maioria chegue uma hora depois do marcado? Não é sempre usada em aniversários e jantares?

Para uma reunião de negócios, é claro que forma de pensar é diferente, com as coisas sendo mais sérias e geralmente no horário. Contudo há alguns que se atrasam até mesmo para estes compromissos!! Perceberam alguma semelhança entre a Coreia e o  Brasil?

Texto Autoral baseado em artigo do The Korea Herald.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.