Foto: Exame

Atletas norte-coreanos estão prontos para competir em equipes unificadas com sul-coreanos nos próximos Jogos Asiáticos. Eles cruzaram a fronteira no sábado para um treinamento em conjunto, segundo autoridades de Seul.

Em uma coletiva de imprensa na quarta-feira, Baik Tae-hyun, porta-voz do Ministério da Unificação, disse que uma delegação de 34 pessoas viajou para o sul via Pequim no sábado. Baik disse que esta é composta de 18 atletas para canoa, oito em remo, quatro em basquete feminino, sendo um deles um treinador, e quatro membros da equipe de apoio.

A Korea Canoa Federation (KCF) disse no início do dia que os remadores norte-coreanos começaram a treinar com os sul-coreanos no Centro Internacional de Remo Chungju Tangeum Lake em Chungju, a cerca de 150 quilômetros ao sul de Seul, no domingo.

As Coreias concordaram em montar equipes conjuntas nas competições de barcos de dragão, basquete feminino e remo para os Jogos Asiáticos em Jacarta e Palembang, Indonésia, que ocorrerão entre os dias 18 de agosto a 2 de setembro.

Os remadores sul-coreanos estarão no mesmo time com atletas norte-coreanos nos Jogos Asiáticos da Indonésia. Foto: Yonhap News.
Os remadores sul-coreanos estarão no mesmo time com atletas norte-coreanos nos Jogos Asiáticos da Indonésia. Foto: Yonhap News.

Antes deste ano, as Coréias já tinham formado equipes conjuntas em campeonatos mundiais de tênis de mesa e futebol juvenil, ambos em 1991. Porém, só nos primeiros sete meses deste ano, as Coreias competiram em hóquei feminino nos Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang em fevereiro, sendo esta a primeira equipe coreana conjunta em competição multiesportiva internacional. Além disso, uniram forças no tênis de mesa durante os campeonatos mundiais de equipes em maio deste ano e ainda no torneio Korea Open, na semana passada em Daejeon, a 160 quilômetros ao sul de Seul.

As conversações sobre o envolvimento de várias equipes conjuntas nos Jogos Asiáticos ganhou força após a cúpula intercoreana do dia 27 de abril. Uma declaração do presidente sul-coreano Moon Jae-in e do líder norte-coreano Kim Jong-un afirmou que “concordaram em demonstrar sabedoria coletiva, talentos e solidariedade, participando conjuntamente em eventos esportivos internacionais, como os Jogos Asiáticos de 2018. ”

A KCF foi uma das primeiras federações esportivas sul-coreanas a manifestar interesse em uma equipe conjunta com a Coréia do Norte nos Jogos Asiáticos. Os remadores de barcos de dragão do Sul treinam desde junho.

Lim Yung-hui, da Coréia do Sul (Esquerda), e Ro Suk-yong, da Coréia do Norte, dão as mãos após o jogo amistoso de basquete no Ginásio Ryugyong Chung Ju-yung, em Pyongyang. Foto: Yonhap.
Lim Yung-hui, da Coréia do Sul (Esquerda), e Ro Suk-yong, da Coréia do Norte, dão as mãos após o jogo amistoso de basquete no Ginásio Ryugyong Chung Ju-yung, em Pyongyang. Foto: Yonhap.

No hóquei no gelo feminino de PyeongChang 2018, 12 norte-coreanas uniram-se a 23 sul-coreanas, fazendo com que algumas jogadoras da Coreia do Sul permanecessem no banco reserva, no intuito de abrir espaço para as norte-coreanas. A KCF salientou que a equipe unificada de barco-dragão não limitará o desempenho de nenhum atleta sul-coreano, já que ambas as Coreias não têm remadores atuando em tempo integral. Somado a isso, foi ainda enfatizado que o time será formado do zero.

A corrida de barcos de dragão contará com seis atletas sul-coreanos e seis norte-coreanos nas competições masculina e feminina.

No basquete feminino, três norte-coreanas, as centro Ro Suk-yong, Jang Mi-gyong e Kim Hye-yon, já estão nomeadas para a equipe unificada, que terá nove sul-coreanas, defendendo o  Jogos Asiáticos.

Ro, Jang e Kim jogaram todos os jogos amistosos inter-coreanos em Pyongyang no início deste mês. As duas Coreias trocaram de jogador no dia 4 de julho e depois jogaram uma contra a outra no dia seguinte.

Naquele encontro de 5 de julho, Ro marcou 32 pontos na vitória da Coréia do Sul por 81 a 74. A centro de 1,81 metros teve uma média de 20,2 pontos por jogo, liderando o ranking de pontuadoras na Copa da Federação Internacional de Basquete Feminino da Ásia, ano passado. (FIBA, em inglês).

A equipe de hóquei no gelo feminino foi a primeira a promover um time com jogadoras norte e sul-coreanas. Iniciativas como esta visam promover paulatinamente a integração de ambas as Coreias. Foto: Yonhap News.
A equipe de hóquei no gelo feminino foi a primeira a promover um time com jogadoras norte e sul-coreanas. Iniciativas como esta visam promover paulatinamente a integração de ambas as Coreias. Foto: Yonhap News.

No remo, as Coréias competirão como um dos quatro homens peso leve, e em duplas para as mulheres em pesos leves.

A Associação Coreana de Remo (KRA), em Seul, anunciou uma lista de oito remadores sul-coreanos que se juntarão a sete parceiros norte-coreanos. Haverá um treinador sul-coreano e dois treinadores norte-coreanos.

A KRA disse que o cronograma de treinamento conjunto com os norte-coreanos não foi determinado, mas que os remadores estarão no Centro Internacional de Remo de Tangeum, em Chungju, junto com as equipes de barcos-dragão. A associação  também disse que buscará montar equipes coreanas em competições futuras, incluindo o Campeonato Asiático de Remo de 2019 e as Olimpíadas de 2020.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.