Olá Duda, tudo bem? Acompanhei com grande interesse o primeiro texto da sua coluna aqui no Koreapost, achei o nome dela muito bacana: “Uma Duda na Coreia”. Já vi o tom que você quer imprimir: uma brasileira que ama a cultura coreana estudando na Coreia!

Lembro de quando eu te conheci. Claro, conheci primeiro a sua mãe. Lembro de ter visto um texto dela no SaranginGayo super bem escrito, trocamos algumas mensagens e pronto, já tínhamos marcado um encontro naquele evento cultural coreano. Lembro de você contando a sua história com muito entusiasmo, da gente trocando algumas palavras em coreano e da minha esposa elogiando a sua pronúncia. Depois disso, a proximidade das nossas famílias foi crescendo com o tempo. E um dia desses, você contou que iria participar de um concurso de oratória em coreano, onde haveria como prêmios bolsas de estudo de língua coreana em algumas universidades da Coreia.

Nós dando um susto na sua mãe com uma visita inesperada! Foto de parte da família Koreapost!
Nós dando um susto na sua mãe com uma visita inesperada! Foto de parte da família Koreapost!

Lembro da sua empolgação e angústia em estar bem preparada para o evento. Nem sei como apareceu a ideia da gente te ajudar, mas foi algo natural. É bonito ver alguém se esforçando e só fez a gente querer contribuir de alguma forma, junto com a Carol. E lá estávamos nós enviando áudios com a leitura do seu texto em coreano para que você pudesse ouvir o jeito correto de falar. E aquele dia antes do evento?? Lá estávamos nós dando uma polida nos últimos detalhes bem tarde da noite, lembra?

Sua apresentação no dia do Concurso de Oratória!
Sua apresentação no dia do Concurso de Oratória!

No dia da sua apresentação vimos que não seria uma terafa fácil, pois havia outros participantes bem preparados. Mas quando a minha mãe e eu concordamos que a sua apresentação estava muito boa, vimos que você tinha boas chances! Bom, dito e feito, você foi premiada com uma bolsa de estudos para a Universidade de Suncheon! 🙂

Ontem conversei com a sua mãe e fiquei sabendo que rolaram algumas lágrimas de alegria ao receber o seu passaporte com o visto coreano. Opa… não era para contar isso aqui?? Bom, agora já contei, desculpe… ㅋㅋㅋㅋㅋ. Sabe, a sua alegria é a nossa alegria aqui em casa, porque de alguma maneira, agora você faz parte da nossa família também. E como um amigo que se preze, queria te dar alguns conselhos para a sua viagem!

Último passo para concretizar o sonho de estudar na Coreia!
Último passo para concretizar o sonho de estudar na Coreia!

Vá de cabeça aberta. Na verdade, a vida na Coreia não é exatamente igual aos que a gente vê nos dramas da televisão. Nem tudo é tão bonito ou florido. Algumas coisas você vai estranhar, claro: café da manhã é arroz, não tem frutas ou pão com geleia, alias, o arroz sera seu companheiro de prato em TODAS as refeições; você será exigida, terá que estudar muito mesmo; espera-se reverência aos mais velhos, mesmo que a diferença seja de apenas um ano. Claro, sei que você fez o seu dever de casa e já sabe de tudo isso.

Algumas coisas serão BEM esquisitas aos seus olhos de brasileira. Estranhos irão esbarrar em você sem pedir desculpas. Ninguém irá pedir “por favor” a você. Irão te olhar com algum estranhamento por você ser alta e ter um biotipo diferente. Provavelmente seu cabelo será alvo de muita curiosidade, pela cor e forma. Os coreanos ao seu redor não saberão nada sobre o Brasil, talvez apenas sobre carnaval e futebol. E outras coisas MUITO MAIS esquisitas poderão ocorrer. Mas… não se precipite em julgar. Veja. Aguarde. Busque informações. Use e abuse de conselhos de brasileiros que vivem na Coreia e que já passaram pelos mesmos perrengues que você irá enfrentar. Quem disse que ia ser fácil? Se precisar, me escreva, irei te ajudar com o maior prazer!

Sim, você irá sentir falta dos amigos e da família. Da comida. Dos seus gatos. Uma hora, irá sentir falta de coisas pequenas como da sua pasta de dente preferida e do feijão com arroz. Mas aguente firme. Não chore, não fique triste e veja sempre o lado bom das coisas. Aproveite a oportunidade que a vida está lhe dando. Você vai adorar o outono coreano e as suas cores. Irá se impressionar com a estrutura de ensino das universidades coreanas. Verá que quando conseguir fazer amigos coreanos, estes serão aqueles que nunca esquecerão de você. Lembre-se, você precisa conquistá-los. O que não será difícil com o seu jeito curioso e com a sua velocidade de adaptação. Tenho certeza de que você será uma excelente “embaixadora” brasileira e irá nos representar muito bem, que através de você muitos coreanos irão aprender a admirar o nosso Brasil! Ufa, que responsa…

Enfim, muita boa sorte nesta nova jornada da sua vida. Seja feliz e veja este novo mundo que se abre a você sem julgamentos pre-concebidos e comparações desnecessárias. Cada cultura tem a sua beleza, saiba apreciar as coisas boas e entender as coisas ruins que com certeza existirão. 열심히 공부하고 행복하게 지내라! 🙂

 


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



7 COMENTÁRIOS

  1. Pouxa, que linda suas palavras Bruno Kim!
    Acho que a Duda cai chorar de alegria e grata por tais conselhos. Eu lendo aqui me senti emocionada com tanto carinho e cuidado. É realmente bons conselhos de um membro da família. Também desejo que a Duda viva intensamente esse momento e essa oportunidade. E ao mesmo tempo fico grata e feliz por fazer parte dessa família KoreaPost mesmo longinha. E já tenho um enorme desejo de conhecer cada um de vocês pessoalmente. Enfim, parabéns por todas essas palavras, parabéns pra Duda! Desejo que Deus abençoe a todos nós sempre.

  2. Quem tem um amigo assim está feito na vida, é só seguir os conselhos e ir em frente, aliás é o que você tem feito desde que decidiu embarcar nessa onda coreana. Toda felicidade do mundo pra você!

  3. Minha querida neta esta sendo muito bem preparada para essa experiência pelos pais e amigos. Deus tem estado a frente deste sonho e com o esforço dela tudo esta dando certo. Pela educação recebida em casa creio que ela saberá respeitar uma cultura diferente e agradecer por esta oportunidade. Amei sua carta Bruno pelo incentivo e esclarecimentos.

  4. 화이팅, Duda. Não lhe conheço mas desejo tudo de bom. Deus possa lhe abençoar gradeosamente, dando sabedoria e força para vencer os dias maus. 🙂

    (Um dia serei eu, em nome de Jesus). 😉

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.