O jogador de tênis coreano Chung Hyeon causou grande impacto ao derrotar Novak Djokovic da Sérvia na 16ª rodada do Australian Open, segunda-feira. Na Arena Rod Laver em Melbourne, Chung, 58° mundial derrotou Djokovic 14° mundial, por 3 sets a 0 e parciais de (7-6 (7-4), 7-5, 7-6 (7-3) no simples masculino.

Com a vitória, Chung de 21 anos, se tornou o primeiro jogador coreano a alcançar as quartas de final do Australian Open. Ele também é o primeiro coreano a alcançar as quartas de algum dos torneios do Grand Slam. Anteriormente, as séries de Lee Hyung-taik em 2000 e 2007 no simples masculino do U.S. Open, e a série de Lee Duk-hee em 1981 no simples feminino do U.S Open, eram as marcas mais altas do tênis coreano.

Chamando Djokovic de seu “ídolo”, Chung disse que se sentiu honrado por jogar contra a estrela do tênis sérvio. “Eu não sabia que ganharia esta noite. Só estava honrado por jogar contra Novak, e feliz por vê-lo de volta na turnê. Tento copiar o jeito que o Novak joga porque ele é meu ídolo”, disse Chung depois do jogo.

Novak Djokovic e Chung Hyeon.
Novak Djokovic e Chung Hyeon.

Chung vai enfrentar Tennys Sandgren dos Estados Unidos, ainda hoje. No mesmo dia da vitória de Chung, o 97° do ranking mundial avançou para as quartas de final após derrotar o 5°, Dominic Thiem da Áustria por 3 sets a 2 e parciais de 6-2 4-6 7-6 (7-4) 6-7 (7-9) 6-3.

As chances para Chung ir além das quartas de final são altas já que o americano nunca passou da primeira rodada de um evento do Grand Slam. O jogo de Chung foi o segundo encontro com Djokovic depois de perder há dois anos atrás no mesmo torneio por 3 sets a 0 em 2016.

Depois do jogo, Chung disse que aprendeu muito com uma das estrelas mais importantes do tênis ao qual lhe disse que “é preciso adaptar-se mentalmente e fisicamente”. Dois anos depois, Chung parecia muito mais aperfeiçoado contra seu ídolo, uma vez que o coreano de óculos pressionou bastante seu oponente para conseguir ganhar.

Chung Hyeon comemora sua vitória.
Chung Hyeon comemora sua vitória.

No entanto, Djokovic claramente teve dores algumas vezes, recebendo tratamento em seu cotovelo direito depois do primeiro set. O sérvio voltou à ativa depois de perder metade de 2017 por causa de uma lesão no cotovelo. Chung chegou a liderar o primeiro set em 4 a 0, mas Djokovic lutou para fazê-lo chegar em 6-6. No tiebreak, Chung venceu o primeiro set com um backhand que forçou um erro do seu oponente.

Repetiu-se uma história parecida no segundo set. Djkovic teve um começo ruim, perdendo os três primeiros games, mas depois lutou até igualar o placar em 5-5. No entanto,Chung garantiu o segundo set ao segurar seu saque e fazer break contra Djokovic.

Os dois também tiveram um jogo apertado no terceiro set, chegando no tiebreak. Chung empatou o tie em 3-3 tirando vantagens dos erros espontâneos de Djokovic e conseguindo assim um winner com forehand. Djokovic teve muitas chances, mas acumulou 57 erros espontâneos contra 36 winners.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.