O Governo Metropolitano de Seul começou a implementar medidas para reduzir as horas extras de trabalho no setor público. A medida determina que todos os computadores sejam desligados após as 20 horas da sexta-feira.

A medida foi decretada após o aumento das reclamações por parte dos trabalhadores coreanos, que não conseguem ter equilíbrio entre vida social e trabalho.

A prefeitura da cidade determinou que todos os computadores da prefeitura e do edifício anexo Seosomun sejam desligados às 20 horas da sexta.

O desligamento automático dos computadores será iniciado às 19:30, às segundas e quartas sextas feiras do mês que vez, e terá frequência aumentada para que em maio os computadores sejam desligados em todas as sextas feiras, às 19 horas.

Outros edifícios governamentais em Seul, como o anexo de Mugyo e o Departamento de Infraestrutura também irão adotar a nova política num futuro próximo, afirmou um dos funcionários da prefeitura na semana passada.

Foto: Yonhap
Foto: Yonhap

Já foram realizadas outras tentativas de diminuir a carga de trabalho e o stress proporcionado pelo trabalho excessivo, como os ‘Dias da Família’ que aconteciam todas as quartas e sextas. Mas, a iniciativa não obteve bons resultados. Muitos funcionários ainda continuaram fazendo horas extras em um número significativo de dias na semana, de acordo com a prefeitura.

Após um funcionário público ter sua morte relacionada a ‘stress relacionado ao trabalho’, em setembro passado, o governo começou a focar na redução da jornada de trabalho, no aumento de benefícios dos funcionários e numa reformulação na cultura do trabalho.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.