Nesse Dia das Bruxas, nós do Koreapost, juntamente com a ReiraFansub, decidimos criar uma lista de coisas para assistir, e até de vídeo games com a temática do Halloween! Se você tem medo, cuidado, algumas imagens podem te assustar!

[Especial Halloween] O Terror Na Ásia
Espíritos gaki atormentam camponeses. Foto: kyoto national musem.

Quando o assunto é terror, a Asia está sempre no topo, até mesmo produções assustadoras de Hollywood, como “O Chamado“, são remakes baseados no terror asiático.

[Especial Halloween] O Terror Na Ásia
Imagem do filme “ringu”, que originou posteriormente “o chamado”. Foto: cinefantastique online.

Acontece que nada gera mais medo que lendas urbanas e contos que realmente tenham semelhança com algo real. Não que fantasmas sejam reais, mas assustam mais que um lobisomem por exemplo, pois eles instigam o nosso lado psicológico. O motivo de tantos filmes serem sobre fantasmas é que eles fazem parte do folclore do Japão e outros países da Ásia.

A ascensão dos filmes de terror asiático teve inicio com o clássico filme coreano Whispering Corridors. Whispering Corridors passa-se numa típica escola feminina na Coreia, chamada Jookran High School For Girls. Nove anos atrás, a estudante Jin-Ju havia cometido suicídio na escola e seu fantasma estava assombrando as salas de arte que foram fechadas após o incidente.

A primeira vítima é a professora Park, que tem o “carinhoso” apelido de Raposa Velha devido aos tratamentos que ela dá às estudantes. As garotas acreditam que Kim Jung-Sook está possuída pelo espírito de Jin-Ju, e à medida que o filme vai rolando, outras descobertas são feitas e devido à morte da senhora Park. As alunas são orientadas a abafarem o caso para que a imprensa e os inspetores da escola não comecem a investigar – já que violência e abuso psicológico/físico são muito comuns nesta escola em particular.

[Especial Halloween] O Terror Na Ásia
Filme coreano de 2004, “bushinsaba”, ou “tábua da bruxa”, dirigido por ahn byeong-ki. Foto: wikipedia.

Os melhores e mais assustadores filmes coreanos que valem muito apena conferir são “Bushinsaba“, toda a serie “Whispering Corridors” de Park Ki-Hyung, e “The Phone“.

[Especial Halloween] O Terror Na Ásia
“whispering corridors 5” de park ki-hyung. A série começou a ser lançada em 1998. Foto: cinecine.

Indo para o Japão você pode encontrar filmes de lendas urbanas muito famosas, como a “Kuchisake Onna“.

Diz a lenda que uma mulher de cabelos compridos e negros, usando uma máscara (é comum usar máscaras na Ásia, em sinal de respeito aos outros quando se está doente, para não espalhar vírus) encontra com inocentes crianças na hora que elas estão saindo da escola e pergunta: “Eu sou bonita?“. Se a criança responder que sim, ela tira a máscara, revelando sua boca rasgada de orelha a orelha, e pergunta “Mesmo assim?“. Claro que ela irá perseguir e matar a criança, talvez cortando sua face. Não adianta responder que não, pois isso só a deixará furiosa. (Em muitos lugares do Japão é bem comum que as crianças vão em grupo à escola para evitar esses tipos de incidente).

Porque ela tem a boca cortada? Dizem que a Kuchisake Onna traiu o marido que a desfigurou, dizendo: “Quem vai achar você bonita agora?” Sinistro né?!

[Especial Halloween] O Terror Na Ásia
Imagens do filme “kuchisake onna”, dirigido por koji shiraishi, de 2007. Foto: otvet.

Se você quiser conferir mais filmes sobre lendas urbanas e folclore asiático, uma bela dica é “Kwaidan” e “O Grito“.

O terror também está nos video games! O terror está muito presente nos jogos nomeados como survival horror ou seja: jogos de sobrevivência; E já que o horror asiático dominou o mundo do cinema ele também tomou conta do mundo dos video games.

[Especial Halloween] O Terror Na Ásia
Imagem do jogo “fatal frame”, da empresa tecmo. Foto: fatal frame wiki.

Fatal Frame, jogo produzido pela Tecmo, é o melhor jogo de sobrevivência, pois ele realmente está cheio de sustos e mistérios envolvendo o enredo. O nome Fatal Frame significa foto ou disparo fatal, porém ele também é conhecido como Project Zero (projeto zero) ou simplesmente zero (零 Zero, isto é um trocadilho – este kanji é normalmente lido como rei, mas também significa “fantasma”).

Imagem Do Jogo &Quot;Fatal Frame 2&Quot;, Da Tecmo, De 2003. Foto: Taringa.
Imagem do jogo “fatal frame 2: crimson butterfly”, da tecmo, de 2003. Foto: taringa.

Sua história gira em torno de um conto popular sobre a Mansão Himuro e os antigos rituais macabros que envolviam a família e seus empregados. A mansão é considerada um dos locais mais mal assombrados do Japão. O jogo também conta a lenda da vila perdida, local mal assombrado escondido em meio a uma floresta desconhecida, diz a lenda que uma vez dentro da vila perdida é impossível sair de lá.

[Especial Halloween] O Terror Na Ásia
Imagem do jogo “fatal frame”, da tecmo. Foto: reira magazine.

A jogabilidade é de fato muito interessante pois o jogo não possui armas, é bem fácil de ser controlado e é um jogo que te prende até o final.

[Especial Halloween] O Terror Na Ásia
Capa do jogo “kuon”, da empresa from software, de 2004. Foto: wikipedia.

Além disso temos mais um jogo na lista! Kuon é um jogo de 2004, da From Software, e foi inspirado no filme “Kwaidan“, já listado anteriormente. O mais interresante é a jogabilidade, aonde o personagem se cansa facilmente correndo pelo cenário, porém o jogo não é muito atrativo em termos de enredo, mas garante bons sustos.

[Especial Halloween] O Terror Na Ásia
Personagem “bruxa branca” do filme “kwaidan”, lenda que inspirou o game “kuon”. Foto: reira magazine.

Se você ainda quiser conferir mais jogos de sobrevivência focados em terror asiático, vale a pena conferir “Siren“, “The grudge” (ou “O Grito” em português) e “The Calling” (“O Chamado“). E aí? Você tem alguma boa sugestão para celebrar o Dia das Bruxas? Deixe-nos saber nos comentários!

Para fazer o download dos filmes listados legendados confira o link Japanese Horror Films.

14825566_1231629293573930_359314400_N

Texto Autoral


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.