Fonte: The Korea Herald

Embora não seja possível andar na água, dançar na água pode ser – se você embarcar no cruzeiro/festival de música “It’s the Ship” (“É o Navio”) no próximo verão, em Busan.

O festival tem duração de quatro dias de festa com Electronic Dance Music (EDM), realizado em um navio de cruzeiro no meio do oceano. Neste verão, pela primeira vez, navegará nas águas da costa da Coreia do Sul, de 28 a 31 de agosto, fazendo uma viagem de ida e volta a Fukuoka, no Japão.

Lançado em Cingapura, em 2014, por uma empresa de gerenciamento de eventos, a Livescape Group, o festival foi realizado em Cingapura e na China, atraindo mais de 35.000 fãs de 88 países.

“‘It’s the Ship’ é diferente de outros festivais de EDM, já que os “companheiros de navio” podem interagir com seus artistas favoritos”, disse o chefe-executivo do Livescape Group, sediado na Malásia, ao The Korea Herald em entrevista recentemente realizada no centro de Seul.

Os artistas não vão direto para suas casas após o show, mas permanecem no navio e aproveitam o festival inteiro com o público“, disse Ammer.

Oferecemos entretenimento saudável durante o dia, desde escalada, ioga matinal até basquete“, disse ele, referindo-se ao navio de cruzeiro Costa NeoRomantica, de 221 metros de comprimento, totalmente equipado com quadra de basquete, cassino, teatro, spa, duty free e uma pista de dança.

Então, quando o sol se põe, é hora de festejar“, disse ele.

No início, o festival apresentava dificuldades, pois era difícil convidar artistas, exigindo quatro a cinco dias de compromisso. Mas agora, os artistas estão mais do que dispostos a embarcar na jornada, disse ele.

Além disso, não há bastidores. Os artistas precisam se misturar com o público, comer nos restaurantes, jogar basquete ou nadar. É definitivamente uma experiência surreal para todos”, explicou.

Festival Flutuante Na Costa Da Coreia Do Sul
Fonte: the korea herald

O chefe do Cruise Lab, Chang Woo-seok, o organizador do festival responsável pela parte de Busan do festival enfatizou que a edição coreana de “It’s the Ship” será um evento internacional, mencionando passageiros que viajarão de avião, e embarcarão no cruzeiro em paradas ao longo da viagem.

Tendo experiência no ramo de cruzeiros antes, embarquei em várias viagens de cruzeiros de Miami, Barcelona e Hong Kong. O que observei é que os passageiros são muito internacionais”, afirmou.

Para a edição de Busan de ‘It is the Ship’, esperamos que os convidados sejam 50% residentes coreanos e o restante visitantes estrangeiros“, disse Chang.

Embora Busan possa estar mais distante de Incheon, a principal porta de entrada para viagens aéreas da Coreia, a cidade portuária de Busan, no sul, é um ponto de ancoragem excelente para navios de cruzeiro de grande porte, pois possui um ótimo ambiente portuário, explicou Chang.

Para o mercado coreano, as questões de segurança são uma grande preocupação, pois há quem se sinta desconfortável com a ideia de uma viagem de cruzeiro, por lembrarem da tragédia com a balsa Sewol em 2014 que matou mais de 300 passageiros.

Chang enfatizou, que o navio de cruzeiro “It is the Ship”, o Costa NeoRomantica, é uma opção de transporte seguro, aprovada pela Organização Marítima Internacional.

Os navios internacionais são regulamentados pela SOLAS (Convenção Internacional para a Salvaguarda da Vida Humana no Mar) sob o tratado marítimo internacional. Em termos de acidentes, eles são muito seguros”, disse ele, mencionando ainda que tem bastante tempo até agosto, em relação à preocupação com o surto de coronavírus.

Os preços do “It’s the Ship” começam em US$ 800 por pessoa para uma opção de quarto quádruplo, que incllui acomodação, refeições e bebidas não alcoólicas. Para mais informações, consulte o site da experiência.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.