O conceito por trás de “Bem-vindo! Primeira vez na Coreia?”, um reality show que atingiu alta audiência em um canal a cabo, é relativamente simples.

O show apresenta impressões de visitantes que experimentam pela primeira vez os aspectos da vida na Coreia – comida, entretenimento, história e cultura – e suas reações.

No mês passado, o show estrelou um trio do México, amigos de Christian Burgos, um mexicano que atua no talk show da JTBC “Non-Summit”. Os amigos trouxeram novas perspectivas para os passatempos coreanos cotidianos – eles comeram churrasco de barriga de porco e pegaram animais de pelúcia das máquinas de garra com muita alegria, e ao mesmo tempo ficaram encantados e horrorizados ao comer polvo cru, uma iguaria coreana.

Mexicanos conhecem as iguarias coreanas.
Mexicanos conhecem as iguarias coreanas.

Amigos de Daniel Lindemann, alemão, outro partipante em “Non-Summit”, tiveram uma abordagem analítica e visitaram locais históricos. No episódio de 14 de setembro, os amigos de Lindemann visitaram a antiga capital de Silla, Gyeongju, e ficaram em uma casa coreana tradicional, expressando surpresa com a falta de cadeiras.

O formato permite aos coreanos redescobrir pequenas coisas familiares que de outra forma não dariam importância – como ventiladores acima das mesas de churrasco coreanas, bidês em banheiros.

Os amigos de Lindemann mergulharam na história da Coreia, visitando a Zona Desmilitarizada que separa a Coreia do Sul e a Coreia do Norte e a Prisão de Seodaemun, onde muitos combatentes coreanos, que lutaram em favor da independência, foram presos e torturados durante a ocupação da península pelo Japão. Eles expressaram tristeza e raiva  sobre o passado turbulento da Coreia.

Os alemães provaram bebidas mas também mergulharam na história da Coreia.
Os alemães provaram bebidas mas também mergulharam na história da Coreia.

Os convidados voltaram para a casa de Lindemann e abriram uma garrafa de licor tradicional coreano, descrevendo seu gosto em detalhes.

Enquanto muitos reality shows coreanos viajam para fora da Coreia, no intuito de mostrar como as pessoas ao redor do mundo vivem, o objetivo do “Bem-vindo” é mostrar como a Coreia pode ser exótica para os estrangeiros.

Nós não interferimos nas viagens dos amigos, mesmo quando eles se perdem ou se confundem“, disse o produtor do show, Moon Sang-don. “É interessante observar como eles veem a Coreia por estas perspectivas únicas, através do olhar deles”.

Eu vi estrangeiros em uma livraria olhando ao redor com grandes mochilas em suas costas“, disse Moon no início do show. “E eu me perguntei:” O que essas pessoas estão tentando ver aqui”? Mas há muitos vídeos no YouTube com estrangeiros também  aqui na Coreia“.

“Bem-vindo” está desfrutando de audiência recorde no canal a cabo MBC every1, que não viu um show passar da marca de 2% desde o seu lançamento em 2003. “Bem-vindo” superou esse limite logo após três episódios e no capítulo de 14 de setembro, atingiu o índice de 3,5%, segundo a Nielsen Korea, uma agência de classificação.

Mexicanos dançam Gangnam Style.
Mexicanos dançam Gangnam Style.

Os programas de variedades com estrangeiros tornaram-se um elemento básico na programação de televisão coreana na última década.

“Global Talk Show”, que foi ao ar de 2006 a 2010, às vezes conhecido por outros nomes como “Chat With Beauties”, apresentou um painel de mulheres estrangeiras que discutem a vida cotidiana aqui, em coreano. O “Non-Summit”, que iniciou na JTBC em 2014, traz um grupo de homens expatriados que debatem questões sociais, também em coreano.

WELCOME 6
O Programa Non-Summit que tinha no elenco, o nosso Carlos Gorito, representando o Brasil. Foto: Kpop Samba Style

O comediante australiano Sam Hammington é uma personalidade regular da televisão aqui, aparecendo em inúmeros shows, incluindo “Real Men”, onde as celebridades experimentam a vida militar de primeira mão na Coreia. Os espectadores estão encantados com seu domínio da língua coreana e apreciam sua sensibilidade a aspectos sutis da cultura coreana.

Sam em seus dias de exército. Foto: Facebook Pessoal do Artista
Sam Hammington em seus dias de exército. Foto: Facebook Pessoal do Artista

“Bem-vindo” busca outra vertente com a presença de estrangeiros na mídia coreana. Ele reverte para “fazer a Coreia não familiar” aos estrangeiros, de acordo com o crítico de cultura Ha Jae-geun, convidando pessoas que nunca estiveram aqui e documentando suas experiências inéditas.

Em novembro, a Olive TV lançará “Seoulmate”, como um “reality show global de compartilhamento doméstico”, onde participantes estrangeiros ficarão em casas das celebridades coreanas.

A CJ E& M publicou a um tempo atrás um comunicado, convidando pessoas do mundo inteiro a participar do Seoulmate. Foto: CJ E&M
A CJ E& M publicou a um tempo atrás um comunicado, convidando pessoas do mundo inteiro a participar do Seoulmate. Foto: CJ E&M

O crítico de cultura Lee Moon observa a semelhança do programa com o conceito do popular canal “Inglês Coreano” no YouTube, onde os britânicos Josh e Ollie experimentam a cultura e o estilo de vida coreana e apresentam suas opiniões para os espectadores coreanos.

Ambos os shows são tingidos com um novo tipo de nacionalismo, diz Lee. Se anteriormente, os coreanos tinham que se esforçar para promover a Coreia, hoje, uma atitude mais tranquila surgiu, diz ele.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.