Park Seu-mi, mãe de duas crianças, sofria com baixa auto-estima. Ela nunca conseguiu perder o peso extra que ganhou ao ficar grávida por duas vezes. Seu-mi, que sempre está ocupada lutando para criar seus dois filhos em casa, não tinha nenhum tempo livre para ir a uma academia. Sua frustração foi a motivação para que ela elaborasse uma rotina de exercícios sozinha, que poderia ser feita dentro de casa.

Eu comecei a me exercitar sozinha em casa depois de colocar meus filhos para dormir, todas as noites“, disse ela na entrevista para o The Korea Herald. “Eu mudei muito, tanto fisicamente quanto mentalmente. Ganhei mais disposição para brincar com meus filhos o dia todo e meu corpo ficou mais em forma. O melhor de tudo? Consegui recuperar a confiança de que poderia fazer tudo sem depender de ninguém“, completou Seu-mi.

Park Seu-Mi, Treinadora E Escritora Do Livro 'Seumi Home Training'/ Foto: Park Seu-Mi/ The Korea Herald
Park seu-mi, treinadora e escritora do livro ‘seumi home training’/ foto: park seu-mi/ the korea herald

Além do tempo que economizou, ela aponta que há outra vantagem em se exercitar sozinho (a):

A melhor parte de malhar em casa, é que você não precisa se preocupar com o que as pessoas da academia acham da sua aparência.” Ela diz que os iniciantes podem se distrair facilmente com pensamentos improdutivos como ‘todo mundo olharia se algum gordo como eu estivesse se exercitando na academia‘. Mas em casa, as pessoas podem ficar mais tranquilas e malhar sem este tipo de preocupações.

Para ajudar outras pessoas que passam por problemas semelhantes, Park começou a filmar a sua rotina de exercícios e começou a compartilhar os vídeos no You Tube desde 2015. Os mais de 190 vídeos do canal de Park atraíram 90 mil inscritos, fazendo dela uma das maiores treinadoras do You Tube na Coreia do Sul.

Smi Home Training No You Tube/ Foto: The Korea Herald
Smi home training no you tube/ foto: the korea herald

Malhar em casa não é uma novidade no mercado dos exercícios auto-dirigidos. Antes de Park, a famosa modelo Lee So-ra, criou a sensação da ‘academia em casa’ no início dos anos 2000. Os vídeos com os exercícios que ela lançou foram um sucesso na época, e que ainda circulam pela internet.

Essa tendência, no entanto, cresceu entre as pessoas adeptas do ‘estilo fitness’. Desde a adoção das mídias sociais como You Tube e Instagram, aproximadamente 200 canais/perfis aparecem quando se pesquisa por ‘Home Training’ (Treinamento em casa) no You tube, enquanto o Instagram tem mais de 376 mil posts com esta hastag.

Visando aqueles que desejam um corpo forte e em forma, os vídeos no You Tube focam em queimar calorias e criar músculos em casa de maneira eficiente. Os instrutores mostram os exercícios passo a passo, encorajando as pessoas que assistem.

Como diferentes pessoas vão possuir diferentes objetivos, muitos dos vídeos apresentam diferentes rotinas de exercícios. Alguns focam nos treinos cardiovasculares, outros em desenvolver maior força e alguns apenas para alongar após um dia estressante. A maioria dos programas de treinamento não exigem nenhum equipamento extra. Quando necessário, os instrutores usam uma garrafa com água como haltere, ou uma cadeira como step.

Enquanto os vídeos do You Tube mostram como se exercitar em casa, o Instagram conecta pessoas que fazem da suas casas, academias, evitando a ‘solidão’ ao malhar. Os usuários dessas mídias sociais compartilham seus exercícios e pedem por avaliações dos instrutores. Especialistas na área fazem vídeos transmitidos ao vivo com o objetivo de responder perguntas ou transmitir exercícios que podem ser acompanhados por seus seguidores.

Também há os aplicativos de celular, como o gratuito ‘FIT DAY’ que oferece vários programas de Treinamento como o ‘Sete Minutos de exercícios diários’ ou ‘Rotina intensa de exercícios para o abdômen’. Os aplicativos também se conectam a dispositivos móveis como o Apple Watch ou o Fitbit, calculando automaticamente as calorias perdidas.

Capturas Do App Fit Day/ The Korea Herald (Reprodução)
Capturas do app fit day/ the korea herald (reprodução)

Não sabia de nada sobre a perda de peso, mas o aplicativo me ensinou como fortalecer meu músculos. Estou me exercitando com a ajuda do app faz três semanas‘, escreveu um usuário em uma avaliação do perfil. Atualmente, há mais de 250 aplicativos fitness que podem ser baixados na Play Store.

A tendência de se exercitar em casa, também chegou as livrarias. Mais de 25 livros foram lançados com a palavra chave ‘treino em casa’ no título desde 2016. A maioria desses livros mostra os passos e movimentos de cada exercício por meio de descrições detalhadas. Juwon Home Training e Seumi Home Training são os livros mais populares do gênero, com vendas de mais de 30 e 13 mil respectivamente.

No entanto, especialistas alertam que os iniciantes precisam ser cuidadosos ao malhar em casa, sozinhos.

Para evitar a tensão e lesão muscular, as pessoas devem começar devagar, e realizar alongamentos para aquecer o corpo‘ afirma Jo-Ha-na, treinador profissional da academia Star Kali Fitness em Seul. Exercícios com postura e posição incorreta podem causar muita dor. Jo recomenda que as pessoas filmem elas mesma durante a realização dos exercícios e comparem com os especialistas.

Antes de começar a se exercitar, os iniciantes devem consultar um médico, instrutor ou algum especialista para saber se tem problemas médicos ou outras condições. É importante não exagerar no começo, de acordo com Jo.

Park Seu-mi que trabalha como uma profissional do treinamento em casa, tem outro conselho para os iniciantes alcançarem os resultados:

Quando você se exercita sozinho (a), pode desanimar com maior facilidade. Você deve ter um objetivo, planejar uma rotina de exercícios e seguir em frente mesmo que ninguém se importe. Eu fiz isso, então você também consegue“.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.