O Tufão Chaba atingiu partes do Sul da Coreia com ventos fortes, chuvas violentas e enormes ondas de Tsunami. Abaixo, juntamente com as informações da Cabonate TV reproduzimos algumas fotos e vídeos de internautas sobre o assunto.

A tempestade atingiu a ilha Jeju durante a noite, e uma pessoa foi declarada como desaparecida em meio à falta de energia generalizada e danos à residências e outros edifícios. Vinte e seis voos que ligam a ilha de férias para o continente e para a China, foram cancelados.

https://twitter.com/p_jessyre/status/783589082148380672

https://twitter.com/nctpard/status/783624897402511360

O porto na cidade de Busan foi fechado pelo segundo dia enquanto o Tufão Chaba passava pela cidade e foi se dirigindo ao leste, para o Japão. Uma autoridade do maior porto do país disse que era esperado que ele reabrisse ao final do dia.

O trabalho em duas fábricas da Hyundai Motors na cidade de Ulsan, que produzem os carros Accent e os veículos utilitários esportivos Sante Fe, foi suspenso por causa de “entrada de água“, disse uma porta-voz da empresa. As Operações também foram suspensas em alguns estaleiros ao longo da costa sul, incluindo a Daewoo Shipbuilding & Marine Engineering Co Ltd. na cidade de Geoje, segundo a agência de notícias Yonhap.

Cinco pessoas morreram em Busan e Ulsan, informou a imprensa. O Ministério da Segurança Pública e Segurança informou que existem três mortos e três desaparecidos.

Imagens de televisão mostraram fortes inundações em partes de Ulsan e Busan, com carros e edifícios parcialmente submersos e as ondas de tempestade surgem batendo em blocos de apartamentos perto da costa. Foram cancelados mais de 80 vôos no Aeroporto Gimhae em Busan, disse um funcionário do aeroporto. O serviço de trem-bala KTX, no sul, também foi suspenso.

Espera-se que o Tufão Chaba enfraqueça e seja suscetível de ser apenas uma tempestade tropical no momento que atingirá o Japão, de acordo com o serviço rastreador Risk Tropical Storm.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.