Além do costumeiro contexto de mundo real que os K-dramas nos trazem, as vezes os roteiristas quebram as normas e trazem dois mundos como base para suas histórias.

Esses mundos paralelos são representados por vida extraterrestre, viagem no tempo, webtoons, e por aí vai. Essa modificação acrescenta muito ao enredo e, em troca, faz os espectadores assistirem com total atenção.

Aqui está, em ordem de lançamento, uma lista nada cansativa de K-dramas que trazem mais de um mundo em suas histórias.

Atenção: pequenos spoilers abaixo

1. My Love From the Star

Este drama estrela Jun Ji Hyun como a famosa atriz Chu Song Yi, que se muda para o apartamento ao lado de Do Min Joon, interpretado por Kim Soo Hyun , um alienígena que veio para a terra há 400 anos. Apesar de serem de mundos diferentes, um romance intenso floresce entre os dois personagens, os quais sempre entram em conflito da forma mais bem-humorada e carismática possível.

As características extraterrestres de Do Min Joon giram em torno de seus superpoderes, como visão, audição e velocidade melhoradas e sua aparência física imortal, que o força a mudar de identidade a cada década para manter em segredo a verdade sobre sua origem. “My Love From the Star” pode não ser o primeiro drama sobre alienígenas, mas, com certeza, é um clássico de todos os tempos, que contribuiu imensamente para a onda Hallyu.

2. Splash Splash Love

Danbi, interpretada por Kim Seul Gi, uma estudante de ensino médio cujos problemas com estudo a levam a viajar no tempo, de volta para a Dinastia Joseon, através de uma chuva intensa. Lá, ela conhece o Rei Lee Do, interpretado por Yoon Doojoon, integrante do grupo HighLight, e uma história de amor se revela ao passo que os dois passam mais tempo juntos.

Esse adorável e cômico web drama nos leva a uma Era do passado, na qual a tecnologia ainda não existia e o nível mediano de matemática de Danbi é considerado genial. Embora estejamos acostumados com dramas históricos com enredos sobre reencarnação, não custa nada dar uma olhadinha em outra fofa (e incrivelmente curta) sageuk, que traz um plot twist (quebra de expectativa no enredo) de aquecer o coração no final do drama.

3. Signal

Lee Je Hoon, Kim Hye Soo e Jo Jin Woong, respectivamente interpretam Park Hae Young, um perfilador criminal; Cha Soo Hyun, uma detetive veterana; e Lee Jae Han, um oficial de polícia incorruptível. Hae Young descobre um walkie talkie sobrenatural que o permite se comunicar com Jae Han, o qual está no passado. Juntos, eles tentam resolver o máximo de casos arquivados possíveis, cada um em sua linha do tempo, mas suas ações dão lugar a consequências ainda desconhecidas.

Ainda que estejamos acostumados com flashback e viagens no tempo, conectar passado e presente simultaneamente permanece uma novidade na série. O walkie talkie é uma ferramenta interessante e misteriosa que dá à história um toque pessoal ao conectar duas pessoas de partes diferentes no tempo, que compartilham um objetivo em comum: levar criminosos à justiça.

4. W

W é outro K-drama famoso que teve os espectadores comentando à seu respeito por meses. A história estrela Lee Jong Suk como Kang Chul, um trabalhador dedicado e quase millionário, e Han Hyo Joo como Oh Yeon Joo, uma cirurgiã cardiotorácica residente. Os dois personagens se encontram um na vida do outro de uma forma inesperada, o que resulta na colisão de dois mundos, mundo real e o mundo de um webtoon, e na possibilidade de um deles entrar em colapso.

Muitos dramas são baseados em webtoons, mas essa, provavelmente, é a primeira vez que um webtoon e seus personagens foram criados especificamente para serem trazidos à vida. Comparando isso com o mundo real, o mundo do webtoon capturava nossa atenção conforme nos víamos simpatizando com seus habitantes e secretamente torcendo por justiça.

5. The Best Hit

Lee Ji Hoon (Kim Min Jae) e Choi Woon Seung (Lee Se Young) são amigos de infância que estão se preparando para fazer o exame de funcionário público juntos. No entanto, o sonho de Ji Hoon em ser músico não se alinha com suas obrigações no serviço público. Ele cruza o caminho de Yoo Hyun Jae (Yoon Shi Yoon), que viajou para o futuro — presente de Ji Hoon — e, juntamente com Woon Seung, o trio embarca em uma jornada de auto descobrimento para desvendar seus verdadeiros sonhos e aspirações.

A viagem no tempo é uma rua mão dupla e dar uma olhada no futuro é sempre mais intrigante, porquê você acaba descobrindo coisas que você não presenciaria na linha do tempo normal. Assistir Yoon Shi Yoon se ajustar à vida moderna e se encaixar com seu estilo popular dos anos 90, a forte amizade e a ligação desconhecida entre os protagonistas é um dos vários motivos desse drama merecer estar na sua lista!

6. Tunnel

Park Kwang Ho (Choi Jin Hyuk) é um dedicado detetive que está atrás de um serial killer em 1986. Quando a vida da mulher que ama está ameaçada, ele segue incansavelmente as pistas que possui, levando-o a perseguir o assassino através de um túnel, que o teletransporta para 2017. No futuro, o detetive conhece o peculiar mas qualificado detetive Kim Sun Jae (Yoon Hyun Min) e descobre que o serial killer ainda continua solto. Eles se juntam à professora de psicologia criminal Shin Jae Yi (Lee Yoo Young), para capturar o criminoso antes que ele ataque alguém novamente.

Esse é outro plot de “De volta para o futuro”, com um emocionante cenário que o deixará em alerta, já que há vidas concomitantemente em jogo em dois anos diferentes; juntar forças é a única forma de resolver esse terrível e longo caso arquivado. Como de costume, a evolução da tecnologia e sociedade em 30 anos é um fator que adiciona muito à história.

7. Manhole

Kim Jae Joong interpreta o personagem Bong Pil, um homem que carrega um amor platônico por Kang Soon Jin, interpretada por UEE, por muitos anos. Tendo desistido de seus sonhos, ele leva uma vida insignificante há muito tempo. Após ouvir notícias sobre o casamento de Soo Jin, ele usa um bueiro místico que o permite voltar no tempo, na tentativa de ganhar o coração dela antes que seja tarde demais.

Essa comédia de quebra temporal é uma história refrescante no meio de tantas outras do gênero. Essa narrativa é bem cativante por dar lugar para muita expectativa e suspense, especialmente pelo personagem não conseguir prever o resultado de suas ações e ser forçado a viver com elas, ao invés de aprender com elas.

8. Angel’s Last Mission: Love

Esse drama estrela Dan, integrante do INFINITE, um despreocupado anjo que está preso na terra até que complete sua última missão, que é ajudar a bailarina Yeon So (interpretada por Shin Hye Sun) a se apaixonar. Seu passado traumático a tornou uma pessoa amarga e arrogante, e ficar junto dela é um desafio. Isso faz crescer muito as dificuldades para Dan, a quem a missão parece ser impossível de completar a cada dia que passa.

Não há dramas suficientes que incorporam o mundo celestial à trama central, então esse possui um plot inovador. A história é cheia momentos de angústia e corações destruídos, ao passo que cada personagem passa por dificuldades em seu próprio mundo e secretamente tenta restaurar o equilíbrio, afim de recuperar o sentimento de pertencimento.

9. Hotel Del Luna

IU interpreta Jang Man Wol, uma fria CEO de um hotel que recebe fantasmas que estão à caminho da vida pós morte. Chan Sung, interpretado por Yeo Jin Goo, é um ambicioso graduando de Administração de Harvard, que recentemente voltou para a Coreia para assumir o posto em um dos maiores hotéis de elite no país, mas se vê forçado a honrar os negócios do pai e se torna gerente do hotel assombrado.

O hotel é estabelecido no centro de Seul, escondido a vista de todos e somente aqueles que pertencem ao lugar são capazes de identificá-lo. Não há dúvida de que as produções coreanas de fantasmas e histórias de terror são certeiras em dar calafrios na espinha e “Hotel Del Luna” entra exatamente nessa categoria. O paralelismo entre o mundo dos mortos e dos vivos o irá fazer imaginar se não há ao menos alguma coisa a qual não temos consciência. Entretanto, é garantida a diversão em assistir um humano tentando seu melhor em comandar vividamente um lugar no qual mortos andam livremente.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.