“Broker”, o primeiro projeto de filme em língua coreana do autor japonês Hirokazu Kore-eda, ganhou no último dia 3 o prêmio máximo no 39º Festival Internacional de Cinema de Munique.

Segundo o organizador do festival, o prêmio ARRI, instituído em 2008, é concedido aos cineastas do melhor filme internacional na seção de competição CineMasters.

Um júri independente de três membros decide quem receberá o prêmio, no valor de 50.000 euros (US$ 52.000).

O “Broker” de Kore-eda centra-se em relacionamentos formados por meio de “caixas de bebês” instaladas em igrejas ou instituições na Coreia, onde pais desesperados podem deixar seus recém-nascidos anonimamente.

O filme começa com So-young (interpretada por Lee Ji-eun) deixando seu bebê na frente de uma caixa de bebê em uma igreja. Sang-hyun (interpretado por Song Kang-ho) e Dong-soo (interpretado por Gang Dong-won) roubam secretamente o bebê para vendê-lo a uma família que não pode adotar legalmente. So-young, que retorna à igreja no dia seguinte, descobre que Sang-hyun e Dong-soo levaram seu bebê. So-young e os dois homens vão em busca  dos pais certos para o bebê. Enquanto isso, um policial, Soo-jin (interpretado por Bae Doo-na), segue os dois homens.

Fundado em 1983, o Festival Internacional de Cinema de Munique é o maior festival de cinema de verão da Alemanha, que exibe cerca de 200 filmes anualmente.

Enquanto isso, Song ganhou o prêmio de melhor ator no Festival de Cinema de Cannes deste ano por seu papel como Sang-hyun em “Broker”.

Disclaimer

As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.