O Korea International Expat Film Festival abriu suas portas para sua segunda edição em Seul nos dias 9 a 11 de Setembro.

O festival exibe filmes coreanos e estrangeiros  feitos com um orçamento baixo ou sobre expatriados.

O que é são expatriados? “Nós realmente esperamos que a nossa programação tenha respondido à pergunta e como isso é diferente do que normalmente está associado a palavra“, disse o organizador do KIXFF, Kevin Lambert. “E esperamos que a nossa resposta tenha refletido de forma positiva e também inspiradora e que as pessoas tenham se estimulado a criar coisas por conta própria“.

Expatriados são pessoas que nasceram em um país mas que não moram mais nele, seja por motivos familiares, de guerra ou de exílio.

Film Festival X

Entre os filmes que foram exibidos, “Ben e Ara”, que fala sobre dois estudantes que tem diferentes perspectivas – um não tem religião e é um americano branco, o outro é um nigeriano muçulmano – e da relação que se desenvolve entre eles.

Outro é “Group Portrait” (Retrato em Grupo), um documentário sobre as experiências de adolescentes migrantes na Europa. É um dos dois filmes que foram exibidos gratuitamente em uma tela em estilo galeria, onde os filmes são exibidos em loop (série initerrupta) e os telespectadores podem livremente entrar e sair.

“Eu senti que estas eram peças complementares uma da outra e ao mesmo tempo se prestavam bem à visão comum”, disse Kevin. “Podem ser discutidos enquanto você os assiste, mas você também pode se afastar e ver um pouco de cada vez, porque às vezes pode ser um pouco demais absorver todas essas histórias ao mesmo tempo”.

Também foi mostrado obras de ficção, incluindo “Ditches” (Valas), sobre trabalhadores manuais lutando para sobreviver em uma aldeia rural argentina onde as meninas estão desaparecendo, e “60 Cigarros Espanhóis” produzido pelo vencedor do KIXFF do ano passado como Melhor Filme sobre Expatriados, Mark John Ostrowski.

Cena Do Filme &Quot;Ditches&Quot;, De Francisco J. Paparella, Que Foi Apresentado No Kixff.
Cena do filme “ditches”, de francisco j. Paparella, que foi apresentado no kixff.

A cerimônia de abertura foi realizada no centro de artes em Gwanghwamun, com as exibições de Sábado e Domingo no Deutsche Schule Internacional de Seul, em Hannam-dong. Kevin disse que tinha novidades e que o evento foi um bom lugar para os cineastas se juntarem e discuti-las.

Este ano, ainda mais do que no ano passado, tivemos uma oportunidade de conhecer e conviver. Para sair e experimentar tudo em um só lugar e construir uma comunidade”, disse ele. “Este ano não temos uma oficina no festival, mas continuamos a ter as nossas oficinas mensais de cineastas, então é assim que vamos continuar a aumentar a comunidade de filmes aqui.”

Kevin disse que não tentou fazer a festa maior, mas tentou melhora-la de outras maneiras, como no feedback que deu aos diretores que apresentaram seus trabalhos. Uma equipe de voluntários revisaram os filmes, que passaram seus comentários quase sem filtro para os diretores.

“Alguns revisores tem um forte background acadêmico em cinema. Mas outros, são apenas amantes do cinema que tem uma visão de quem ama filmes”, explicou Kevin.

Eu acho que os revisores são ainda muito conscientes de não serem muito duros, mas há sempre aqueles que pegam pesado. Mas acho que os cineastas precisam disso para crescerem e adquirem alguns calos. Faz parte do negócio”.

O festival também tenta apoiar cineastas locais, mostrando pequenos filmes produzidos por eles na abertura e no fechamento do eventos.

A festa de abertura também mostrou uma seleção de vídeos musicais estrelados por uma ampla gama de artistas, incluindo uma banda de metal russo, dança experimental e uma banda de música eletrônica post-rock coreano.

Aceitamos vídeos de música, porque é uma coisa comum que os cineastas de baixo orçamento fazem“, disse Kevin. “Geralmente é um tipo de filme que é a porta de entrada para muitos cineastas, porque você não precisa se preocupar com áudio elaborado enquanto você está filmando. Ele também permite muita liberdade no que você pode filmar“.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.