“The Woman Who Ran” de Hong Sang-soo . Fonte: The Korea Herald

Os filmes coreanos continuam fazendo história nos três grandes festivais de cinema de prestígio – Berlim, Cannes e Veneza.

O diretor sul-coreano Hong Sang-soo, ganhou em Berlim o prêmio de melhor diretor no 70º Festival Internacional de Cinema de Berlim por “The Woman Who Ran”. No ano passado, “Parasite”, do diretor Bong Joon-ho, ganhou a primeira Palme d’Or do país no Festival de Cannes.

Filmes Coreanos E Sua História Nos Festivais Internacionais De Cinema
Poster do filme the woman who ran. Foto: berlinale

Pode parecer que os filmes do país se tornaram muito admirados na cena global do cinema da noite para o dia, mas o cinema coreano, que marcou seu centenário no ano passado, entra em festivais internacionais de cinema há cerca de 60 anos.

Em 1961, “The Coachman”, dirigido por Kang Dae-jin, tornou-se o primeiro filme coreano a vencer em um dos três grandes festivais internacionais. Ganhou o Prêmio do Júri Extraordinário do Urso de Prata no Festival Internacional de Cinema de Berlim.

Em 1994, “Hwa-Om-kyung”, de Jang Sun-woo, ganhou o Prêmio Alfred Bauer no festival de cinema de Berlim. “Samaritan Girl”, de Kim Ki-duk, foi premiada com o Urso de Prata como melhor diretor em 2004. No ano seguinte, o diretor veterano Im Kwon-taek recebeu um Urso de Ouro Honorário no festival de cinema alemão.

Filmes Coreanos E Sua História Nos Festivais Internacionais De Cinema
“i’m a cyborg, but that’s ok” de park chan-wook. Fonte: adorocinema

Em 2007, Park Chan-wook ganhou o Prêmio Alfred Bauer, concedido ao filme mais inovador do ano, no 57º Festival de Berlim com a comédia romântica “I’m a Cyborg, But That’s OK”. Em 2011, a fantasia de 30 minutos de Park, “Night Fishing”, que foi co-dirigida com o irmão Park Chan-kyong, ganhou o prêmio principal de curta-metragem em Berlim.

Em 2017, Kim Min-hee ganhou o Silver Berlin Bear como melhor atriz por seu papel no filme “On the Beach at Night Alone”, do diretor Hong Sang-soo.

Não foi a primeira vez que uma atriz coreana ganhou um prêmio em um festival internacional de cinema. As atrizes Kang Soo-yeon e Jeon Do-yeon também ganharam prêmios de melhor atriz no Festival Internacional de Cinema de Veneza de 1987 e no Festival de Cannes de 2007, respectivamente. Kang estrelou em “The Surrogate Woman”, de Im Kwon-ta, e Jeon em “Secret Sunshine”, de Lee Chang-dong.

Outros filmes coreanos também ganharam prêmios notáveis ​​no festival de Cannes.

Filmes Coreanos E Sua História Nos Festivais Internacionais De Cinema
Old boy. Foto: screen daily

Park Chan-wook ganhou os prêmios Grand Prix e Júri por “Oldboy” e “Thirst” no Festival de Cannes em 2004 e 2009, respectivamente. “Poetry”, de Lee Chang-dong, também ganhou o melhor roteiro no Festival de Cannes de 2010.

No Festival Internacional de Cinema de Veneza, em 2012, “Pieta”, de Kim Ki-duk, também conquistou o prestigiado Leão de Ouro. Pietá já teve uma resenha feita aqui no Koreapost, confira!

Filmes Coreanos E Sua História Nos Festivais Internacionais De Cinema
Pietá. Foto: pinterest

Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.