Kim

Fãs da jogadora Kim Yeon-koung, capitã da equipe olímpica de vôlei feminino da Coreia do Sul, iniciaram uma campanha para doar mudas de árvores para a Turquia após a vitória da Coreia sobre a Turquia na quarta-feira, 4 de agosto. Atualmente, o país está lutando contra incêndios violentos há mais de uma semana.

O movimento teve início no Twitter e outras mídias sociais na Coreia do Sul, compartilhando imagens de certificados e capturas de tela mostrando suas doações de mudas de árvores para a Turquia em nome de “Kim Yeon-koung” ou “Equipe da Coreia”. Muitas das postagens incluíam a hashtag “#prayforturkey”.

O movimento aparentemente começou organicamente como um gesto de boa vontade para com o país depois que o time de Kim venceu a equipe turca nas quartas de final do volei feminino.

Kim atuou na Turquia por dez anos, onde jogou pelos clubes Fenerbahçe e Eczacibasi VitrA.

Kim Yeon-Koung
Kim yeon-koung em ação contra o japão. Foto: younhap/ reprodução: korea herald.

A talentosa ponta ganhou vários campeonatos e prêmios individuais em uma carreira de 16 anos, com paradas na Coreia do Sul, Japão, China e Turquia.

Em Tóquio, Kim alcançou uma marca histórica no jogo contra o Japão. Ela converteu 30 pontos no jogo e se tornou a primeira jogadora a marcar 30 pontos ou mais em uma partida olímpica quatro vezes, de acordo com o FIVB (Federação Internacional de Voleibol), órgão internacional que rege o esporte.

Kim foi a melhor jogadora do torneio nas Olimpíadas de Londres de 2012, onde somou 34 pontos contra a Sérvia e 32 contra a China. Em seguida, ela fez 31 pontos contra o Japão nas Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro.

Kim Yeon-Koung
Jogadoras sul-coreanas em jogo contra o brasil na semifinal. Foto: yonhap/ reprodução: korea herald.

A Coreia do Sul perdeu para a equipe brasileira por 3 sets a 0 (25-16; 25-16; 25-16) nas semifinais e perdeu a medalha de bronze para a Sérvia. Na partida, ela somou 10 pontos marcados e foi a maior pontuadora coreana junto com Park Jung-Ah.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.