O recente drama “Good Casting” não seguiu as regras típicas do gênero – não havia absolutamente nenhum sinal de um romance emocionante entre um homem e uma mulher. Em vez disso, a série dramática, que terminou em 16 de junho, apresentava três personagens femininas como agentes trabalhando disfarçados para o Serviço Nacional de Inteligência.

As três personagens são Baek Chan-mi, mestre em negociação, Lim Ye-eun, uma novata geek em tecnologia, e Hwang Mi-sun, que costumava ser uma agente promissora, mas agora é uma mãe que tem dificuldades para trabalhar, cuja a tarefa principal é coletar e classificar recibos de outros agentes.

Por ter três personagens femininas de diferentes idades, o drama ganhou a maior audiência entre todas exibidas no mesmo intervalo de tempo, desde o primeiro episódio até o último.

Foi uma façanha considerável, porque “Good Casting” também não tinha estrelas de grandes nomes.

A atriz Kim Ji-young, interpretou o papel de Hwang e estabeleceu um equilíbrio entre os três personagens. “Eu nunca fiz um drama de ação antes e eu era a mais velha das três [atrizes], então eu estava preocupada em interpretar o papel“, disse Kim durante uma recente entrevista ao JoongAng Ilbo.

Mas nós nos tornamos grande motivadoras uma para a outra. Minha personagem ficou longe do campo por um tempo, então ela era diferente das outras personagens. Contudo, ela era a mais forte entre as três. O diretor quis que eu ganhasse cerca de 12 kg para o papel e [meus esforços] valeram a pena“.

Ainda tenho que perder cerca de metade do peso que ganhei, mas gostaria de ver mais histórias durante uma segunda temporada ou como uma versão cinematográfica. Seria divertido ver isso acontecer”, disse o atriz de 46 anos.

Quando perguntada sobre qual aspecto do drama fez com que se tornasse tão popular, Kim creditou à mensagem do programa.

Era uma história alegre que qualquer um pode desfrutar neste momento difícil. Além disso, a mensagem da história de que nada é impossível quando muitas pessoas trabalham juntas pode ser oferecida aos telespectadores“.

A história pode ter sido sobre espiões, mas também falou sobre a importância de estar conectado com seus vizinhos e colegas.

Poster do drama “Good Casting”. Fonte: Hellokpop

O programa exigia que Kim explorasse diferentes estilos de atuação porque seu personagem era uma mestre do disfarce.

Em casa, a família de Hwang a conhece como funcionária de uma companhia de seguros, mas na verdade ela trabalha disfarçada como faxineira para desmascarar um espião. Às vezes, ela se disfarça como membro da tripulação de uma companhia aérea ou uma senhora rica para diferentes missões.

Tendo estreado em 1995, Kim têm atuado nos últimos 25 anos. Ela conheceu seu marido, que também é ator, Nam Sung-jin, por meio de “Country Diaries“, o dorama de maior duração na Coreia, que foi ao ar entre 1980 e 2002.

Por ser mãe de um menino de 13 anos, Kim disse que não precisava fazer nenhum esforço extra para desempenhar o papel de mãe que trabalha em “Good Casting”.

Poster individuais dos personagens do drama “Good Casting”. Fonte: Hellokpop

Sabe, minha geração está sendo pressionada porque temos que cuidar das crianças e cuidar de nossos pais também. Também estamos preocupados com uma pausa na carreira. Você realmente não pode deixar seu emprego, mesmo que sua empresa não o queira mais.

Kim disse que conseguiu se identificar com sua personagem, que também se sentia pressionada a deixar o trabalho.

Um dia me vi atuando da mesma forma. Eu pensei que precisava de um tempo fora da tela. Pense nisso. Se você planta sementes em solo não tão bom, obtém apenas um resultado ruim. Eu precisava de algum tempo para enriquecer o solo”, disse Kim.

A partir de de 2016 ela parou de aparecer em séries de drama, e isto acabou sendo a jogada certa.

Kim voltou à tela com o sucesso de bilheteria de 2018 “Extreme Job”. Ela fez uma participação especial sem saber que o filme se tornaria o segundo filme coreano mais visto de todos os tempos, com 14 milhões de espectadores.

No filme de sucesso de 2019 “Exit”, que acabou atraindo 9,4 milhões de espectadores, Kim se juntou a Cho Jung-seok para retratar uma irmã e um irmão.

Não importa quão pequeno seja o papel ou quão grande seja o filme“, ​​explicou Kim.

A French Woman“, seu último filme, estreou recentemente nos cinemas locais e atraiu 15.000 espectadores desde o seu lançamento em 4 de junho.

Este filme pode ser lançado com atrasos nos lançamentos dos principais longa-metragens, devido ao surto de coronavírus. A história está longe de ser provável, mas é como uma pintura que você encontra em uma pequena galeria por acaso.

Eu sempre escolho o que fazer a seguir com as mesmas perguntas: concordo com a história sobre a qual o diretor ou o escritor deseja falar? Posso me identificar com o personagem? Posso retratá-lo bem? – alguns papéis são protagonistas, enquanto outros são papéis de apoio –” continuou Kim.

Não há muitas opções para uma atriz de 40 e poucos anos como eu. Se você quer ser o personagem principal e liderar a história toda, precisa esperar mais, mas eu poderia trabalhar sem uma pausa, porque não me importava com o tamanho do papel.

O próximo projeto de Kim é “Graceful Friends” na JTBC, programado para ser transmitido em 10 de julho. No dorama de mistério, mais uma vez, Kim terá uma participação especial.

Encerrando a entrevista, Kim não se esqueceu de agradecer às pessoas que ainda a chamam de Bok-gil, seu personagem fictício de “Country Diaries“.

Eu queria me afastar da sombra desse personagem quando tinha 20 anos. Então, eu atuei em papéis [opostos a Bok-gil], como o personagem ruim ou uma mulher estilosa que vive na grande metrópole, mas percebi que não podia mudar minha natureza apenas mudando a aparência. Eu lutei muito naquela época, mas acabou me ajudando muito quando se trata de atuar.

Alguns atores não têm papéis representativos, não importa quanto tempo eles trabalhem, mas eu tenho esse personagem e as pessoas ainda me chamam por esse nome. Vou continuar trabalhando duro para não manchar este nome.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.