Com o romance “Kim Ji-young, nascida em 1982” da autora Cho Nam Joo pronto para ser adaptado para o cinema, as vendas do livro tiveram um aumento significativo de vendas.

A autora Cho Nam Joo. Foto: Hufpost
A autora Cho Nam Joo. Foto: Huffpost

De acordo com a Kyobo Bookstore, o romance atingiu o décimo lugar no ranking de best-sellers da loja na terceira semana de setembro, subindo 22 lugares.

Segundo a livraria, as vendas aumentaram quase três vezes, comparadas às semanas anteriores. Estima-se que mulheres entre 20 e 30 anos somam 60,9% de seu público consumidor.

Fonte: eBayShopKorea
Fonte: eBayShopKorea

Apesar de o livro ter sido publicado em 2016, ele se tornou o centro de uma controvérsia no começo desse ano após ter sido classificado como um “romance feminista”. Muitos políticos e celebridades que fizeram parte do movimento #MeToo demonstraram apoio ao livro. Em contrapartida, outro grupo de pessoas o questiona, afirmando que a obra apresenta discurso de ódio contra homens.

Na última semana surgiram notícias de que o romance deve ganhar uma adaptação cinematográfica, tendo a atriz Jung Yu-mi assumindo a personagem principal. O anúncio trouxe de volta controvérsia e reclamações de que o romance promove a misandria.

A atriz Jung Yu-mi. Foto: Asian Wiki
A atriz Jung Yu-mi. Foto: Asian Wiki

Há, também, comentários de que a novela feminista pode ter sua mensagem prejudicada por Jung. A atriz, amada por sua beleza considerada padrão, vem sendo considerada como inadequada para o papel.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.