Webtoon é uma história em quadrinho no formato digital criado na Coreia do Sul e tem movimentado o mercado dos quadrinhos graças a chegada dos smartphones. Desde enredos com gênero fantasia e ficção a enredos sobre o cotidiano na Coreia, os webtoons têm se tornado populares e obtido aumento nas vendas tanto na Coreia como globalmente, um episódio que talvez tenha influenciado o crescimento da Hallyu pelo mundo.

O aumento no uso de smartphones tem feito os webtoons mais acessíveis a uma variedade maior de faixa etária. O crescimento da popularidade dos webtoons indica uma mudança no padrão de consumo cultural que agora apresenta uma maior demanda por conteúdos mais rápidos, instantâneos e curtos.

Desenvolvimento Precoce

Inicialmente os webtoons tinham enredos relacionados a uma narrativa mais familiar, sobre acontecimentos e problemas do cotidiano. Muitas pessoas compartilham seus pensamentos e histórias em sites de empresas, fóruns ou comunidades semelhantes. A ascensão destes coincidiu com a crise da indústria coreana de desenhos animados nos anos 90, quando as publicações foram interrompidas em parte devido às leis de censura para proteção dos jovens e devido aos serviços de aluguel. No entanto, no final da mesma década, novos formatos de estilos e conteúdo de desenhos como “Snow Cat” e “Marine Blues” ganharam popularidade.

Fama Inesperada

Nos anos 2000, sites começaram a operar plataformas para navegação e consumo de webtoons. A tendência começou no Yahoo e logo foi aderida por sites de busca coreanos como o Naver e o Daum. Assim que o conteúdo de webtoons foi inserido, logo se tornou uma estratégia para os negócios e uma forma de atrair usuários para os sites. A essa altura, os editores de desenhos animados viam pouco sentido em aderir ou sentirem-se intimidados pela digitalização.

Apesar da Internet lançar novos artistas cujos trabalhos foram considerados inferiores, a indústria foi surpreendida devido a um motivo inesperado. A virada veio em 2003, quando o webtoon completo de Kang, “Love Story” (ou sua adaptação para o cinema “Hello, Schoolgirl“) foi um tremendo sucesso. O setor de desenhos animados impressos também enfrentou uma contração sem precedentes que forçou as principais editoras a voltarem-se para os webtoons.

Como Os Webtoons Dominaram A Coreia
Fonte: korea webzine

Duas formas diferentes de receptividade

Os sites de buscas continuaram fiéis às necessidades dos usuários, priorizando e apresentando conteúdos com base na popularidade. Este feedback aumentou o poder da internet e, ainda mais, o poder da interação mútua. A avaliação artística, no entanto, não deve nunca depender de dados empíricos como tráfego e número de comentários, estes não são suficientes para determinar a qualidade de um trabalho.

Em casos extremos, desenhos com uma qualidade artística mais simples mas com temas da moda, fazem sucesso. Mas algumas vezes, enredos ou características acabam sendo influenciados pelos leitores e suas demandas e reações.

Os gêneros de webtoons que estão mais em foco são temáticas de humor, fantasia e vida cotidiana. Em contrapartida, trabalhos cuja a arte é excepcional, mas não muito convencionais, não recebem muita atenção da plataforma que está ou são promovidas pelos algoritmos. Outra consequência dos webtoons é a queda das vendas de quadrinhos impressos.

Expansão e Evolução

No entanto, as adaptações de webtoons originais em outras mídias como histórias em quadrinhos, na maioria das vezes, obtiveram bons resultados em suas publicações. A ampliação do mercado permitiu que também ocorresse uma expansão na diversidade dos trabalhos. Novos consumidores ou leitores, apareceram à medida que a variedade de webtoon crescia.

Com a expansão do mercado de webtoon, mais plataformas surgiram, sejam portais ou sites especializados em quadrinhos. Narrativas episódicas dominaram a era inicial dos webtoons e, mais tarde, começou a aparecer enredos mais dramáticos. Outra mudança foi sobre o estilo visual dos webtoons, feitos para serem lidos verticalmente na tela do celular.

Os webtoons foram bem recebidos pelo público por diversas razões. Quadrinhos coreanos ou manhwas, passaram de forma abrupta para o formato digital e, desenhos animados online se tornaram populares pois inicialmente eram grátis. Os sites criaram um novo meio para artistas de webtoon ou escritores, pudessem lançar suas obras. Até mesmo aqueles que precisavam de sutileza artística poderiam postar, desde que conseguissem atrair atenção e interesse do público.

O sistema libertário de avaliação e incorporação das respostas dos leitores influenciou no crescimento dos webtoons. As histórias em quadrinhos não conseguiram marcar tanta presença na Coreia como aconteceu no Ocidente, sendo assim, os webtoons ganharam ainda mais espaço.

Como Os Webtoons Dominaram A Coreia
Fonte: korea webzine

O Clássico e o Apelo a Renovação

2013 foi o ano em que os webtoons entraram de fato no mainstream. “Misaeng” (ou An Incomplete Life) vendeu mais de 500.000 cópias impressas da primeira temporada depois da estreia do webtoon, enquanto que “Secret, Greatly” de 2014, resultou no formato de popularidade.

Pessoas que trabalham em escritórios puderam identificar com momentos e com certos arcos de “Misaeng”. “Secretly, Greatly”, chamou a atenção dos jovens e apresentou o ator Kim Soo-hyun.

Vários filmes e dramas foram lançados baseados em webtoons como “Moss”(2010),”The Neighbors”(2013), ”Fists of Legend”(2013), “26 Years” (2012), “Inside Men” (2015), “Start-Up” (2019), “Cheese in the Trap” (2016), “Mystic Pop-up Bar” (2020), “Itaewon Class” (2020), “What’s Wrong with Secretary Kim?” (2018) and “Hell is Other People” (2019).

“Along with the Gods” talvez seja uma das adaptações que mais fez sucesso, não somente em um musical, mas nos dois filmes lançados.

O mercado coreano de webtoon foi de 360 milhões de dólares em 2015 para aproximadamente 770 milhões de dólares no ano passado. São dados surpreendentes considerando o público que consome webtoons diariamente. A estimativa é de que sejam 8 milhões de leitores, com cerca de 100 publicações atualizadas diariamente. Atualmente os webtoons estão conquistando cada vez mais novos leitores e também estão impactando a Coreia.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.