Beyond the Division“, um romance em inglês escrito pelo professor da Universidade Chung Ang, Hur Mann-hyung, é uma história trágica sobre um amor condenado.

Um homem sul-coreano se apaixona por uma mulher do norte, sabendo desde o início que seu relacionamento não levará a um final feliz. O amor deles depende de relações inter-coreanas, um fator que eles não podem controlar.

Imagem: Beyond the Division (Amazon)

A trágica história de romance entre um homem sul-coreano chamado Pilsung e sua amante norte-coreana Soon lembra aos leitores de “namnam buknyeo“, um termo que os coreanos usam quando comparam as aparências físicas de homens e mulheres das duas Coreias. Dizem que os homens sul-coreanos são fisicamente mais atraentes do que os norte-coreanos e, quanto às mulheres, as norte-coreanas são mais atraentes do que as sulistas.

Hur disse que a crença cultural não afetou sua forma de escrever e que ele encontrou o amor proibido como tema de sua novela, em seu breve encontro que teve com uma mulher norte-coreana há mais de uma década.

Eu conheci uma mulher norte-coreana em 2006 durante minha primeira e única viagem à Coreia do Norte. Ela me inspirou a apresentar o tema“, disse o autor ao The Korea Times em uma entrevista recente.

Ela era uma guia de turismo quando visitei Gaeseong em uma viagem de negócios. Depois de um breve encontro com ela, senti que meu coração estava comovido porque vivíamos em partes separadas de uma nação e não poderíamos nos encontrar novamente. Ela se tornou a protagonista do meu romance de ficção“.

Em “Beyond the Division“, Pilsung se apaixona pela trabalhadora norte-coreana Soon, quando eles se encontram em seu local de trabalho, no Complexo Industrial de Gaeseong. Pilsung trabalha para uma empresa de costura que tem uma linha de fabricação no norte. Soon é uma das trabalhadoras lá. É amor à primeira vista e seus sentimentos são mútuos.

Mas, o amor termina tragicamente após o fechamento do complexo inter-coreano, como resultado da crescente tensão entre as duas Coreias.

Hur, autor de três pequenos romances coreanos, disse que “Beyond the Division” é o resultado literário de sua vida desolada em Ames, Iowa, em 2017, durante seu ano sabático.

Ele tentou encontrar algo em que pudesse se concentrar totalmente para aliviar a solidão e o livro se tornou seu companheiro. Seu livro foi publicado pela Austin Macauley Publishers, com sede em Londres.

O romance trágico é baseado em suas histórias em série sobre o Complexo Industrial Gaeseong (GIC) publicado no Weekly Donga em 2013.

O governo de Park Geun-hye estava determinado a encerrar o GIC, pois as relações inter-coreanas estavam indo de mal a pior. O governo Park disse que os salários dos trabalhadores norte-coreanos foram desviados para o desenvolvimento do regime norte-coreano de armas de destruição em massa, incluindo mísseis e bombas nucleares.

Imagem: Hur Mann-hyung (Korea Times)

Hur disse que o fechamento do GIC o entristeceu.

Me senti mal com a decisão porque senti que o GIC era o primeiro tipo de espaço conjunto para a unificação. Os norte-coreanos e sul-coreanos trabalhavam e passavam algum tempo juntos. Era um espaço em que sul-coreanos e norte-coreanos poderiam se apaixonar enquanto trabalhavam juntos, “ ele disse.

O autor comparou o fechamento do GIC a uma segunda divisão das duas Coreias, dizendo que pode ter havido alguns amantes que foram forçados a se separar por causa disso.

Hur expressou esperança de alcançar leitores globais através de seu romance em inglês.

Como professor de administração pública, escrevi vários trabalhos acadêmicos. Por meio de minhas experiências pessoais, descobri que escrever em inglês oferece muitas oportunidades aos autores coreanos. Fui convidado para eventos realizados no exterior após a publicação de trabalhos em inglês”, disse ele.

Hur disse também que planeja publicar mais romances em inglês com temas internacionais, como a divisão das duas Coreias ou adoção internacional, a fim de atrair leitores globais.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.