Lançada pelo Instituto de Tradução Literária da Coreia em 2008, a revista LIST – Books from Korea originalmente examinava a indústria editorial coreana através dos olhos de autores, críticos, tradutores e editores coreanos.

A revista, porém, foi recentemente renovada e relançada como Korean Literature Now, de modo a melhor representar a sua identidade como revista literária, com o objetivo de oferecer uma perspectiva global sobre a literatura coreana.

A edição de verão, lançada em 19 de agosto, recebeu contribuições de vozes internacionais, incluindo uma entrevista com Ethan Nosowsky, diretor da editora americana Graywolf Press, o qual discursou sobre a expansão da literatura coreana no exterior. “Editoras independentes nos Estados Unidos começaram a publicar literatura internacional sem remorso e com uma vitalidade renovadora e vem descobrindo leitores receptivos para histórias as quais não são apenas simples reflexões da experiência americana” expôs ele.

 

Capa da edição de verão da Korean Literature Now, o periódico literário publicado pelo Instituto de Tradução Literária da Coreia (LTI Korea)
Capa da edição de verão da Korean Literature Now, o periódico literário publicado pelo Instituto de Tradução Literária da Coreia (LTI Korea)

A Graywolf Press planeja publicar ainda no próximo ano The Impossible Fairy, um romance de Yu-Joo Han sobre estudantes do ensino primário que criam uma sociedade hierárquica destruidora de almas. Este será o primeiro lançamento de literatura coreana traduzida pela companhia.

A renovação da revista ocorre “em tempos nos quais a literatura coreana está recebendo uma atenção sem precedentes do mundo” após a premiação da obra de Han Kang no Man Booker International Prize em maio, de acordo com Chan-Woo Park, diretor administrativo da LTI Press.

O objetivo da renovação, processo que começou em janeiro, é examinar a literatura coreana “do ponto-de-vista daqueles que atuam no cenário literário global,” disse Chan-Woo. O projeto também é acompanhado pelo apoio da Lei de Promoção da Literatura autorizado este mês, o qual permite que o LTI da Coreia tenha embasamento legal para promover a literatura coreana no exterior, adicionou Chan-Woo.

A revista trimestral irá produzir diversos gêneros e trabalhos de literatura coreana traduzidos para o inglês em edições futuras.

Um trecho da tradução ao inglês de “The White Book”, o novo livro da escritora Kang Han, premiada pelo Man Booker International Prize, está incluido na Korean Literature Now (LTI Korea).
Um trecho da tradução ao inglês de “The White Book”, o novo livro da escritora Han Kang, premiada pelo Man Booker International Prize, está incluido na Korean Literature Now (LTI Korea).

Um trecho da tradução para o inglês de The White Book, o novo livro da escritora Han Kang, premiada pelo Man Booker International Prize, está incluido na Korean Literature Now (LTI Korea).

Um trecho da tradução para o inglês, produzida por Deborah Smith, desta obra Kang Han, anteriormente intitulado “An Elegy of Whiteness”, é apresentado na atual edição da revista. O lançamento da tradução está planejado para ser feita pela Portobello Book no Reino Unido no próximo ano.

Deborah Smith, co-vencedora do Man booker International Prize devido a obra de Kang, The Vegetarian, contribuiu na revista com uma resenha intitulada: The Globalization of Korean Literature and the Status Quo, para a edição de verão da Korean Literature Now.

Entre os colaboradores estão o escritor americano-coreano Krys Lee, que discutiu as conquistas da literatura coreana e do papel do LTI da Coreia, e o tradutor britânico Daniel Hahn, que aborda o relacionamento entre o Brexit e o poder da tradução literária para evocar empatia.

Trabalhos de Aurelie Julia, critica literária e editora francesa da revista literária Revue des Deux Mondes, o autor Michael David Lukas e Steph Cha, um escritor americano-coreano de suspense investigativo, também estão presentes.

A revista está disponível em formato de capa dura e online em www.koreanliteraturenow.com.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.