Série original Apple TV+ alavancou vendas do livro homônimo que inspirou produção. Imagem: Reprodução/Apple TV+

A crescente popularidade do drama “Pachinko”, lançado pela Apple TV+ em março, tem contribuído para o aumento das vendas na Coreia do Sul da versão coreana do livro que deu origem à história.

A tradução de “Pachinko”, publicada em Março de 2018 pela editora local Literature & Thought, subiu do 97º lugar para o 6º lugar na lista semanal de best-sellers na quarta semana de Março, pelo Kyobo Book Center — maior cadeia de livrarias da Coreia do Sul. O primeiro episódio da série original da Apple TV+ foi lançado a 25 de março.

Na tabela semanal referente à primeira semana de abril, o romance subiu uma posição e ficou em quinto lugar.

Drama 'Pachinko' que estreou pela Apple TV+ impulsiona vendas do romance original
Capa da tradução coreana do livro “Pachinko” e Poster da série original homônima da Apple TV+
Imagem: Reprodução/Literature & Thought/Apple TV+

De acordo com Yes24, uma livraria online local, “Pachinko” ficou no top 10 do seu gráfico semanal de mais vendidos da quarta semana de março e tem estado no topo da lista durante duas semanas seguidas.

Baseado no romance homônimo da coreana-americana Min Jin Lee, “Pachinko” retrata a vida de uma mulher coreana, chamada Sunja, nascida de uma família pobre em Busan no início dos anos 1900. O domínio colonial japonês de 1910-1945 a obriga a se mudar para o Japão, onde ela e a sua família têm de passar por uma vida dura, mesmo depois da Segunda Guerra Mundial.

Estrelada pela atriz Youn Yuh-jung, vencedora de um Oscar, e pelo ator Lee Min-ho, a série de oito episódios recebeu diversas opiniões de críticos e espectadores de todo o mundo.

Disclaimer

As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.