“Certa manhã, o jovem Yu-jin acorda com um estranho cheiro metálico e uma ligação perdida de seu irmão. Enxerga, do final da escada do duplex em que vive, o corpo de sua mãe, em meio a uma poça de sangue. Ele não consegue lembrar muito sobre a noite passada: tudo o que ele tem é uma vaga impressão de sua mãe ter chamado seu nome”

Essa sinopse pertence ao livro da sul-coreana Jeong You-jeong, publicado pela primeira vez aqui no Brasil através da TAG Inéditos.

Sobre a Autora

Imagem: Korean literature now

Nascida em 1966, Jeong You-jeong trabalhou por 5 anos como enfermeira e 9 anos em uma companhia de seguros de saúde o que permitiu que ela colocasse suas experiências nas histórias de uma forma bem realista.

A autora já possui 4 romances publicados:

2009 – Shoot me in the heart (내 심장을 쏴라), adaptado para o cinema, conta a história de dois jovens tentando escapar de um hospital psiquiátrico;

2011Seven years of darkness (7년의 밤), também adaptado para o cinema e considerado um dos melhores romances policiais de 2015, fala sobre um pai que foi forçado a se tornar um assassino, e um menino que cresce como o filho do assassino;

2013 28 é um livro de ficção que fala sobre uma epidemia e suas consequências para a humanidade.

종의 기원 – O Bom Filho

Imagem: Arquivo pessoal

Já o livro O Bom Filho (종의 기원) fala sobre a origem do mal no ser humano.

Nesse best-seller internacional, a autora nos transporta para a mente perturbada de Yu-jin, um jovem estudante de direito diagnosticado com epilepsia.

Assim que descobre o corpo de sua mãe tudo se torna uma corrida contra o tempo e várias perguntas precisam ser respondidas. As suspeitas são muitas – o que aconteceu na noite anterior? Quem seria capaz de matar sua mãe? Por que suas roupas estão encharcadas de sangue? Com quem sua mãe se encontrou na noite anterior? E quais os segredos que ela estava guardando?

À medida que Yu-jin vai encontrando as respostas nós somos introduzidos a uma outra perspectiva, uma muito mais sombria e perigosa.

Com um enredo que incomoda e nos faz questionar a essência do mal, Jeong You-jeong chamou a atenção da comunidade literária recebendo vários elogios e está sendo chamada de “a resposta coreana de Stephen King” – o grande escritor de mistérios norte-americano.

Veja abaixo a entrevista da autora para o Instituto Coreano de Tradução Literária, com legendas em inglês.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.