Antes dos webtoons introduzirem os quadrinhos no formato digital na Coreia, as crianças costumavam consumir muitos quadrinhos impressos.

Vários desses títulos clássicos, agora esgotados, que chegaram às prateleiras para se tornarem best-sellers já na década de 1970, tiveram uma nova vida nos últimos meses, fazendo um retorno triunfante como webcomics (quadrinhos digitais).

A Korea Cartoonist Association (Associação Coreana de Cartunistas) anunciou na semana passada que seis títulos icônicos, que trazem de volta memórias para aqueles que eram ávidos jovens leitores de revistas em quadrinhos durante os anos 1970 e 1980, renasceram como webtoons em uma plataforma chamada Bufftoon, disponível até 29 de abril.

“Kkeobeongi”, “Malja’s March”, “Kkoljji and Hansim’s Trip Around the World”, “Ohseong and Haneum”, “Bbeondegi Baseball Team” e “Boy Luca from UFO” foram pioneiros em um gênero subestimado de quadrinhos apresentando a vida cotidiana dos protagonistas em simples ilustrações e diálogos espirituosos. Eles se tornaram sinônimo da era de ouro dos quadrinhos infantis na Coréia dos anos 1970.

“Estou cheio de emoção ao ver que esses personagens de 40 anos atrás podem atender o público da geração atual em sua forma original”, declarou Lee Jung-moon, cartunista de “Boy Luca from UFO”.

A associação acrescentou: “Esta será uma chance para aqueles em seus 40 e 50 anos de recordar memórias queridas de sua infância e para aqueles em seus 20 e 30 anos desfrutarem de novos conteúdos culturais que não experimentaram anteriormente”.

Outra série de quadrinhos que foi revivida como um webtoon é “Tell Me a Creepy Story!”

Webtoon se torna plataforma para reviver desenhos clássicos
The Korea Times

A série, que foi publicada pela primeira vez em 2002, consistia em 16 livros repletos de contos assustadores e lendas urbanas. Embora fossem livros do gênero horror, os enredos e ilustrações de cada episódio não eram gráficos nem explícitos, pois eram destinados principalmente ao público infantil.

12 desses livros foram ilustrados pelo cartunista Lee Dong-kyu e instantaneamente se tornaram o assunto da cidade no início dos anos 2000, especialmente entre os alunos do ensino fundamental e médio que cresceram lendo e discutindo as histórias com seus colegas.

A série popularizou histórias como “The Red Mask”, inspirada em uma lenda urbana japonesa sobre uma “mulher de boca cortada”, que cobre o rosto com uma máscara vermelha e pergunta a todos que encontra se ela é bonita.

Em agosto do ano passado, “Tell Me a Creepy Story!” renasceu como um Naver Webtoon depois de receber uma resposta positiva dos fãs, muitos dos quais agora são jovens adultos.

Como os livros originais estão esgotados, a série da web se tornou viral imediatamente, liderando a lista de webtoons de tendências da plataforma durante a semana de seu lançamento inicial.

Os episódios apresentados são aqueles que provaram ser os mais populares nos quadrinhos originais, com apenas alguns pequenos ajustes nos personagens e no cenário feitos pelo próprio Lee. Parte da diversão para os leitores é identificar as pequenas mudanças visuais e narrativas feitas na nova versão.

Webtoon se torna plataforma para reviver desenhos clássicos
Korea JoongAng Daily

“É incrível poder apresentar desenhos impressos publicados há duas décadas em formato webtoon, especialmente para membros do público que nasceram na década de 1990 e cresceram lendo”, afirmou Lee.

Disclaimer

As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.