A Semana de Moda de Seul aconteceu na penúltima semana de Março no Plaza Dongdaemun Design, no centro de Seul.

Apesar de não ser uma das “quatro grandes” capitais globais da moda, Seul também vê as tendências da moda em rápida mudança. O festival de moda bianual convida compradores internacionais, mídia e espectadores para Seul.

Desta vez, 33 marcas de moda veteranas e 20 marcas novatas apresentaram suas coleções para a próxima estação de outono-inverno, a primeira através da Seoul Collection e a segunda através da Generation Next.

Aqui estão alguns destaques da Seoul Collection.

CARUSO

Fonte: Seoul Design Foundation

O designer Chang Kwang-hyo nomeou sua coleção de “Grande Piatto”, que significa “prato grande” em italiano.

O designer se inspirou pela tendência de que mais homens estão aprendendo a cozinhar. Nesta coleção, Chang reinterpretou imagens de chefs, citando as similaridades e diferenças entre um chef e um designer de moda.

Foram mostradas criações detalhadas de aventais e estampas tipicamente encontradas em placas.

MOHO

Fonte: Seoul Design Foundation

O designer Lee Kyu-ho estudou o instinto protetor dos animais antes dele criar sua coleção “Animalite”.

Lee disse que humanos colonizaram a terra e roubaram pelos e peles de animais para sua beleza. Na sua coleção da Semana de Moda, ele criticou o uso de animais pelos humanos, questionando a linha entre a beleza e a crueldade.

Através de suas criações, Lee mostrou como os animais se protegem com suas peles e pelos. Um casaco com capuz de pele falsa representava a juba de leão, uma peça de couro falsa mostrava como as cobras se desprendiam de sua pele e uma jaqueta feita de braçadeiras sugeria os espinhos de um ouriço. Tecidos cintilantes representavam a pele protetora dos répteis.

SONGZIO HOMME

Fonte: Soul Design Foundation

Sob o tema “aspirações”, o designer Song Zio apresentou uma coleção colorida retratando as aspirações humanas em relação à ambição, beleza e amor.

Para expressar o tema, Song usou dois motivos: a febre das tulipas dos Países Baixos no século XVII, mostrando como o desejo de beleza é distorcido, e o filme “A Marca da Pantera” por sua representação erótica, mas temível, das aspirações de amor das pessoas.

A coleção, como sempre, começou com modelos vestindo criações em preto – a cor icônica da marca. Seguido por tons coloridos: vermelho, verde-menta, amarelo e muito mais.

COLEÇÃO MISS GEE

Fonte: Seoul Design Foundation

Trazendo energia festiva para a passarela, a Coleção Miss Gee foi inspirada nas viagens do designer Gee Chun-hee pela Índia e África.

Peças de assinatura da marca – calças largas e saias de ampulheta – enfeitaram a pista. As criações apresentavam elementos clássicos: padrões de lã, tweed e decorações de “espinha de peixe”.

Para transmitir a energia juvenil, o designer também usou tons de neon para destacar.

BEYOND CLOSET

Fonte: Seoul Design Foundation

A coleção na Semana de Moda da Beyond Closet foi uma prévia da Marinha, um novo selo que será lançado pelo designer Ko Tae-yong  neste ano.

Ko foi inspirado no modo como a marinha funciona, como uma cor básica e clássica no mundo da moda.

Camisetas listradas, óculos de sol e casacos o bico de âncoras adicionaram uma sensação marítima para a coleção.

O senso de humor de Ko veio através de roupas casuais, trazendo a imagem do Come-Come da “Vila Sésamo”.

A Fundação de Design de Seul apoia jovens designers com um a cinco anos de experiência, permitindo-lhes organizar desfiles de moda via Generation Next. Aqui estão algumas  marcas novatas a serem notadas.

MINU

MINU. Foto: Pinterest

O designer Cho Min-woo escolheu o tema “garotos na puberdade” para a sua coleção, celebrando o espírito rebelde e imaturo dos meninos em sua juventude.

Inspirado em como os jovens criam novos looks adicionando novos detalhes às suas roupas, o designer combinou diferentes tecidos para criar um visual esportivo.

SET SET SET

A coleção do designer Jang Yoon-kyung tinha um ar patriota, celebrando o centésimo aniversário do Movimento de 1 de março de 1919.

A coleção contou com a rosa de Saron, a flor nacional da Coreia, mostrando respeito aos mártires patrióticos do país.

Os vestidos e saias apresentavam fendas inspiradas nas cinco pétalas da rosa de Saron, e as vestes apresentavam capuzes largos lembrando a flor.

LEMETEQUE

Foto: Pinterest

Para a sua primeira coleção, o designer Park Seong-il se ateve ao que ele é bom: seda.
Todos os modelos usavam camisas de seda 100%, o item assinatura da Lemeteque.

Através de suas criações, Park mostrou pessoas de diversas profissões usando roupas de seda de diferentes maneiras – de looks de festa à fantasias teatrais.

As camisas de seda tinham um fluxo natural e também combinavam bem com roupas casuais. Um dos looks – uma camisa de seda combinada com um grande casaco – foi inspirado no filme de 1986 de Hong Kong “Alvo Duplo”.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.