Aseul, cujo nome verdadeiro é Lee Soo-jung, inicialmente se apresentava com o nome Yukari. Ela debutou em 2012 e foi gradualmente construindo seu som eletro-pop, inpirada pela Grimes e pela banda M83.

A artista que está em seu quarto show, lançou o EP “Asobi” no final de Julho, mais de dois anos desde o álbum completo “New Pop”. Asobi vem com faixas de destaque e vídeos acompanhando, nas canções “Fill Me Up”, “Sandcastles”, “Seoul Girl” e “Always With You”.

 

Para o festival Zangari, ela tocou esse álbum, interpretando seus vocais e batidas hipnotizantes enquanto sentava calmamente no palco e vocalizava no microfone, cercada por todos os seus equipamentos.

Zandari. Foto: Baek Joonahn

Aseul, tem uma vasta formação musical, mas seu processo criativo vem de suas próprias emoções. Suas letras de músicas são lidas como um diário, tendendo para um sentimento de existencialismo e perdas da vida moderna. Esses sentimentos emocionais junto com suas batidas eletro-pop contribuem para um som envolvente.

Além disso, junto com Neon Bunny e Uza, Aseul é uma das poucas mulheres ativas se apresentando no cenário coreano de música eletrônica. Com Neon Bunny, ela tem feito tours em Taiwan e as três artistas continuam trabalhando juntas e apoiando os projetos umas das outras.

Ela quer que as pessoas continuem descobrindo sua música e pensem “ah, tem esse tipo de artista”, diz ela, complementando: “Há muitos músicos indie na Coreia, mas é uma pena que muito não estão participando do Zandari. Seria ótimo se mais pessoas pudessem participar”.

“Asobi” foi masterizada pelo músico americano, Brannon McLeod, na Gravadora Dramaface e ele fez participação na guitarra nos singles “Sandcastles” e “Room”. Além disso, depois de um convite público para os remixes do álbum, o artista argentino, Ouji pegou “Saram” e criou uma nova faixa. No geral, Aseul disse que ela atrai mais fãs internacionais do que locais.

Durante minhas apresentações parecem ter mais estrangeiros do que coreanos. Relativamente falando, depois das apresentações, são a maioria de estrangeiros que dizem ‘Eu quero comprar seu CD’ ou ‘Eu curti sua apresentação’”.

Em setembro, Aseul fez três mini-shows na turnê de Xangai para divulgar “Asobi”. Depois de tocar em shows promocionais, ela planeja lançar mais singles individuais, assim manterá o ritmo e fechará a lacuna que cresceu entre seus álbuns, construindo sua base de fãs local e internacional.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.