Mesmo antes do termo K-pop entrar para o dicionário da cultura pop mundial no meio da década de 2000, o cenário da música na Coreia do Sul já era movimentado.

Durante as décadas de 1980 e 1990, a música pop coreana, na época (e até os dias de hoje) popularmente chamada de gayo dentro do país, era muito influenciada pelas músicas populares americanas e japonesas, e dominada pelos estilos ballad e dance. Naquela época, sem a internet, os álbuns mais famosos vendiam milhões de cópias, número muito maior que nos dias de hoje.

Com o surgimento da internet, as fronteiras da música coreana se expandiram, e ela foi difundida por todo o mundo. Toda essa nova exposição contribuiu para que vários heróis esquecidos do gayo de 80 e 90 voltassem para o cenário musical, tentando novamente a fama.

A última volta anunciada foi a da dupla Clon. No final do último mês, Kang Won-Rae anunciou em seu facebook oficial que estava produzindo um novo álbum, junto com seu parceiro Koo Joon-Yup. “Nós não temos certeza se será apenas um single digital ou um álbum especial de aniversário. Será lançado no final de junho”, escreve Won-Rae, que completou dizendo que a dupla está trabalhando em conjunto com o produtor Kim Chang-Hwan no projeto.

Dupla Clon, que fez seu debut em 1996. Foto: Yonhap
Dupla Clon, que fez seu debut em 1996. Foto: Yonhap

O Clon debutou em 1996, mas teve que fazer uma pausa depois que Won-Rae sofreu um acidente e ficou paralisado da cintura para baixo, em 2000. Durante esse tempo, Joon-Yup se apresentava como artista solo. Depois dessa parada, a dupla ainda lançou em 2005 o álbum Victory.

Park Nam-Jung era popular no começo da década de 90, e lançou no último mês um novo single, Go Far Away, voltando a lançar uma música depois de 13 anos. O cantor de 51 anos, que se tornou famoso com os hits Oh Wind, e Crash-Landing of Love, além de seus populares movimentos de dança versáteis, irá lançar mais um álbum completo este mês.

Cantor Park Nam-Jung se preparando para comeback, após 13 anos de pausa. Foto: Yonhap
Cantor Park Nam-Jung se preparando para comeback, após 13 anos de pausa. Foto: Yonhap

Lee Sang-Won, ex-integrante do trio Sobangcha (caminhão de bombeiros, em português), lançou um novo álbum, após 10 anos de hiato, em abril. A última música lançada por ele até então era Romance (2007). “Eu resolvi voltar às gravações porque eu gostaria de deixar uma marca. Eu dei o meu melhor, para que não haja arrependimentos, mesmo que seja meu último trabalho”, conta. O grupo feminino Tweety contribuiu na produção da música e outras celebridades como Kim Heung-Gook e Yoon Jung-Soo fizeram aparições no videoclipe da música.

Kim Wan-Sun, que costumava ser um ícone da dança sensual também lançou uma música nova, chamada It’s You, junto a uma coletânea de três CDs, com antigos hits. A cantora é agora mais conhecida como uma celebridade da televisão, e fez até um concerto solo, o primeiro em 30 anos de carreira.

Cantora Kim Wan-Sun, que debutou em 1986, aos 17 anos. Foto: Yonhap
Cantora Kim Wan-Sun, que debutou em 1986, aos 17 anos, numa foto atual. Foto: Yonhap

Artistas da década de 90 famosos pelo estilo ballad também estão voltando com canções novas. Kim Kwang-Jin, do grupo The Classic lançou duas músicas – Wisdom, e Baedari – em abril e pretende fazer um show no fim deste mês.

Won Mi-Yeon, da conhecida Farewell Trip, também lançou seu primeiro álbum em oito anos, Shout, que contou com a colaboração do escritor Lee Kyung-Seob. A cantora, que debutou em 1989, mesmo sem novos lançamentos permaneceu sob os olhos do público, com aparições na televisão, e seu próprio programa de rádio.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.