Quanto mais melhor: essa é a vida de Banzz.

Para este YouTuber de 28 anos, o “mais” se trata do fato de que ele come mais do que praticamente qualquer pessoa, e que seu número de seguidores cresce mais a cada dia.

º¥Âê ¸Ô¹æ½ºÅ¸ ÀÎÅͺä. Park Hyun Koo/ 2018.08.21

 

Banzz tem um “meokbang”, que pode ser traduzido para “show gastronômico” em português que é uma forma de entretenimento onde o apresentador conversa com os espectadores enquanto come em frente à câmera, muitas vezes ao vivo.

Sendo mais alto do que aparenta pela tela, Banzz passa um ar de educado e reservado, mas abriu sua vida, em entrevista ao Korea Herald.

Como um dos percursores que popularizou a palavra “meokbang” em todo o mundo, atualmente ele é sem dúvidas, o mais popular em seu nicho.

Ele consegue ingerir 17 tigelas de jjajangmyeon, 11 cachorros-quentes ou 10 pacotes de ramen instantâneo com arroz adicionado como se fosse nada.

20180830000767_0

Porém ele não se força a isso, que o faz se destacar.

Eu não gosto de me sentir muito cheio. Eu como o máximo que posso suportar”, disse o criador de conteúdo ao Korea Herald no DIA TV Studio em Gangnam, sul de Seul. Ele é um dos principais criadores e parceiros da DIA TV da CJ ENM, uma agência para criadores de conteúdo.

Ficando mais à vontade enquanto a entrevista prosseguia, ele sorria enquanto contava piadas inesperadas aqui e ali, Banzz disse que ele sempre foi firme sobre o que ele poderia e não poderia fazer. Por exemplo, ele não come mais do que consegue, apenas porque os espectadores pedem para ele.

Não há fim para o que as pessoas pedem. Se eu comer mais um ramen, eles me pedirão para comer dois, três ou quatro mais”, disse ele. “Passar além dos meus limites acabaria fazendo com que meus vídeos parecessem forçados, o que por sua vez seria um desserviço para meus seguidores” disse ele.

Apesar de comer bastante, Banzz está longe de estar fora de forma. Seu corpo com músculos e magro, não aparenta ter nenhuma gordura extra. O segredo são suas extensas sessões de treino, que acontecem duas ou três vezes por dia. Ele trabalha 10 horas em média, sendo uma prova de como ele leva a sério seu trabalho.

Eu sempre gostei de me exercitar“, disse Banzz. “Afinal de contas, o exercício está em meu sangue, já que eu era um jogador profissional de arremesso de peso e judô em meus dias de escola. Mas também é um ato de sobrevivência“.

Enquanto a maioria das pessoas malha para relaxar após um dia de trabalho, Banzz malha para poder fazer o que ama. “Para mim, o exercício está funcionando. Fazer um show ao vivo é como aproveitar meu tempo depois do trabalho”, disse ele. “Eu me exercito para comer.

Estar tão em forma também deu origem a mal-entendidos. Ele já sofreu rumores de ter bulimia, com alguns telespectadores acusando-o de vomitar de propósito após deixar seu assento por alguns minutos durante um show ao vivo. Desde então, ele nunca sai do seu lugar até que a transmissão esteja terminada.

Também é parte da razão pela qual eu decidi estrelar ‘LAN Cable Life’ no JTBC, para me mostrar mais, incluindo meus treinos“, disse ele, referindo-se ao seu mais recente projeto de TV, que apresenta criadores de conteúdo nos bastidores.

Juntar-se ao programa o ajudou a se tornar um dos principais artistas da cultura pop coreana, um salto em sua carreira que talvez pareça indesejável para os espectadores fiéis, que gostam da “intimidade” das mídias sociais. Banzz é de fato um dos maiores palyers do setor, com quase 2,8 milhões de seguidores e cerca de 500 milhões de visualizações.

A estrela de “meokbang” também é uma empresa ambulante. Ele tem 14 funcionários trabalhando para seu negócio de upload de vídeo e suplementos dietéticos. Ele registrou uma média de lucro incluindo anúncios e vendas de produtos, de cerca de 1 bilhão de won (US$ 900.000).

As pessoas ao meu redor estão dizendo: ‘Você escolheu o caminho certo. Mas isso nem sempre foi assimComecei com dois espectadores“, disse ele. Ele começou a comer em frente à câmera em maio de 2013 como treino para uma entrevista universitária. Se comparado com agora, ele não era muito falante na época.

Mas eu estava confiante em comer. É de família comer muito também”, disse ele. Para cobrir as despesas do show, ele teve que fazer todos os tipos de trabalhos de meio período, trabalhando em um canteiro de obras e fazendo entregas.

Conforme eu fui fazendo mais shows ao vivo, mais espectadores se juntaram ao meu canal. Havia pessoas que até mesmo esperavam por mim”, contou ele. “Pensando nessas pessoas, eu ficava animado para o próximo show também.”

Sua recente ascensão ao estrelato não abalou a maioria de seus seguidores, pois estes o  animam e o ajudam a permanecer com os pés no chão, segundo ele.

Aqui você confere o video feito para o Korea Herald:

Banzz deve seu sucesso a mais do que simplesmente comer muito: ele é bom falando, é modesto, e leva seus haters com bom humor, além de ser incrivelmente limpo.

Eu finjo que estou comendo na casa de um amigo, que mora com os pais“, disse a estrela da mídia social. “Quando visitamos a casa de nossos amigos, podemos estar descontraídos no quarto dele. Mas quando os pais nos chamam para jantar, nos tornamos educados. Não julgamos ou reclamamos, apreciamos a refeição que nos oferecem

Ele agradeceu a seus pais pôr o educarem assim. “Meus pais eram muito rigorosos sobre ser educado. Eles eram amigáveis e calorosos, mas quando se tratava de polidez, eles eram realmente rigorosos”, disse ele.

Banzz tem um cronograma apertado. Ele dorme apenas duas a três horas por dia, em média, para se exercitar, comparecer a reuniões de negócios e realizar um show ao vivo todos os dias.  Mesmo sendo assim tão corrida sua rotina, ele diz que nunca desistiria de seu show ao vivo.

A transmissão ao vivo continua me lembrando como era no começo“, disse ele. “Não se trata apenas de comer. É sobre conversar diretamente. Eu me adapto aos meus espectadores e suas necessidades. Eu posso ter começado simplesmente comendo, mas agora existe essa ligação entre mim e meus espectadores.”

Quanto aos seus planos futuros, Banzz disse que quer ser uma “boa pessoa”. Esse objetivo pode parecer ingênuo, mas ele claramente sabe o que quer com isso.

Se meus espectadores gostarem de mim pelo que sou, eles me apoiarão no que eu fizer. Quando gostamos de um amigo, tendemos a ser tolerantes com a pessoa”, disse Banzz. “É a mesma coisa. Se os espectadores gostarem de mim, eles vão gostar do que eu faço.”


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.