TO GO WITH AFP STORY Entertainment-SKorea-Internet-webtoon, FEATURES by JUNG Ha-Won This picture taken on October 19, 2015 shows a South Korean webtoon artist Seok-Woo working at his office in Bucheon, west of Seoul. He is one of a growing ranks of "webtoon" artists creating Internet-based comics that are gaining popularity in South Korea and abroad. AFP PHOTO / JUNG YEON-JE

As ‘webtoons‘ coreanas (histórias em quadrinhos publicadas online) tornaram-se base para muitos dramas coreanos de sucesso como: “Cheese In The Trap” (2016), “The Girl Who Sees Smells” (2015) e “Missaeng” (2014).

Temas ricos e comentários atuais sobre questões da sociedade coreana atual como desemprego e preconceito, fazem com que as webtoons sejam lidas por 10 milhões de pessoas em um país que tem 50 milhões de habitantes, de acordo com um relatório publicado pela Agência de Conteúdo Criativo da Coreia (Kocca) no dia 3 deste mês.

O relatório analisa também os dados relativos à indústria de desenhos e histórias em quadrinhos estrangeiras e sugere que as histórias em quadrinhos publicadas em papel, os chamados “Manhwas” sejam exportadas assim como as webtoons.

WEBTOONS 1

Enquanto as exportações são um fator essencial para a expansão do mercado das webtoons, muitas das séries coreanas do gênero experimentam baixa popularidade no exterior pelas especificidades culturais contidas nas histórias, de acordo com o relatório.

Os Mangás Japoneses conseguem expandir sua presença em vários campos como: animação, jogos, e merchandising“, diz o relatório. “No entanto, as características culturais das webtoons coreanas são tão fortes que é difícil ganhar popularidade no mercado estrangeiro.”

O relatório citou o exemplo do drama “Misaeng“, a história de trabalhadores que são novatos em seu escritório que experimentou sucesso nacional em 2014 e arrecadou aproximadamente 10 bilhões de wons em lucros.

O drama foi exportado para seis países incluindo China, Estados Unidos e Hong Kong. A competição e o ambiente de trabalho moderno e a escassez de empregos na Coreia não repercutiu na China da mesma forma que repercutiu na Coreia do Sul, pontua o relatório.

A série de webtoon “Along With The Gods“, do autor Joo Ho-min que foi recentemente adaptada para o cinema num filme estrelado pelo ator Ha Jung-woo, lida com a visão coreana de morte e vida após a morte.

WEBTOONS 2

O relatório recomendou que os autores de webtoons coreanas criem histórias que envolvam questões globais e que os gêneros sejam expandidos e cita exemplos como: super-heróis, fantasia e contos de fadas. Paradoxalmente, no entanto, as especificidades culturais são essenciais para que as histórias continuem populares na Coreia.

Uma das razões pelas quais os coreanos gostam das webtoons é que os quadrinhos online muitas vezes refletem situações do cotidiano diário dos leitores de acordo com o relatório intitulado: “Webtoons: O novo ícone da cultura popular” publicado pelo Instituto LG de pesquisa em Janeiro de 2016.

A diferenciação e localização também são pontos chave, dizem outros relatórios publicados. A produtora líder de distribuição de webtoons, a Lezhin Entertainment expandiu o seu alcance para os mercados Japonês e Americano em 2015.

A Top Comics começou a oferecer serviços em Taiwan e no Japão em 2015, e também iniciou a exportação para a França no ano passado.

As diferentes histórias em quadrinhos experimentam níveis de popularidade diferentes em cada país, de acordo com as estatísticas divulgadas pela Lezhin Entertainment no ano passado. Os leitores coreanos preferem histórias de amor na época da faculdade, enquanto a narrativa de um jovem paciente com câncer em estágio terminal foi a mais lida no Japão. Leitores nos Estados Unidos preferem os romances que tem como pano de fundo o ensino médio.

“Nós planejamos lançar conteúdos que tenham foco nas características que os leitores mais se interessam em cada país“, disse Han Hee-sung, presidente da Lezhin Entertainment.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



2 COMENTÁRIOS

  1. Massa! Vou começar a ler uns para recomendar também. Amo ler, então é uma boa opção para os amantes da leitura e da cultura coreana. Você arrasa nos textos amiga!

    • Oi Ju!
      É realmente uma ótima opção de leitura para aqueles que amam a cultura coreana!
      Mal posso esperar pelas indicações!
      Beijo! :*

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.