Mais uma vez, o BTS está de volta com outro álbum provocador que nos fez repetir e analisar com fervor cada foto conceitual, música e videoclipe. Desde o início, o septeto adquiriu o hábito de nutrir sua música com letras ricas e profundas que fazem referência a diferentes formas de arte, sendo a literatura sua maior musa. Seus conceitos não apenas fazem os fãs caçarem por teorias de conspiração toda vez, mas também nos incentivam a sermos mais cultos, chamando a atenção para vários tópicos intelectuais.

Combinando aprendizado e lazer, aqui está uma seleção de música do BTS que foram fortemente inspiradas em obras literárias.

1. “Butterfly” – “Kafka On The Shore” by Haruki Murakami

A letras de “Butterfly” reflete muito um dos dois plots que compõe Kafka On The Shore, de Murakami, que envolve um garoto de 15 anos que foge para escapar de seu destino. Além disso, RM faz referência direta à história em três versos da música: “Eu não sei se isso é realidade ou sonho, meu ‘Kafka on the shore’, não vá para aqueles bosques logo ali“.

2. “Blood, Sweat & Tears” – “Demian” by Hermann Hesse

Como testemunhamos em alguns curtas-metragens, o segundo álbum de estúdio dos meninos, “Wings”, foi totalmente baseado no “Demian”, do autor Hermann Hesse. Referências em forma de citações e cenas sobre reinos, tentações e muitos outros tópicos da história de maioridade, foi vividamente retratada no MV “Blood, Sweat & Tears”, despertando assim nosso interesse e alimentando nossa curiosidade em relação à intrigante história.

3. “Spring Day” – “The Ones Who Walk Away from Omelas” by Ursula K. Le Guin

Desde que começamos a saborear a literatura nas músicas do BTS, seria uma questão de tempo até que mais livros aparecessem em produções futuras. O letreiro “Omelas” que aparece no MV de “Spring Day” nos fez associar a uma curta obra ficcional filosófica, na qual o estado de serenidade de uma cidade depende da miséria de uma única criança, o que faz com que seus cidadãos a abandonem quando ficam cientes da situação. Da mesma forma, podemos ver partes desse conto revelando-se ao longo do clipe, com rumores de que Jungkook era a criança.

4. “Serendipity” – “Flower” by the late Kim Chunsu

Essa obra-prima poética certamente teve a popularidade que merecia ao longo dos anos, e foi trazida de volta a vida por uma intro do Jimin. A principal referência está no desejo de que alguém se torne a flor de outra pessoa, o que reflete o desejo de validar a sua existência aos olhos de seus entes queridos.

5. “Pied Piper” – “The Pied Piper Of Hamelin” from German folklore

Sendo escrita exclusivamente para os fãs, essa música certamente fez muitos corações se encherem de alegria! Mas a letra descrevia a dedicação das ARMYs de uma maneira engraçada, na qual o BTS compara a devoção do seu fandom ao feitiço sob o qual os filhos de Hamelin se submetiam quando o flautista tocava seu instrumento.

6. “Sea” – “1Q84” by Haruki Murakami

Murakami x BTS ataca novamente! Talvez a inspiração mais proeminente aqui seja o fato de as letras de “Sea” pintarem um mundo que é ideal para o BTS, enquanto sugerem vagamente alguns lugares presentes no universo do romance distópico. A faixa oculta também apresenta uma linha que vem diretamente do livro: “Onde quer que haja esperança, há um caminho“.

7. “Magic Shop” – “Into The Magic Shop” by James R. Doty

Desta vez, a criatividade do BTS veio de uma experiência de segunda mão: “A busca de um neurocirurgião para descobrir os mistérios do cérebro e os segredos do coração” é o título completo da autobiografia do Dr. Doty, na qual ele introduz uma loja de mágica que nos permitiria fazer mudanças fundamentais em nossas vidas, começando com nossos cérebros e corações. Seguindo seus passos, os meninos lançaram uma música na qual se consideram a loja de magia dos ARMYs, onde confortam e incentivam a trabalhar para se tornarem as melhores versões de si mesmos.

8. “Anpanman” – “Anpanman” by Takashi Yanase

Embora um pouco diferente dos outros livros desta lista, vamos admitir, esse hit em particular trouxe de volta muitas lembranças da infância dos ARMYs coreanos! Melhor ainda, “Anpanman” é uma adaptação literal da famosa história em quadrinhos de super-heróis com o mesmo nome, que mais tarde se transformou em um anime. Das letras edificantes à divertida coreografia, o herói vive por toda a música, para nosso deleite!

9. “Persona” – “Jung’s Map Of The Soul: An Introduction” by Dr. Murray Stein

O trabalho mais recente do BTS introduziu mais um livro que levou os ARMYs a devorá-lo no minuto em que o nome do novo lançamento foi anunciado. Ao longo deste livro de auto-ajuda, eles conheceram os muitos elementos que compõem o mapa da alma de Carl Jung. Durante esse retorno, RM assumiu o cargo de apresentar o álbum como “Persona”, que destacava os componentes da psique ao longo da letra e do visual. Tenha certeza de fazer pausas e analisar com atenção os muitos detalhes presentes, enquanto assiste ao MV abaixo, para obter mais informações!

QUAL MÚSICA DO BTS DESSA LISTA TE REPRESENTA MAIS? COMPARTILHE ABAIXO NOS COMENTÁRIOS!


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.