Via: Dazed Digital

Dazed é uma revista bimestral britânica fundada em 1991 que defende a moda radical e a cultura jovem, que reúne escritores, estilistas e criadores à imagem da próxima geração. A plataforma online da Dazed, dazeddigital.com, onde a cultura pop se encontra com o underground, atinge uma comunidade sempre crescente e leal de formadores de opinião globais. A Dazzed 100 elege as figuras mais proeminentes deste universo todos os anos.

Holland venceu o Dazed 100 ano passado, como representante de uma nova era queer no K-pop e no mundo da música em geral. A primeira estrela do K-pop abertamente gay continua a pressionar pela inclusão, com em sua última música e vídeo “Nar_C”.

A música vem do novo EP auto-intitulado de Holland, lançado no final de março. “Nar_C” é impulsionada pela batida animada, inspirando-se nos ambiciosos ritmos e produções de house e disco, enquanto Holland canta uma letra repleta de dor e emoção. “Nunca voltando ao país das maravilhas”, ele canta, oscilando de coreano para inglês. “Mentira ou verdade apenas fantasia.”

O sonhador vídeo em tom pastel mostra os altos e baixos do amor, quando Holland se apaixona e acaba se separando de outro homem. O músico já havia provocado o enredo no Twitter, dando aos fãs mais detalhes sobre o passado do casal.

“Holland sensível e delicado. Jaeseok espontâneo e impulsivo ”, escreveu ele. “Com o tempo, eles se acostumaram, brigaram por causa das coisas. De tempos em tempos, Holland se via em Jaeseok. Depois de brigar, Jaeseok sempre trazia um narciso amarelo como desculpa. Um dia, eles tiveram uma grande discussão sobre um pequeno problema. Eles não podiam conter suas emoções. Jaeseok foi embora. Holland foi deixado em casa sozinho. Às vezes ele abre a porta, mas Jaeseok nunca volta. Holland sai segurando um narciso amarelo.”

Esta representação realista de uma relação do mesmo sexo é revolucionária na cena musical sul-coreana, onde a homossexualidade permanece um tabu. Holland faz parte de um pequeno grupo de artistas LGBTQ na Coreia, que inclui a cantora homossexual MRSHLL, a apresentadora de TV Hong Seokcheon e a cantora e atriz trans Harisu. Ele foi rejeitado pelas principais empresas de entretenimento do K-pop depois de escolher ser franco sobre sua sexualidade.

Via: Gramha

Mas o cantor continua determinado a retratar a identidade LGBTQ em sua música, com este vídeo gentil seguindo a censura do desafiante single de 2018, “I’m Not Afraid”, que foi classificado como R no YouTube.

Holland expressou sua frustração com a discriminação da sociedade contra a comunidade LGBTQ em seu single de estréia, “Neverland”, cantando sobre seu sonho de encontrar um lugar onde ele possa estar livremente com quem ele quiser amar. O vídeo inovador foi avaliado em 19+ por apresentar um beijo entre pessoas do mesmo sexo. Apesar disso, “Neverland” ganhou mais de um milhão de visualizações em suas primeiras 24 horas de lançamento, e foi assistido mais de 11 milhões de vezes até o momento, com uma resposta amplamente positiva.

Em uma entrevista em vídeo com a Dazed, Holland falou sobre suas experiências amadurecendo em um país onde sua sexualidade não é respeitada, e como ele não tinha músicos gays para olhar como modelos. “Embora naquela época não houvesse um único modelo a ser observado na Coreia, fui muito consolado por celebridades estrangeiras”disse ele. “Então eu pensei: ‘Eu quero ser uma pessoa famosa como eles’ … estou trabalhando mais, porque quero ser uma pessoa especial também para meus fãs.”

Assista ao lindo e comovente vídeo de Holland, “Nar_C,” abaixo.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.