O grupo sul-coreano BTS gera mais de 3.6 bilhões de dólares para a economia da Coreia do Sul todo ano – o equivalente à contribuição de 26 empresas de médio porte, de acordo com pesquisa realizada por um instituto recentemente.

Os cantores também são a razão pela qual um em cada 13 turistas estrangeiros visitou a Coreia do Sul em 2017, segundo o Instituto de Pesquisa da Hyundai.

Conhecidos por sua boa aparência e movimentos de dança meticulosamente coreografados, o BTS – abreviação de Bangtan Sonyeondan, que se traduz como Bulletproof Boy Scouts (meninos a prova de balas) – se tornou uma das mais conhecidas e valiosas exportações musicais da Coreia do Sul.

 

No início deste ano, o grupo se tornou a primeira banda de K-pop a liderar as paradas de álbuns dos Estados Unidos, um sinal do crescente apelo global do gênero. Esse apelo ajudou a impulsionar a imagem dos produtos sul-coreanos no exterior, disse o instituto, tornando a BTS um valioso ativo econômico.

Os pesquisadores estimaram o efeito da produção anual do grupo, isto é, o valor econômico total gerado pelas indústrias relacionadas, em 4,1 trilhões de wons (US$ 3,63 bilhões) por ano, o mesmo que 26 empresas sul-coreanas de médio porte.

Acredita-se que cerca de 800 mil turistas tenham escolhido a Coreia do Sul como seu destino no ano passado por causa do grupo BTS – mais de 7% do total de visitantes do país.

Além disso, mais de US$ 1 bilhão dos produtos exportados, como roupas, cosméticos e alimentos, foram associados a eles, disse o instituto.

Se BTS mantiver sua popularidade, espera-se que gerem um valor econômico de 41,8 trilhões de won nos próximos 10 anos, acrescentou o instituto.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.