Primeiramente, os ingressos para o show na Movistar Arena esgotaram-se em horas. Então veio a realização de um segundo concerto para satisfazer o apetite enorme dos fãs de K-pop. E agora, a organização por trás da ida do BTS ao Chile, promete a instalação do maior palco já visto nas terras do Parque O’Higgins.
A Movistar Arena
A Movistar Arena
A construção vai da pirotecnia a tecnologia, além de alguns detalhes que farão o público se sentir maisperto de seus ídolos. “Este é o maior palco que foi montado na Movistar Arena, e este é o primeiro desafio. Há muitos recursos tecnológicos que queremos replicar no Chile, por isso ficamos nas duas apresentações em Seul e acho que podemos replicar o mesmo em pelo menos 90%“, disse Francisco Bas, produtor geral da NoiX.
A estrutura terá três pistas e um palco B será colocado no centro do local, e cerca de 30 metros de telas que cobrem todo o palco. 250 máquinas e 400 fogos de artifício são esperados nos dias 11 e 12 de março, na capital do Chile.
Palco do The Wings Tour, em Seul. Imagem: Big Hit Entertainment.
É um show de estádio, mas em uma arena. É um grande desafio realizar este show com 100% de produção local, sem trazer qualquer coisa de Coreia. Ao contrário de shows de outros grandes artistas, torna-se muito difícil, demorado e caro trazer itens da Ásia. Principalmente se considerarmos que eles só farão quatro participações em duas cidades na América do Sul“, disse Bas.
Devido a isso, a produção nacional ficou mais do que uma semana na Coreia do Sul para recriar o cenário preparado no Gocheok Skydome Seoul, para o inicio da “2017 BTS LIVE TRILOGY EPISODE III: THE WINGS TOUR“.
“O BTS é o grupo de K-pop do momento, seus integrantes compõem as músicas e se destacam em sua coreografia! Dois anos atrás eles venderam apenas metade da Movistar Arena e agora esgotaram dois dias de show no mesmo lugar, dentro de algumas horas. Este concerto será um luxo e queremos que ele seja uma experiência muito semelhante ao que se pode vivenciar na Coreia“, disse Gonzalo Garcia, CEO da NoiX.
BTS se apresentando na The Wings Tour em Seul. Imagem: Big Hit Entertainment.

Jin, Suga, J-Hope, Rap Monster, Jimin, V e Jungkook vão chegar com uma equipe de 60 pessoas, entre elas cinco estilistas, oito dançarinos, toda a equipe de produção técnica, diretor de câmera, engenheiro de som, equipe de pirotecnia e efeitos especiais.

Estes dois concertos serão sua primeira parada estrangeira na turnê mundial, que irá, em seguida, levá-los para o Brasil, Estados Unidos, Tailândia, Indonésia, Filipinas, Hong Kong e Austrália.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.