O número de fãs globais da “hallyu” ou onda coreana, ultrapassou os 89 milhões em 113 países, informa uma fundação afiliada ao governo coreano.

Dados sobre a hallyu de 2018, da Fundação Coreana  revelaram que há uma estimativa de 89,19 milhões de fãs da cultura coreana em todo o mundo. Um aumento de 22% em relação aos 73,12 milhões de fãs estimados em 2017.

A fundação afirma que o salto do ano passado foi em grande parte devido à popularidade do grupo coreano BTS.

O BTS alcançou um estrelato sem precedentes nos EUA, reacendendo a hallyu. O grupo liderou a lista de álbuns da Billboard 200 em 2018 e se tornou o primeiro grupo coreano a receber uma indicação ao Grammy.

Fãs Globais Da Onda Hallyu Ultrapassam Os 89 Milhões
Foto: sbs

Grupos e cantores que debutaram internacionalmente como BoA (2008), a primeira cantora solo sul-coreana a entrar na lista da Billboard, alcançando o primeiro lugar, PSY e seu grande sucesso “Gangnam Style” (2012), são alguns dos grandes artistas que tornaram a música pop coreana mais evidente ao redor do mundo, ganhando reconhecimento e favorecendo o surgimento de novos fã-clubes para diversos grupos de K-pop que foram surgindo ao passar dos anos.

Este aumento no número de fãs também é resultado da crescente acessibilidade de vários gêneros da cultura pop coreana, incluindo K-pop, K-beauty e K-food. Os dados também apontam que havia 1.183 fã-clubes em 113 países em todo o mundo, excluindo a Coreia, em dezembro de 2018. Os dramas e filmes coreanos também contribuíram muito com o aumento de fãs da onda coreana.

Fãs Globais Da Onda Hallyu Ultrapassam Os 89 Milhões
Cnblue como embaixadores da k-food, empresa que exporta alimentos coreanos para o mundo. Foto: soompi

A fundação considera organizações de fãs globais de cantores coreanos, atores, cultura e comida, assim como clubes de taekwondo e sociedades coreanas de cultura em universidades como fã-clubes hallyu.

O maior número de fãs de K-pop vive na Ásia e Oceania (70,59 milhões de membros em 457 fã-clubes), seguido pelas Américas (11,8 milhões de membros em 712 clubes) e Europa (6,57 milhões de membros em 534 clubes).

Fãs Globais Da Onda Hallyu Ultrapassam Os 89 Milhões
Park shin-hye e lee minho em ‘the heirs’, primeiro drama co-produzido com a empresa de distribuição norte americana dramafever (2012-2013).

África e Oriente Médio (230.000 membros em 140 fã clubes) têm o menor número de fãs relatados. No Japão, o número de fãs da hallyu triplicou ao ultrapassar os 300.000, enquanto o crescimento robusto ainda foi mantido em outras partes da Ásia.

As atividades dos fã-clubes hallyu persistiram na Europa e América Latina, enquanto o número de fãs cresceu de forma constante na África e no Oriente Médio, de acordo com o relatório.

Fãs Globais Da Onda Hallyu Ultrapassam Os 89 Milhões
Marca 3ce, da famosa stylenanda. Popular entre as amantes de moda e beleza sul-coreana. Foto: en. Stylenanda. Com

Em seguida, o relatório propôs dar ênfase às fãs femininas da hallyu, pois elas são as principais consumidoras de cosméticos, turismo e outros campos, e previram que o número chegaria a 100 milhões em 2020.

Hallyu, ou Onda Coreana, foi um termo criado em 1999 pelo jornal chinês Beijing Youth Daily, para descrever a crescente popularidade do conteúdo da cultura pop coreana. O governo sul-coreano financiou inúmeras entidades hallyu para promover a cultura coreana, comida, artes tradicionais e muitas outras no exterior.

Fãs Globais Da Onda Hallyu Ultrapassam Os 89 Milhões
Fãs durante o mama, no japão, o evento é uma premiação global de música coreana, realizado no saitama japan saitama super arena, dia 12 de dezembro. Foto: cj enm

Estas descobertas foram baseadas em uma série de pesquisas conduzidas em todo o mundo, com a assistência do Ministério de Relações Exteriores Coreano e das embaixadas no exterior.

A Fundação Coreana (KF) é afiliada ao governo e está ligada ao Ministério das Relações Exteriores Coreano.

Desde sua fundação em 1991, o objetivo da Fundação Coreana é promover a cultura coreana em todo o mundo, construindo boa vontade entre a Coreia e a comunidade internacional.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.