Via: The Korea Herald

A boyband A.C.E, cujo nome significa “Adventure Calling Emotions”, entrou na cena musical com ambições ousadas em 23 de maio de 2017. Seus cinco integrantes percorreram um longo caminho desde então, estabelecendo uma presença energética e mergulhando em estilos de performance únicos. Mas o caminho do grupo para o estrelato não foi fácil.

Reality shows online e programas populares de audição na televisão geralmente funcionam como portas de entrada para trainees do K-pop que procuram fazer sua estreia. Mas em 2016, o A.C.E pegou o caminho menos percorrido e construiu sua espinha dorsal musical com o busking (apresentações de rua).

“Acho que conquistamos fãs ao mostrar nosso trabalho árduo e performances teatrais”, disse o rapper Byeong-kwan.

Os companheiros de grupo lembram de correr riscos e permanecerem firmes enquanto esperavam pela oportunidade de avançar. “Trabalhamos muito duro, passo a passo, com nossas performances de rua, e é por isso que acho que fomos capazes de construir nosso fandom, também conhecido como Choice”, disse Chan.

O vocalista principal disse que as apresentações de rua os aproximaram de seus fãs. O busking havia dado a eles um lampejo de esperança, ele acrescentou, e os fãs eram a força motriz por trás de seu trabalho.

“Nossos fãs sempre nos enchem de entusiasmo e felicidade quando lançamos ou fazemos algo novo, e as apresentações ao ar livre são um lugar onde podemos sentir e ver seu apoio sublime em relação a nós.”

Chan acrescentou que “o amor que nossos fãs enviam é insubstituível”, dizendo que o A.C.E não teria ido tão longe sem a dedicação e o calor dos Choices.

Dong-hun disse que os fãs falaram muito sobre as performances de busking do grupo. “Muitas pessoas pensam em se apresentar nas ruas como algo interessante, mas na verdade é um lugar para nós onde podemos cantar mais uma música. Quando você toca com o público, incluindo nossos fãs, e eles se divertem com nossa música, é um sentimento diferente”, disse ele.

O vocalista principal acrescentou que os transeuntes podiam sentir a seriedade do grupo em sua música quando se apresentavam nas ruas, dizendo que a experiência produziu uma euforia. Jun também disse que ele e seus companheiros estão prontos para viajar ao redor do mundo quando as fronteiras se abrirem novamente e também revisitar o movimentado distrito de Hongdae no oeste de Seul, que eles consideram sua cidade natal.

Relembrando os bons velhos tempos, Jun disse que o grupo estava “mais do que pronto para sair e se apresentar” após a pandemia de COVID-19.

Já se passaram cinco anos desde que A.C.E fez sua estreia, mas cada um dos cinco integrantes ainda é uma criança no coração. Os companheiros ainda colocam um grande esforço em sua música. O quinto EP do quinteto, “Siren: Dawn”, lançado em junho, foi um marco em sua carreira.

Grupo A.c.e. Subindo Cada Vez Mais Alto, Passo A Passo
Via: ace official twitter

Os performers usaram um conceito etéreo de sereia para expressar sentimentos melancólicos e transformá-los em algo esteticamente agradável.

O vocalista e dançarino Jun falou sobre como o grupo deu um salto de fé ao tentar diferentes estilos e ideias. “Quando lançamos nosso quarto EP, apenas Chan e eu tentamos filmar embaixo d’água, mas todos os integrantes participaram desta vez para delinear uma emoção triste sobre a perda e como alguém atravessa tempos difíceis transformando-se em uma sereia”, disse ele.

Os músicos construíram suas carreiras encontrando maneiras únicas de transmitir sua narrativa temática.

A música “Goblin (Favorite Boys)” atraiu muita atenção ao entrelaçar o folclore coreano com sons tradicionais e elementos estéticos para criar uma mistura de melodia e charme de conto de fadas, conforme retratado no vídeo de “Higher”.

O grupo também desafiou as convenções com seus conceitos de álbum. A coreografia de seu primeiro single, “Cactus”, sugeriu os galhos altos de um cacto. A banda provocou com um trecho de seu próximo álbum ao mesmo tempo, dizendo que seria extraordinário.

Buscando reconhecimento no cenário musical nacional, A.C.E fez um início sólido ao colocar a música “Higher” nas paradas. “Foi a primeira vez que listamos nosso nome em uma importante parada musical nacional. Acho que o máximo que atingimos foi o 24.º lugar”, disse Chan, agradecendo aos fãs.

O grupo alcançou lugares altos em muitas paradas dentro e fora do país, liderando a de álbuns do iTunes no mundo inteiro, além da parada de álbuns de K-pop. Ele também alcançou várias paradas musicais do iTunes, incluindo a Top Albums Chart em 12 países, como Indonésia e Rússia.

O produtor e DJ Steve Aoki, conhecido por trabalhar com o  BTS, entrou em contato com o A.C.E sobre um remix de “Goblin”. O trabalho colaborativo repleto de estrelas, intitulado “Fav Boyz (Gold Star Remix de Steve Aoki), contou com a participação do rapper Thutmose.

Falando sobre a vibração do grupo na cena musical global, Byeong-kwan disse que o A.C.E continuou testando os limites. Recentemente, o grupo foi convidado a liderar uma série de workshops de dança no Centro Cultural Coreano em Bruxelas. A escola de K-pop de verão com o A.C.E começa em 20 de agosto e vai até 3 de setembro.

Em uníssono, os cinco companheiros de grupo disseram que nunca descansaram sobre os louros e prometeram que nunca o farão.

Relembrando a viagem de cinco anos do grupo, Wow, que foi o líder temporário do último EP, falou sobre o quanto o grupo havia aprendido no decorrer de seu trabalho.

“Estávamos ocupados preenchendo as partes que faltavam que eram vividamente visíveis, mas descobrimos como o vazio é valioso. Na verdade, praticamos abrir mão de nossa ansiedade e deixar o espaço vago”, disse o rapper.

Wow acrescentou que ele e seus companheiros são gratos ao Choices e sua agência. “Eu realmente gostaria de agradecer a todas as pessoas envolvidas em nossa jornada porque fomos capazes de fazer memórias valiosas”, disse ele.

Wow espera continuar a trabalhar lado a lado com os outros integrantes. “Faz apenas cinco anos desde que fizemos nossa aparição, mas eu sempre quero fazer boa música com os meninos.”

No passado, o Koreapost teve a oportunidade de entrevistar e brincar com o Ace, em sua visita ao Brasil, contando com a participação do coreógrafo Lucas Olly. Confira o vídeo.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.