Gyeongree, uma das integrantes mais velhas do grupo feminino de K-pop, Nine Muses, iniciou uma nova fase em sua carreira com o lançamento de seu primeiro álbum solo “Blue Moon” no início de julho.

Debutando inicialmente como um grupo de nove integrantes em 2010, o Nine Muses viu sua formação constantemente mudar ao longo dos anos e agora encontra-se com cinco integrantes, sendo Hyemi a única remanescente a continuar no quinteto desde a formação.

Gyeongree se juntou ao grupo em janeiro de 2012 e desde então tem se destacado por seu poder vocal e beleza. Porém as mudanças contínuas no grupo durante estes sete anos a levaram a uma enorme depressão mental.

“Sempre que tínhamos a impressão de que iriamos decolar, uma ou duas integrantes deixavam o grupo. Eu tive um momento especialmente difícil em 2015 quando estávamos fazendo o EP de ‘Drama'”, disse Gyeongree em entrevista à Yonhap News na quinta-feira.

Eu disse a mim mesma ‘Esse álbum é realmente bom. Porém seria muito melhor se aproveitássemos essa chance e nos libertássemos mais.’ Mas eu não pude intervir (para fazer algumas integrantes ficarem) pois elas têm suas próprias vidas além do grupo“.

Ela também recebeu propostas de outras agências, mas renovou seu contrato com sua atual, Star Empire Entertainment, em fevereiro, com o desejo de ficar com a Nine Muses. A banda feminina está atualmente se preparando para lançar um novo álbum em julho ou agosto.

Este ano, eu completei 29 anos, segundo a idade coreana. Eu queria tanto lançar meu próprio álbum solo antes de completar 30 anos“, disse Gyeongree. “Algumas agências sugeriram que eu me lance como atriz, mas agora, eu não tenho interesse em atuar. Eu gosto de cantar e atuar, mas como integrante da Nine Muses.”

De fato, o lançamento de seu primeiro single “Blue Moon” em 5 de julho, seu aniversário, ofereceu um ponto de virada para sua carreira musical de sete anos.

Eu estava em hiatos. Estava com medo de continuar no palco“, observou Gyeongree. “Eu saí da crise quando me preparei para esse disco solo“, disse ela, acrescentando que isso lhe deu confiança em seu vocal e capacidade de levantar o público.

Seu primeiro single “Blue Moon” é uma música animada com elementos experimentais em sua performance no palco – com dançarinos de salto alto e maquiagem.

Eu estava hesitante sobre assumir o risco e se seria aceitável para o público. Mas, no geral, o desempenho no palco acabou sendo bem recebido, e eu sou muito grata por isso.”

Quando perguntada sobre o que ela vai fazer daqui a 10 anos, Gyeongree disse: “Eu vou estar perto dos 40. Então vou ter deixado completamente a cena K-pop ou talvez ainda esteja nela. Na verdade, eu quero levar uma vida variada. Seria muito divertido me tornar barista e abrir um café. Estou muito curiosa sobre o que me acontecerá daqui para frente“.

Aen20180713007400315_01_I


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.