Quase todas as noites por volta das 22h00, quando sua família vai para a cama, Carol Holaday entra em seu computador. Ela não está caindo em buracos de coelho na Internet com informações aleatórias ou vasculhando as redes sociais em sua casa em San Diego. Holoday está se oferecendo como voluntária para a criação de legendas traduzidas para programas de TV coreanos – frequentemente chamados de K-dramas – na plataforma de streaming Rakuten Viki.

É meu segredo”, disse Holaday, que ajudou a legendar 200 programas do Rakuten Viki, comumente chamado apenas de Viki.

A Viki, que tem conteúdo original e licenciado do Japão, Coreia, China e Taiwan e assinantes de todo o mundo, oferece assinatura parcial ou conteúdo limitado gratuitamente com anúncios. A maior audiência da plataforma está nos EUA, sendo que 75% é composta por não asiáticos.

O programa de tradução recruta voluntários, desde iniciantes a contribuintes, designados com status de ouro com base na qualidade e quantidade de suas contribuições.

Holaday, que não fala coreano, é editora de legendas. Ela vê partes do vídeo que já foram traduzidas para o inglês e verifica a gramática, o posicionamento das palavras e a ortografia. Além de tradutores e editores, também existem ”segmentadores” que separam partes do vídeo para serem legendadas, de forma que uma pessoa não traduza um episódio inteiro.

Outra colaboradora orgulhosa e qualificada é a advogada aposentada Connie Meredith. Ela até se matriculou na Universidade do Havaí para estudar coreano e se tornar uma tradutora melhor.

A estrutura gramatical é tão diferente do inglês que é muito, muito difícil”, disse Meredith, que já trabalhou em mais de 500 títulos para o Viki. Ela disse que traduzir um segmento de 10 minutos pode levar cerca de duas horas.

É como um hobby para mim. As pessoas dizem: ‘Você fez isso de graça?’ E eu digo, ‘Por que não?’ Não tenho nada melhor para fazer com meu tempo. E é como fazer um jogo de palavras cruzadas do New York Times para mim, para resolver o quebra-cabeça da linguagem‘.’

Makoto Yasuda, diretor de operações da Rakuten Viki, acredita que usar um método de crowdsourcing (que consiste em obter informação e opiniões de grandes grupos através das redes sociais)  para suas legendas só ajuda na precisão.

Não Apenas K-Pop: Programas De Tv Coreanos Ganham Popularidade Nos Eua
Fonte: the korea times

Se você tem centenas de pessoas contribuindo para a qualidade das legendas, então isso se torna muito melhor do que um único tradutor profissional trabalhando em tópicos com os quais eles não estão realmente familiarizados”.

Ele diz que o nome da empresa Viki é derivado das palavras vídeo e Wikipedia, o site de enciclopédia crowdsourcing online.

Sites como o Viki usam traduções de fãs, o que é ótimo, mas pode ser feito com pressa porque as pessoas estão ansiosas para ver os dramas. Portanto, provavelmente não é tão polido quanto você poderia obter em outro lugar”, disse Joan MacDonald, um colaborador da Forbes que cobre a mídia coreana.

As traduções do Viki não são apenas para o inglês. “Um drama pode ser traduzido para 20 idiomas diferentes em 24 horas”, disse Yasuda. Ele disse que muitas vezes também há listas de espera para ajudar a traduzir em programas mais populares. Há um pequeno número de tradutores que são pagos, se for em um programa que não tem voluntários ou em uma série licenciada que já tem legendas.

A consciência dos K-dramas fora da Coreia parece estar crescendo”, disse MacDonald. ”O número de pessoas que me contataram no último ano e meio para dizer, ‘Oh, acabei de descobrir K-dramas, o que você recomenda?’ é significativo.

Outros sites de streaming também estão adicionando mais conteúdo coreano às suas ofertas.

A Apple TV + tem dois projetos em coreano em andamento: um baseado na série de animação ”Dr. Brain” e uma adaptação do romance ”Pachinko” de Min Jin Lee sobre quatro gerações de uma família de imigrantes coreanos. Essas  séries estarão disponíveis em coreano, japonês e inglês.

Este ano, a Netflix está investindo cerca de US$500 milhões para produzir conteúdo coreano e fez parceria com grandes estúdios, incluindo Studio Dragon e JTBC.

Algumas das séries populares de 2020 da Netflix incluíam ”Start-Up”, “It’s Okay to Not Be Okay” e “What’s Wrong With Secretary Kim?”.

Outro K-drama que causou sensação foi “Crash Landing on You”, estrelado pelos atores Hyun Bin e Son Ye-jin. O romance sobre um norte-coreano e uma sul-coreana foi ao ar no canal pago tvN na Coreia do Sul e também na Netflix. Os fãs acharam sua química tão verossímil que muitos acreditaram que deveria haver um relacionamento real fora das telas. Os representantes dos atores confirmaram que eles estavam realmente namorando no dia de ano novo.

Rindo, MacDonald se lembra de ouvir a notícia do casal e pensar, ”Uau, estou irracionalmente animado com isso”.

Não Apenas K-Pop: Programas De Tv Coreanos Ganham Popularidade Nos Eua
Cenas da série coreana “crash landing on you”. Fonte: the korea times

Os serviços de streaming tornaram a televisão mais globalizada, tornando fácil assistir a um programa de outro país, mas MacDonald acredita que uma das razões para a popularidade dos K-dramas é porque eles misturam gêneros.

É uma coisa geral, assim como o pop não é realmente um som. Muitas coisas se encaixam nele. Você terá algo como uma comédia romântica de terror que começa como uma história de gângster, mas é na verdade uma comédia negra que muda de gênero o tempo todo.

MacDonald diz que os fãs de K-pop também gravitam em torno de K-dramas porque “muitas estrelas de K-pop estão em dramas e muitos atores que estão em dramas às vezes seguem carreira de cantor“.

Há uma banda que é muito popular, Astro, e um dos cantores, Cha Eun-woo, participou de um drama no início deste ano chamado ‘True Beauty”’, disse MacDonald. “Eu vi ‘True Beauty’ e pensei, ‘Uau, ele é ótimo e está em uma banda. Eu tenho que dar uma olhada  nessa banda”. Outro exemplo: Bae Suzy, ex-integrante do grupo feminino Miss A, estrelou em ”Start-Up”.

Sara Wagner, de South Lyon, Michigan, cresceu cercada pela cultura coreana porque sua melhor amiga há mais de 40 anos é coreana.

Eu ia muito à casa deles e comia comida coreana. … Com a internet, ficou muito mais acessível assistir a dramas”.

Wagner também acredita que o prêmio de melhor filme de “Parasita” no Oscar de 2020 aumentou o interesse pelo cinema coreano. ‘‘As pessoas perguntam: ‘O que mais você recomendaria?’ e eu digo ‘Trem para Busan’“.

Ela até mantém uma planilha do Excel rastreando as histórias do K-drama, temas, comida em destaque, clima e finais dos programas que ela assiste para que possa recomendá-los a outras pessoas.

Um último recado de Wagner sobre ” What ‘s Wrong With Secretary Kim? ” diz: ”Há um beijo no episódio 12 que vai te surpreender”.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.