Assim como todos os sete dragon balls são convocados para maximizar seu poder no mangá e anime japonês “Dragon Ball”, todos os 18 integrantes do NCT, provenientes de diferentes origens e países, uniram forças para estremecer a cena do K-pop com seu enorme projeto “NCT 2018 Empathy”.

Foto: Allkpop
Foto: Allkpop

NCT, acrônimo para “Neo Cultural Technology”, foi lançado pela gigante de entretenimento, S.M. Entertainment, em 2016, com a ideia de um número ilimitado de subunits, com bases em diferentes cidades ao redor do mundo.

Depois de se apresentarem separadamente nos últimos anos, os grupos NCT U, uma unit com integrantes rotacionais, NCT 127, uma unit baseada em Seul e NCT Dream, composta pelos mais novos, reuniram-se em Seul na quarta-feira (14) para realizar um grande showcase intitulado “NCT 2018 Empathy” no Hwajung Gymnasium da Korea University.

Foto: Evantoday
Foto: Evantoday

Embora os integrantes tenham, obviamente, dedicado muito tempo e esforço para preparar o tão esperado showcase, foi difícil entender completamente o sistema do NCT, que possui revezamentos frequentes de integrantes e mudança de conceitos.

A ideia ampla e sem limites do grupo também foi difícil para os artistas no início, mas eles disseram que a união – existente desde seu debut – os lembrou do verdadeiro valor do NCT.

Quando eu ouvi sobre o showcase pela primeira vez, fiquei um pouco aflito. Mas depois de tudo, nosso novo álbum me fez sentir orgulho de ser um membro do NCT. Somos um grupo que possui grandes vantagens, como flexibilidade e capacidade de expansão“, disse Mark.

Foto: Evantoday
Foto: Evantoday

O showcase, rotulado como um “mega projeto em que os fãs podem ver a identidade e o charme de todo o NCT ao mesmo tempo” com todos os 18 integrantes do grupo, começou com o novo single “Boss” do NCT U, uma intensa faixa de hip-hop urbano no estilo das músicas que eram interpretadas pelo NCT 127. Taeyong e Ten do NCT U, então, subiram no palco para apresentar o novo dueto, “Baby Don’t Stop”, seguido por “Go” de NCT Dream.

O evento também mostrou algumas mudanças dentro das units. O NCT Dream, que até agora mostrou uma imagem juvenil em “Chewing Gum”, exalou um poderoso carisma virilista em “Go”, uma explosiva faixa de hip-hop que contou com a energia rebelde da juventude. O NCT 127, que muitas vezes encantou os fãs com músicas de hip-hop eletrônico, como “Cherry Bomb” e “Firetruck”, deixou de lado a imagem mais agressiva e apostou em uma mais suave e brilhante com a impressionante música com estilo pop dos anos 90, “Touch”.

Foto: Evantoday
Foto: Evantoday

No final do evento, todos os 18, vestidos com roupas pretas brilhantes, subiram no palco juntos para apresentar “Black on Black”, uma incrível performance na qual os integrantes andavam pelo palco como lobos à espreita.

O grupo também surpreendeu o público ao distribuir chocolate em comemoração ao White Day, um dia na Coreia do Sul onde os homens expressam seu carinho às mulheres, em resposta ao Dia dos Namorados, em que tradicionalmente ocorre o contrário. Embora tenha sido o primeiro encontro de todas as subunits do NCT, o grupo disse que espera que o showcase possa promover sua marca para um público mais amplo, já que muitos ainda a acham ambígua.

NCT contava com 15 integrantes até o final de 2017, mas desde então introduziu três novos artistas: Jungwoo, Kun e Lucas. WinWin, Renjun e Chente vieram da China, enquanto Johnny, Mark, Ten e Yuta são dos EUA, Canadá, Tailândia e Japão, respectivamente.

Foto: V Live
Foto: V Live

“NCT 2017 Empathy”, o novo álbum do NCT com 14 faixas, inclui várias músicas do NCT U, como “Yesterday”, “Timeless”, “The 7th Sense” e “Dream in a Dream”.

O álbum foi lançado na quarta-feira (14/03).


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.