Na semana passada a HYBE, lar do gigante do K-pop BTS, divulgou seus planos ambiciosos para 2022, mas parece que os fãs de BTS não estão felizes com eles.

Algumas horas antes do evento “2021 HYBE BRIEFING WITH THE COMMUNITY” (conferência Hybe com a comunidade 2021), “#BoycottHYBE” (Boicote a HYBE) virou trending topic no Twitter, onde os fãs expressaram ativamente sua oposição e raiva.

A HYBE fez dois grandes anúncios durante o briefing online. Disse que vai revelar um Webtoon e uma web novel com BTS em janeiro e que vai ingressar no mercado de tokens não fungíveis (NFT), mercado em cooperação com o maior operador de criptomoeda da Coréia, Dunamu, para permitir aos fãs de K-pop a propriedade de conteúdo digital e mercadorias relacionadas a seus cantores.

Muitos fãs, no entanto, estão reclamando que a HYBE está se concentrando demais em utilizar a propriedade intelectual do BTS para acumular lucros em vez de fornecer aos membros um ambiente adequado onde eles possam trabalhar em sua música.

“A HYBE diz que acredita na música, mas eu acho que acredita no capitalismo”, comentou um usuário do Twitter. Outro escreveu: “Os artistas estão dando o seu melhor para trabalhar em música e a empresa só está usando-os e seus fãs por dinheiro.”

Durante o briefing, a HYBE também revelou uma amostra para seu próximo web novel, mas não obteve reações positivas.

Planos da Hybe para o BTS irritam fãs do grupo
Foto: Revista Quem Globo

“Para mim, o romance não parece diferente de fan fiction”, uma pessoa escreveu em um fórum online. “Isso me faz tremer.”

A ambição da HYBE com o mercado de NFT também está enfrentando uma reação negativa, com inúmeros seguidores do BTS apontando que os ativos digitais não são o que eles querem.

“Eu quero possuir bens físicos, não produtos digitais”, um fã escreveu. “É por isso que as pessoas como eu reimprimem fotografias do BTS.

Outro disse: “A HYBE não parece entender as necessidades dos fãs. Não precisamos de propriedade de conteúdo digital, mas queremos produtos físicos de qualidade.”

Alguns criticam o rótulo por ignorar os potenciais problemas ambientais que as NFTs podem causar, citando os artigos que alegam que a criação de uma NFT média pode gerar mais de 200 kg de emissões de carbono. Embora o novo parceiro da HYBE, Dunamu, seja conhecido por criar NFTs “ecologicamente sustentáveis”, muitas pessoas ainda estão preocupadas se isso realmente evita problemas ambientais.

“Embora seja verdade que não há consumo ético sob o capitalismo, este movimento NFT da HYBE não é apenas contrário à missão do BTS com as Nações Unidas, mas é ambientalmente irresponsável”, disse um usuário do Twitter, referindo-se ao último discurso do BTS nas Nações Unidas enfatizando a necessidade de ação contra a mudança climática. “Uma empresa que lidera a inovação há quase uma década pode fazer melhor do que isso.”

A HYBE ainda não respondeu às críticas.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

dezesseis + dezoito =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.