Programa Miss Trot

A cena do entretenimento coreana está passando por uma explosão de programas de audições.

Após o sucesso estrondoso de programas como “Superstar K” (2009-16), “K-Pop Star” (2011-17), “Produce 101” (2016-19) e “Miss Trot” (2019-2021) – que não apenas obtiveram índices de audiência impressionantes, mas também impulsionaram vários aspirantes a cantores e celebridades menos conhecidas ao estrelato – mais produtores estão se dedicando à criação de programas semelhantes.

No mês que vem, a emissora local SBS deve lançar “LOUD” em cooperação com o fundador e produtor da JYP Entertainment, Park Jin-young e PSY, a estrela de “Gangnam Style” (2012) e chefe da agência P NATION.

Por Que A Cena De Entretenimento Coreana Está Inundada Com Programas De Audições?

A MBC também irá lançar um novo programa de audições em novembro com o produtor Han Dong-chul, que esteve por trás do sucesso de “Produce 101“.

Girls Planet 999” da Mnet está em preparação para estrear ainda este ano, fazendo testes para aspirantes a cantoras.

Há uma razão pela qual os espectadores amam programas de audição. Eles podem participar da competição votando e apoiando seus competidores favoritos. Muitas pessoas também acreditam que esses programas são imparciais, porque os competidores precisam contar apenas com seus talentos musicais para competir entre si. Além disso, eles são frequentemente cativados pelas histórias dos participantes, a maioria dos quais passou por reviravoltas em suas vidas para seguir a carreira musical.

Os telespectadores de hoje parecem ter ficado viciados nesses ‘programas de sobrevivência’“, disse o crítico de música pop Seo Jeong Min-gap ao The Korea Times. “Muitos deles acham outros programas musicais, que não colocam os competidores uns contra os outros, muito enfadonhos.”

Por Que A Cena De Entretenimento Coreana Está Inundada Com Programas De Audições?
Imagem: lim young-woong, vencedor do “mr. Trot” – 2020 (the korea times)

Quanto às emissoras e redes de TV, a lógica por trás dessa preferência é mais óbvia – esses programas são lucrativos. Uma vez que muitos deles provaram ter sucesso em termos de visualização, é mais fácil atrair patrocinadores. Por exemplo, o programa de audição de trote da TV Chosun, “Mr. Trot“, obteve uma audiência colossal de 35,7% no ano passado, um recorde histórico para um programa de canal a cabo na Coreia.

Os críticos também apontam que os sucessos dos programas também desempenham um papel vital na obtenção de lucros.

As músicas apresentadas em programas de audição podem chamar a atenção do público e garantir as primeiras posições nas paradas de streaming de música por meses, como evidenciado pelo caso de VVS (2020), uma faixa lançada no programa de competição de hip-hop da Mnet Show Me the Money 9“, disse o crítico musical Han Dong-yoon. “Os vídeos de apresentação também podem ser lucrativos se atraírem espectadores no YouTube. Todos esses fatores permitem que as emissoras obtenham lucros consistentes.

O elenco também é mais fácil de reunir. A equipe de produção precisa apenas publicar um “anúncio de procura-se” para recrutar centenas de concorrentes, em vez de ligar para cada um e fazer malabarismos para conseguir montar um cronograma.

Shows de competição, no entanto, também causam mal-estar. Algumas produções, como “Produce 101” da Mnet, que deu origem aos artistas K-pop I.O.I, Wanna One, IZ * ONE e X1, geraram debates sobre justiça.

Por Que A Cena De Entretenimento Coreana Está Inundada Com Programas De Audições?
Imagem: o grupo x1 foi formado na quarta temporada do programa “produce 101” (the korea times)

Em março, a Suprema Corte de Seul manteve a decisão que colocou o diretor do “Produce 101“, Ahn Joon-young, atrás das grades por dois anos. Ele foi acusado de manipular os resultados da votação em favor de certos concorrentes e de receber subornos das empresas de gerenciamento de K-pop que os recrutaram. Recentemente, os promotores também pleitearam um ano e meio de prisão para os produtores executivos de outro programa da Mnet, “Idol School“, por manipulação de votos.

Todos esses incidentes foram um golpe crítico para a credibilidade desses programas.

Além disso, um número crescente de espectadores parece ter se cansado do formato cheio de clichês.

Pode ser um desafio para as emissoras desafiar a tendência atual e fazer algo completamente novo“, disse o crítico Seo. “É difícil pensar fora da caixa e também bastante arriscado. Mas um número crescente de produtores está tentando fazer seus trabalhos parecerem distintos.”

Na verdade, “Miss Trot” da TV Chosun e “Sing Again” da JTBC são frequentemente citados como exemplos de desvios criativos. “Miss Trot” trouxe os holofotes para o trote – um gênero musical coreano que muitas vezes era considerado antiquado e para a geração mais velha – e criou com sucesso um burburinho entre as pessoas de todas as gerações. “Sing Again” se diferenciou por apresentar como competidores, cantores “esquecidos” que estiveram em sua maioria fora do radar do público.

Os críticos preveem que o número de programas de audições continuará a aumentar pelo menos por um tempo. Na verdade, vários insiders da indústria hoje em dia pretendem fazer bom uso desses programas para atingir o mercado musical global.

A SM Entertainment, lar de artistas K-pop proeminentes como EXO e NCT, anunciou recentemente que lançaria um novo programa de audição com a produtora americana MGM para escolher os integrantes do NCT-Hollywood, uma nova subunidade do NCT, nos EUA.

Enquanto isso, o gigante do entretenimento CJ ENM também está programando para produzir um show de audição para formar uma nova boy band com base na América Latina.

Com a ascensão global do K-pop, mais pessoas ao redor do mundo estão sonhando em se tornar idols”, observou Han. “Dado que integrantes estrangeiros podem ajudar um grupo de K-pop a construir uma base de fãs global mais forte, mais programas para aspirantes a cantores não coreanos provavelmente serão criados no futuro.

Mas esses shows de competição também precisam de melhorias.

Os competidores devem ser tratados melhor“, destacou Seo. “Esses músicos precisam de compensação suficiente e não devem ser explorados apenas como uma ferramenta para aumentar a audiência.”

Han ecoou esse sentimento, dizendo: “As emissoras não devem editar seus programas de maneira que distorçam a verdade para focar os holofotes em certos concorrentes e, assim, buscar aumentar a audiência da TV“.

Ambos concordaram que as emissoras precisam se esforçar para criar um novo formato de programa, embora isso possa ser uma tarefa difícil.

As emissoras não devem apenas promover esses programas“, disse Han.

Seo elaborou: “Eles precisam ser experimentais de algumas maneiras, mesmo que isso não garanta lucros consideráveis. Além disso, acho que os programas de audição deveriam fornecer mais detalhes sobre a música – se contarem aos espectadores a história de certos gêneros e explicarem as mensagens por trás das canções, isso tornará os programas mais atraentes.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.