Na semana passada, vários fãs do gigante do K-pop BTS foram ao Twitter e outras plataformas de mídia social para desabafar seu descontentamento com o alto preço dos pijamas de algodão desenhados pelo integrante da banda Jin, os quais estavam sendo vendidos por 119.000 won (US $ 99,6, R$ 550,72) no Weverse Shop ― uma plataforma de comércio estabelecida pela HYBE, empresa de gestão do BTS.

Dado que eles eram mais caros do que roupas de dormir de caxemira – que geralmente custam em torno de 60.000 won a 80.000 won – suas queixas eram compreensíveis. Até Jin disse que ficou surpreso com o preço. No entanto, os pijamas ainda esgotaram em poucos minutos.

A roupa de dormir não é a única mercadoria K-pop que parece super faturada. Uma garrafa de água de plástico com o nome de um grupo de K-pop e seu novo álbum é vendida por 38.000 won (US$ 32, R$ 176,94) online, enquanto um crachá simples custa 26.000 won (US$ 22, R$ 121,64).

Por que produtos oficiais de K-pop são tão caros?
Preços dos produtos de Jin e Rm, no site oficial da empresa. Foto: equipe KoreaPost

“A mercadoria do K-pop é incrivelmente cara”, escreveu um fã em uma comunidade online. “Eu queria comprar um chaveiro com um bastão de luz do meu grupo favorito, mas custou quase US$ 35. As empresas precisam seriamente saber que alguns de nós são estudantes universitários desempregados tentando sobreviver.”

Outro comentou: “Sinto que estamos sendo tratados como bobos só porque amamos nossas estrelas… Espero que as gravadoras de K-pop nos ofereçam preços mais razoáveis”.

Por que produtos oficiais de K-pop são tão caros?
Produtos do integrante V, também no site oficial. Foto: equipe KoreaPost

De acordo com o crítico de música Jung Min-jae, o forte poder da marca das estrelas do K-pop geralmente agrega valor a esses produtos e aumenta o preço.

“Mesmo que os produtos de K-pop não pareçam diferentes de outros produtos em termos de qualidade, eles são vendidos a preços mais altos porque envolvem artistas de K-pop”, disse ele. “Eles são produzidos principalmente para os amantes do K-pop, que tendem a abrir suas carteiras independentemente dos preços altos como forma de sustentar seus cantores favoritos. A maioria deles já sabe que uma parte razoável dos lucros obtidos com as mercadorias – especialmente aqueles com os retratos das estrelas – irão para seus cantores.”

Os preços altos, no entanto, não estão impedindo o crescimento do mercado de mercadorias K-pop, com seu tamanho atingindo 1 trilhão de won (US$ 841 milhões) em 2020, de acordo com dados divulgados pela Korea Foundation for International Culture Exchange (KOFICE).

Mas por que tantos fãs abrem suas carteiras para itens tão caros? Uma ex-fã do BTS na casa dos 20 anos, que costumava comprar um monte de produtos relacionados ao BTS, de cartões de fotos a bastões de luz, disse ao The Korea Times que ela fez isso por “amor e devoção”.

“Eu era uma adolescente quando era fã do BTS há alguns anos e sabia que os preços da maioria dos itens eram muito caros para eu pagar”, disse ela sob condição de anonimato. “Mas eu ainda os comprei porque eu estava tão no grupo … eu senti como se estivesse enchendo meu baú do tesouro com esses bens. No caso dos meus amigos, alguns deles até pularam refeições e usaram seu dinheiro de bolso para obter os itens eles querem, acreditando que era uma forma de apoiar suas estrelas. Mas todos eles revenderam esses bens depois de perder a fé em seus cantores.”

Por que produtos oficiais de K-pop são tão caros?
Coleção de Suga, integrante do grupo, vendidos no site oficial. Foto: equipe KoreaPost

Lee Eun-hee, professora de ciência do consumidor na Universidade Inha, acrescentou que a popularidade da mercadoria K-pop deriva em grande parte de suas “narrativas”.

“A mercadoria do K-pop geralmente voa das prateleiras, pois tem uma história em cima da função e do design”, explicou ela. “Isso evoca sentimentos especiais para os fãs, que se relacionam com suas estrelas consumindo esses bens. No caso do pijama de Jin, aqueles que vestem as roupas – que Jin usou anteriormente para promover seus designs – provavelmente estão se sentindo mais próximos do cantor, lembrando de como ele estava quando vestiu aquela roupa de dormir.”

O professor, no entanto, apontou que a exploração excessiva do amor dos fãs de K-pop pode dar um golpe na imagem das gravadoras de K-pop e de seus cantores.

“Se muitos fãs levantam um problema com os preços, as empresas de gerenciamento de K-pop devem ouvir suas vozes e fazer alguns ajustes”, disse ela. “Considerando que os fãs são seus principais consumidores, as gravadoras devem evitar ferir seus sentimentos. Preços exorbitantes podem levar muitos a acreditar que as empresas são movidas apenas pelo lucro, e isso pode até manchar a reputação dos cantores que promovem a mercadoria.”

Mas Jung acrescentou que ainda é improvável que os seguidores do K-pop dêem as costas aos cantores devido a mercadorias caras.

“Esses fãs são menos propensos a perder a fé apenas por causa do preço da mercadoria”, disse ele. “A menos que os preços sejam completamente absurdos, a maioria dos fãs continuará gastando dinheiro com os produtos.”

Disclaimer

As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.