Cindy Oh é uma criadora de conteúdo e maquiadora, filha de pais coreanos, nasceu e cresceu em São Paulo e decidiu seguir o caminho da beleza. No seu Instagram com mais de 68 mil seguidores, ela demonstra técnicas para a beleza asiática, focando em maquiagem para noivas asiáticas e em como se maquiar conhecendo seus traços.

Suas dicas focam muito no estilo coreano, assim como os produtos que ela usa de skincare e maquiagem. Na sua conta, ela mostra um pouco da sua vida pessoal e divide momentos que passa com a família e seus trabalhos. Ela também possui um canal no YouTube onde faz resenhas de produtos e mostra procedimentos que ela faz com frequência, já que ela mesma teve problemas com acne.

Cindy Oh [ENTREVISTA]
A Influenciadora e Maquiadora Cindy Oh fazendo uma auto maquiagem. Foto: Instagram Cindy Oh Beauty

Cindy, em primeiro lugar nossa equipe está muito contente por essa entrevista. Gostaríamos que você nos contasse um pouco sobre sua trajetória. De onde surgiu sua paixão por maquiagem?

Também fico muito feliz com o convite de vocês e poder compartilhar um pouquinho sobre a minhas história. A minha paixão começou ainda criança. Adorava bisbilhotar as maquiagens da minha mãe e passar tudo no rosto, assim como praticamente toda criança gosta de imitar os adultos. Mas com 14 anos começaram a surgir meus problemas com acne e isso afetou muito a minha autoestima. Por essa razão sempre procurei ajuda de um profissional para tratar essa questão e passei usar mais maquiagem na tentativa de esconder.

Mas a paixão me pegou de vez em 2011 quando fiz intercâmbio na Coreia do Sul, e lá fiz um curso de auto maquiagem, conheci o material da Pony Makeup e fiquei ainda mais encantada. Durante esse meio-tempo também tive uma experiência muito negativa com um profissional ocidental que não sabia maquiar asiáticos, e me transformou completamente em outra pessoa me deixando meio traumatizada.

Cindy Oh [ENTREVISTA]
Cindy Oh maquiadora e influenciadora digital com foco no público asiático. Foto: Instagram Cindy Oh Beauty

Não me reconhecia com aquela maquiagem. A partir daí só procurei profissionais asiáticos que não apagassem meus traços. Vi nessa experiência negativa a oportunidade de realçar a beleza asiática de quem passou pelas mesmas dores que eu, ou que simplesmente gosta de uma maquiagem que valoriza, e não que transforma em outra pessoa. Adorava maquiar a mim e a outros, mas nunca imaginei que isso se tornaria a minha profissão. Sou completamente apaixonada até hoje por poder realçar a beleza das pessoas.

1- Quando você começou a produzir conteúdo para a internet no seguimento de maquiagem enfrentou alguma dificuldade por ser asiática?
Não enfrentei dificuldades justamente porque desde o início meu público alvo eram outras asiáticas que passavam pelas mesmas dificuldades na maquiagem que eu passei, e pela falta de profissionais que entendessem do assunto. Mas como qualquer maquiador eu trabalhei com e para todos os públicos. Na verdade, acredito que por ser asiática a minha procura maior sempre foi por quem carrega esses traços.

2- Como você enxerga esse crescente interesse em técnicas, rotinas de skincare e maquiagens de origem coreana?
Acredito que o interesse tem crescido devido ao “BOOM” da cultura coreana no Brasil e no mundo. Vemos o crescimento do Kpop com BTS e Blackpink, também com a fama de Round 6, e isso tem levado a cultura coreana para mais perto das pessoas. É normal que esse interesse passe para outras áreas, e para mim é um privilégio e muito gratificante poder representar a cultura coreana no Brasil com algo que amo, que é a maquiagem.

Cindy Oh [ENTREVISTA]
Cindy Oh demonstra técnicas para beleza asiática. Foto: Instagram Cindy Oh Beauty

3- Você tem uma relação bem próxima com seus seguidores, está sempre passando feedbacks sobre produtos e procedimentos estéticos. Como se sente em saber que de alguma forma está ajudando outras pessoas a minimizar problemas que possam estar enfrentando em relação a aparência de sua pele?
Eu tomo muito cuidado com o que passo de informações a diante e tento ser o mais equilibrada possível. Por ter sofrido com acne desde muito jovem tento mostrar quem sofre com isso não está sozinho, acne é uma doença multifatorial que pode levar anos para tratar. E não vai ser um produto que promete milagres que vai resolver isso. Sempre acreditei na medicina e é preciso investigar a fundo a causa de problemas de pele.

O Skincare é apenas uma prevenção cultural que incentiva a cuidar mais da pele, mas nunca vai substituir a ajuda de médicos dermatologistas qualificados. É muito gratificante poder mostrar para quem me acompanha que podemos melhorar nossa pele se buscarmos ajuda, mas também alerto para que não se iludam com promessas de pele perfeita.

4- Cindy, você é uma influenciadora com um grande poder de alcance, como lida com as cobranças que muitas vezes ocorrem em relação a aparência, por exemplo “em ter uma pele perfeita”?
A todo momento ainda me cobro, pois cresci em uma cultura que infelizmente causa pressão estética. Já fui de me cobrar muito mais do que hoje, mas com a auxilio da Terapia tenho aprendido a ligar menos para opinião dos outros e focado mais em mim mesma. Mostrar na internet que nem sempre a realidade é perfeita também me ajuda a ser eu mesma e manter os pés no chão.

Cindy Oh [ENTREVISTA]
Maquiadora e criadora de conteúdo digital, Cindy nos conta um pouco sobre sua trajetória. Foto: Instagram Cindy Oh Beauty

5- Notamos que uma boa parte das clientes que você maquia são asiáticas. A procura é maior por parte destas pessoas? Você tem clientes “tipicamente brasileiras”?
Minhas clientes são de grande maioria nascidas no Brasil, mas com ascendência asiática, e a minha história muitas vezes se repete com elas. Acredito que a beleza natural tem o poder de tornar a pessoa muito mais leve.

90% da minha clientela são sim de ascendência asiática, e a procura por clientes ocidentais é baixa, mas sempre aparece alguma que também gosta de make mais leve ou porque admira meu trabalho.

6-Cindy, como citado anteriormente você tem uma relação bem próxima com seus seguidores, e compartilha seus tratamentos estéticos com eles. O que você costuma responder quando os mesmos te fazem perguntas sobre como ter uma pele “perfeita?’’
Não existe pele perfeita. O que existe é muito filtro, photoshop e enganação. Aprender a nos aceitar e entender que somos únicos torna a vida muito mais leve. Evitar consumir conteúdo ou produto de quem promete pele perfeita, ou que de alguma forma faça vermos imperfeições em nós mesmas ajuda a nos aceitar melhor.

7- Você já pensou ou pensa ter sua própria linha de maquiagem?
Um dos meus sonhos é ter uma linha de maquiagem sim, mas isso exige muito recuso financeiro para fazer um produto de qualidade. Penso em um dia ter uma linha focada em K-Beauty. Se um dia surgir uma proposta interessante para uma parceria, quem sabe, não é? Estou aberta a propostas!

8- Cindy, você já comentou algumas vezes em seu Instagram sobre seu problema com acne. De alguma forma isso te fragilizou e mexeu com sua autoestima?
Eu nunca me canso de falar sobre essa pauta por que foi algo que me incomodou desde os 14 anos e me incomoda até hoje. Mexe muito com a autoestima. Mas não só a acne, o meu peso e tudo mais que é visto com olhos de julgamento na sociedade em geral ainda me machuca muito. Mas sempre me esforço pra desapegar desses julgamentos e sempre tento resolver o problema pela raiz e procurando médicos qualificados. Inclusive fico muito feliz com essa pergunta, obrigada!

9- Por último, mas não menos importante, poderia deixar algumas dicas para quem é leigo em maquiagem/skincare e não sabe por onde começar?
Falando em skincare o básico é começar pelos 3 passos. Limpeza, hidratação e proteção solar. Toda pele precisa desses três passos. Usar um bom sabonete de limpeza adequado para seu tipo de pele. Em seguida hidratar – para peles secas um hidratante a base de creme e para peles oleosas a base de gel, e não esquecer da proteção solar.

Como eu sei que nem sempre a condição financeira permite que seja feito dos três passos, então recomendo dar prioridade a proteção solar, pois protege contra várias doenças, contra o envelhecimento da pele e evita manchas. Mas sempre procure um dermatologista que vai poder indicar o melhor para a sua pele.

Quanto a Maquiagem como sempre falo, é sobre prática e autoconhecimento. Quanto mais você pratica, mais vai conhecer seus traços. Me pedem muito para ensinar delineados por exemplo, mas é uma técnica que não funciona de forma igual em todo tipo de olho, e por vermos na internet muitas pessoas fazendo de uma forma ficamos frustrados por ver que aquela técnica não funciona na gente. O segredo é praticar sempre, não tem outra alternativa. E na internet tem tutorial pra tudo. Mas vale lembrar que não há nada melhor que a prática, sempre vou bater nessa tecla! Foi assim que eu consegui crescer nesse mercado.

Agradeço muito ao Koreapost pelo convite, foi um prazer imenso poder falar um pouco mais sobre mim e meu trabalho.

Disclaimer

As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.