A Coreia do Sul entrou em alerta para uma possível provocação militar da Coreia do Norte uma vez que o dia da fundação do partido comunista, que está no poder, acontece nesta segunda feira.

De acordo com autoridades de Seul, a força militar do Sul está esperando por uma demonstração de força de Pyongyang – um teste nuclear subterrâneo ou lançamento de um míssil são vistos como mais prováveis – para marcar o aniversário no dia 10 de Outubro. O “reino eremita” tem como parte de sua história marcar ocasiões solenes com ações militares proeminentes.

O governo está mantendo um olho sobre a situação e está preparado para responder a qualquer coisa“, disse o porta-voz do Ministério da Unificação, Jeong Joon-Hee. O Norte está basicamente pronto para realizar um teste nuclear a qualquer momento, embora nenhum sinal particular de um novo teste tenha sido observado por enquanto, completa Joon-Hee.

A Coreia do Norte, em desafio à palestras e sanções internacionais, tem desenvolvido armas nucleares e mísseis na intenção de transportá-los, até o continente norte-americano. O Norte realizou cinco testes nucleares até agora, dois este ano, juntamente com vários disparos teste de mísseis. O teste nuclear mais recente e maior ocorreu no mês passado, no aniversário da fundação da nação.

Chefe da Junta Militar Chairman, Lee Sun-Jin e outros oficiais da JMC prestam juramento antes de participar da audiência parlamentar nessa sexta-feira na Assembleia Nacional. Foto: The Korea Herald.

Embora não tenham sido detectadas evidências dos testes, existe um crescente aumento da atividade em instalações militares da Coreia do Norte, de acordo com informações de várias fontes.

Na sexta-feira, um funcionário do governo disse à mídia local que a aliança Seul-Washington acredita que o Norte está preparando o lançamento de um foguete de longo alcance para a segunda-feira. O funcionário disse ainda que tem havido um aumento de atividade ao redor do local de lançamento de mísseis em Dongchang-ri, localizada no noroeste do país. “Há uma possibilidade de que o Norte possa testar o novo motor de foguete que revelou no mês passado, mas precisamos de mais análise para ver se ele está realmente pronto“.

No mês passado, a Coreia do Norte alegou ter conduzido com sucesso um teste em solo de seu novo motor de foguete para o lançamento de um satélite, que os militares acreditam ser um meio para completar seu programa de míssil balístico intercontinental.

Jack Liu do 38 North, um site de monitoramento da Coreia do Norte, disse em sua análise que as imagens de satélite de 01 de Outubro do local de teste nuclear, Punggye-ri de Pyongyang indicam atividades em curso em todos os complexos de túneis que poderiam ser usados para um teste nuclear. Ele disse ainda que uma atividade no portal norte pode estar sendo usada para recolher informações sobre o teste nuclear de 09 de Setembro, mas outros fins não podem ser descartados, que incluem preparações relacionadas com um novo teste.

Um funcionário do Ministério das Relações Exteriores disse que para o regime só faltou a “vontade política” para puxar o gatilho sobre o teste nuclear. “Temos consistentemente dito que o Norte está perto da fase final de armamento nuclear, o que não significa que estão em estágio de implantação“, disse ele.

Ele acrescenta também que a Coreia do Sul estava trabalhando em possíveis contra medidas, tais como sanções econômicas unilaterais como as do Norte que entraram em vigor no dia 8 de Março. “As sanções unilaterais, não se restringem apenas a nós. Essa foi a principal mensagem do encontro entre os chanceleres da Coreia do Sul, dos EUA e do Japão, no dia 18 de Setembro. Estamos agora afinando o conteúdo e o calendário (das ações)” termina.

O chefe da Junta Militar Chairman, Lee Sun-Jin, disse durante uma auditoria parlamentar na sexta-feira, que os militares estavam revendo modelos para um projeto avançado de aviões de patrulha marítima, iniciado após a Coreia do Norte afundar o navio de guerra Cheonan em 2010. “Nós (os militares) recentemente revimos o modelo que tínhamos planejado em adquirir, mas houve a sugestão de que um modelo ainda mais avançado seja necessário à luz das graves ameaças de mísseis balísticos lançados por submarinos da Coreia do Norte“, disse ele.

A Coreia do Norte em Agosto celebrou o seu primeiro teste de tiro bem sucedido de um SLBM. Na ocasião o 38 North sugeriu que pode ser o inicio da construção de submarinos maiores para lançamentos de mísseis.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.